Ohh! O Imperador voltou…

Salve, Salve, Nação Mais Linda do Mundo!

Na última quarta-feira (11) foi ao ar uma entrevista no programa Conversa com Bial, da TV Globo, onde nosso eterno ídolo Adriano informou que voltaria à carga de treinamentos em janeiro de 2018 para avaliar a possibilidade de retorno aos gramados.

Confesso que gostei muito da declaração do Imperador! E vou além! Apoiarei a decisão da diretoria caso o Flamengo se proponha a ajudá-lo nesses treinamentos. Mas com a condição de ser totalmente descompromissada sobre qualquer obrigatoriedade de contratação ou vínculo.

Todos sabem do seu potencial absurdo. Igualmente temos consciência de que um jogador inativo, há pelo menos cinco anos, já não reúne condições físicas suficientes para entregar o que se espera dele numa possível volta. A esperança é termos noção de que uma pessoa consegue mover o mundo quando segue determinada a conquistar um objetivo. Esse é o mote!

Se o clube auxiliá-lo nessa volta por cima seria bastante interessante. Imaginem nosso querido Imperador envergando novamente o Manto Sagrado. Seria duplamente emocionante: pelo atleta e pelo homem. A Magnética ficaria embasbacada!

Mas a coisa não é tão fácil e lúdica como se imagina. A luta de Adriano contra seus demônios é diária, onde qualquer deslize põe a perder um trabalho de meses, obrigando-o a retomar o passo alguns degraus abaixo. O Flamengo oferencendo sua estrutura, seu apoio, inclusive psicológico, ajudá-lo-ia a superar seus problemas.

Através de uma gama de profissionais com larga experiência em seus ramos de atividades, o Mengão ofereceria suas instalações de forma gratuita para que ele pudesse tentar retomar a carreira, sendo exemplo para muitos meninos carentes de sua comunidade, inclusive.

Mas uma contrapartida deveria ser cobrada. Um pacto de colaboração produtiva do Imperador para consigo. Um espécie de auto-cobrança pelos resultados obtidos e o compromisso em tentar, de todas as formas, evitar a auto-sabotagem.

Não adiantaria o Flamengo propor-se a tentar seu resgate espiritual se ele voltasse pra casa e colocasse tudo a perder nos finais de semana ou faltando a treinamentos e chegando atrasado ao Ninho. Isso deve ser estar bem claro para o atleta.

Apesar de a maioria das pessoas ser cética em relação a uma suposta volta por cima, eu acredito! Acredito mesmo e muito! Quando a pessoa quer mudar, ela muda. A quebra de paradigmas é uma coisa fácil de identificar. Basta um mínimo de convívio para que isso seja percebido. E, como os treinamentos seriam diários, em dois turnos, essa percepção seria facilitada.

Adriano no Mengão! Seria possível, muito factível! E só dependeria da vontade dos dirigentes e do próprio presidente, cujo qual em entrevistas sempre deixou claro sua admiração pelo atacante e vontade de ajudá-lo em um possível resgate.

Vamos ver o que acontece. Para quem apostou em Conca após um ano de inatividade e teve Carlos Eduardo e Negreiros no time titular, Adriano seria um imenso bônus. Não custa nada tentar. Aliás, tenho a certeza de que deveríamos.

Vai lá Caetano, fale com o Imperador e faça-o acreditar que é possível. Pelo bem do futebol, pelo bem do Flamengo, pelo regate do homem! A sociedade e, principalmente a Magnética, agradecem! Vai pra cima deles Mengo!!!

O Flamengo simplesmente é!
Saudações rubro-negras a todos!

Fabio Monken
Twitter: @fabio_monken

Gostou? Não gostou? Concorda, discorda? Ótimo!
O Debate sempre será salutar!
Deixe seus comentários e interaja conosco!
Pontos de vista divergentes são essenciais à evolução do homem.
Mas lembre-se: Somos todos Flamengo!
A intolerância e a falta de argumentos são os combustíveis para o fracasso!

38 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular