Home Notícias “A derrota da Libertadores foi muito sofrida”, relembra Fred Luz

“A derrota da Libertadores foi muito sofrida”, relembra Fred Luz

173
2
SHARE

O Flamengo iniciou 2017 com altas expectativas. Com um elenco qualificado, acreditava-se que a temporada seria de briga por todos os títulos. Porém, o sonho acabou logo em maio, quando de forma surpreendente, o time saiu da Copa Libertadores da Amétrica na fase de grupos. A queda resultou em um processo de fritura de Zé Ricardo, que meses depois, foi demitido.

“A derrota da Libertadores foi acachapante, muito sofrida. O Flamengo deu muita chance ao azar, e o azar caiu como uma bomba na nossa cabeça. Vários jogos bons do Flamengo foram na Libertadores. Todos do Maracanã foram bons, e nós fizemos jogos bons lá no Chile e fomos bem contra o Atlético-PR. Contra o San Lorenzo, demos muitas chances ao azar, e ele veio”, afirmou o CEO Fred Luz, em entrevista ao globoesporte.com

A partir da derrota, não apenas o treinador foi cobrado, e sim toda a diretoria. Muitos, jornalistas e torcedores, questionaram a manutenção da comissão técnica. A alcunha de “DNA perdedor” começou a pairar sobre o Ninho do Urubu. No entanto, para Fred Luz, este é o início de um processo que vai trazer grandes conquistas ao Flamengo.


Veja mais:


“Na hora que a gente acertar, o Flamengo vai ganhar tudo e sempre. Vai ganhar pra caramba. Estamos construindo um Flamengo forte, mas não chegamos lá ainda”, finalizou

Comentarios

comentário