Lesão de Diego faz concorrência com Éverton Ribeiro crescer

Ainda não se sabe se Diego terá condições de enfrentar o Fluminense, nesta quinta-feira (12), pelo Campeonato Brasileiro. Se recuperando de uma lesão muscular, o meia pode ser poupado, para não correr risco de piorar o problema. Caso não vá a campo, o titular na posição deve ser Éverton Ribeiro.

A escolha do camisa 7 como meia-armador reacende a discussão iniciada com a chegada de Reinaldo Rueda: quem será o “camisa 10” do Flamengo?

Em termos de números, os dois estão parecidos. Em 17 partidas no Campeonato Brasileiro, Éverton marcou três gols e distribuiu quatro assistências. Já Diego, com 19 jogos, fez cinco gols e deu duas assistências.

Quando chegou ao clube mais popular do Brasil, o técnico disse que um era reserva do outro. Quem largou na frente foi Diego, muito por conta da impossibilidade de Éverton Ribeiro ser usado na Copa do Brasil, devido ao fim do prazo de inscrição.

Com o camisa 35 de titular, foram seis jogos, com duas vitórias e quatro empates. Já com o camisa 7, são quatro jogos, com uma vitória, dois empates e uma derrota. Juntos, os dois atuaram três vezes, com duas vitórias e uma derrota.


Veja mais:


Rueda deve escalar o time do jeito que prefere: com dois pontas de velocidade (Everton e Berrío) e um centroavante (Guerrero, caso volte bem da seleção do Peru, ou Felipe Vizeu). Nesse esquema, só cabe um, Diego ou Éverton.

3 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular