Até quando esperar…

Salve, Salve, Nação Rubro-Negra!

Peço licença a Philippe Seabra para intitular essa coluna com o título de uma música emblemática, composta nos idos de 1985 pela Plebe Rude, que ajudou no desenvolvimento do rock nacional da década de 80. Sim, até quando esperar, Sr. Flamengo? Até quando devemos esperar as vitórias e os títulos?

A diretoria não tem resposta, nunca as têm! Esse é um defeito insofismável de uma turma competentíssima em matéria de finanças, mas que vem escorregando nas declarações dadas e, mais ainda, que vem deixando as máculas tomarem conta do futebol muito mais do que nossa torcida gostaria.

As maquiagens e os subterfúgios do Departamento Médico, por exemplo, corroboram o que falo. São declarações de que jogadores não podem ser escalados por estarem lesionados e que, milagrosamente começam a jogar logo após seus empréstimos ou vendas: casos de Ronaldo e Donatti, especificamente. Isso para citarmos apenas dois.

Há diversas outras posturas que devem ser revistas se quisermos ocupar a lacuna de protagonistas no cenário nacional e até mesmo sul-americano. Este posto está vago, caros amigos. Não existe um time incontestável para ocupar esse lugar há anos. E nós poderíamos já estar pleiteando esse pódio a algum tempo.

Confesso que tenho a exata noção de que futebol não é ciência exata. Nunca duvidei disso e seria leviano de minha parte fazer uma analogia do antigo esporte bretão com essa linda ciência exata, mas tenho a perfeita e indiscutível tese de que o planejamento é uma das coisas mais importantes no futebol atual, diria imprescindível.

Existem alguns tolos afirmando que estádio, CT, salário em dia, estruturação, etc. não ganha títulos. Tudo bem que eles, sozinhos, não ganham, mas ajudam sobremaneira. O problema é fazer acontecer. Temos que ter o algo a mais, o brilho nos olhos, querer mais que o adversário. Mas esse Flamengo, esse grupo de jogadores, ainda não demonstrou tal ímpeto.

Precisamos mudar isso, urgentemente! Nosso técnico tem dado entrevistas demonstrando sua insatisfação com o elenco por não entregar o algo mais. A turma está meio acomodada, por assim dizer. Acho que Rueda tem toda razão. Isso pode ser identificado nesse grupo, cujo qual não possui um líder exemplar, o cara que põe a bola debaixo do braço e assume a responsabilidade por tudo, mas uma coisa deve ser levada muito em conta: a passividade total e absoluta dessa diretoria omissa nas questões flamengas.

Explico: parece que os diretores não têm a noção do que é Flamengo. Ao sermos derrotados ou eliminados de uma competição, vêm a público para dar entrevistas passivas, sem qualquer emoção nas palavras. Sermos derrotados e eliminados é uma coisa normal no futebol, mas aceitá-los com essa fleuma é inadmissível. A cobrança deve vir de cima!

Sim, os caras devem ser cobrados! Cobrança! Cobrança! Cobrança! Qual trabalhador da área privada não conhece essa palavra? Todos nós sabemos conviver com isso e devemos aceitar para nosso prórpio bem. Ela é fundamental para o crescimento de qualquer cidadão consciente, quiçá jogadores de futebol. Mas essa diretoria, através dessa postura e discurso letárgicos, corroboram para o entorpecimento do elenco.

Não dá mais para esperar! Temos que mudar essa postura pra ontem! O que devemos fazer é jogar, nos doarmos, sermos conscientes de nosso potencial e nos impormos diante de adversários mais fracos do que nós. Isso é peremptório para que as conquistas venham. Devemos mandar essa postura modorrenta pra longe!

Dito isso, vamos aguardar. Hoje poderemos ter alguma noção do que nos aguarda daqui por diante. Após os resultados de ontem, temos outra oportunidade de subirmos na tábua de classificação do cotejo nacional. Esperemos que o Flamengo não dê outra flamengada…

Nosso elenco deve mudar essa postura temerária e começar a demonstrar que pode virar o jogo, e nós sabemos que pode. E devem fazê-lo para termos esperanças num 2018 de grandes conquistas, para que sonhemos com títulos e glórias a partir do ano que vem (os até mesmo na Sula, ainda este anos), para que possamos voltar a ter o Flamengo com que nos acostumamos a ver desde sempre. Vai pra cima deles Mengo!!!

O Flamengo simplesmente é!
Saudações rubro-negras a todos!

Fabio Monken
Twitter: @fabio_monken

Gostou? Não gostou? Concorda, discorda? Ótimo!
O Debate sempre será salutar!
Deixe seus comentários e interaja conosco!
Pontos de vista divergentes são essenciais à evolução do homem.
Mas lembre-se: Somos todos Flamengo!
A intolerância e a falta de argumentos são os combustíveis para o fracasso!

48 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular