Home Colunas Anderson Alves A Sul-Americana de Reinaldo Rueda

A Sul-Americana de Reinaldo Rueda

608
5
SHARE

Olá, coleguinhas de Coluna do Flamengo. Hoje fazemos uma reflexão simples sobre o jogo de logo mais, face aos últimos acontecimentos. Mas o que aconteceu?

Aconteceu que Rueda, como eu, pensa em levantar caneco este ano. Para isso, o treinador elegeu as competições de tiro curto como as favoritas para este fim. Desenhando: O colombiano assumiu o time na 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, faltando 17 para o fim do torneio e com uma distância de 19 pontos para o líder. Era bem difícil. Olhou para as outras competições. Copa do Brasil, quatro partidas para ser campeão em mata-mata; Sul-Americana, oito partidas e um título internacional que o Flamengo ainda não tem. Achou seu caminho.

Muitos sofreram com essa derrota para o Botafogo no domingo. Rueda deixou bem claro que as competições que o Flamengo entrará forte serão as copas. Então, “pare de sofrer”! Claro que dá o frio na barriga de ficar fora da Libertadores, mas o atual campeão dela, quer assumir o risco. O mínimo que podemos fazer é apoiar. Afinal, o treinador estava quieto em seu estágio na Alemanha e teve seu perfil invadido pela torcida. Afora isso, é racional o que está fazendo. Ficar entre os seis primeiros garante vaga.

Dito isto, queria falar que o treinador usar alguns jogos do Brasileiro, como cheguei a elencar nessa coluna, é válido. O que é irracional é o desinteresse de alguns jogadores. Casos como Rômulo e Geuvânio são preocupantes. Acho que Matheus Sávio não estava em boa noite e formou um lado esquerdo ruim com Trauco, que cresceu com a entrada de Everton. Passou. Mas vão ter cada vez menos chances.

O jogo de hoje será contra um time que luta para permanecer no Nacioanal. Possivelmente não entrarão com força total. O Mais Querido deveria fazer o resultado na ida para poder se dar ao luxo de fazer pequenos ajustes na volta. Poder observar Mancuello que ainda não teve oportunidade com o novo treinador em sua posição mais aproximada, que seria segundo volante. Hoje podemos ver Everton Ribeiro e Diego juntos, e, dependendo do desenvolvimento do jogo, podemos variar para um 4-4-2 em forma de losango, com Guerrero e Berrío a frente. São boas possibilidades.

Temos que respeitar a Chape, sim. E isso também passa por liquidar a fatura se tivermos chance. Não é desrespeito constatar o momento delicado deles. Não é um jogo amistoso. O clima pode ser, pois é um time muito querido por nós, mas vamos com tudo contra o atual campeão.

Vai pra cima deles, Mengo!

Alea Iacta Est!

Anderson Alves, O otimista.

Comentarios

comentário

  • Halisson Franco Rocha Lima

    Rueda esta indo pelo mesmo caminho do Ze, essa formação com 3 jogadores na frente e deixando o Everton Ribeiro no banco esta equivocada.

    • Leonardo Alves

      kkk tem cada figura…

    • Yuri Spindola

      Concordo contigo, esse esquema está batido, estamos nessa tem alguns anos e parece um crime voltar a jogar no antigo 4-4-2.

  • Léo Mengão

    Rueda vai errar e acertar muito. Ainda ta conhecendo o elenco. Nem todos tiveram chance ainda. So espero grandes conquistas pro ano que vem. Esse ano se vier uma Copa do Brasil ja eh lucro.

  • DefendaSeuDinheiro

    Hora de golear e ganhar confiança, pra cima deles mengoollll!
    5×0
    SRN