Home Destaque Rizzo: “Novo Mundial da Fifa: já há lobby para campeão da Sul-Americana...

Rizzo: “Novo Mundial da Fifa: já há lobby para campeão da Sul-Americana ter vaga”

2113
31
SHARE

Confederações de menor expressão da América do Sul querem que a Copa Sul-Americana dê uma vaga ao novo Mundial de Clubes que a Fifa estuda tirar do papel em 2021.

Bolívia, Venezuela e Peru pretendem levar essa ideia à Conmebol em dezembro, quando deve ser conversado sobre critérios de classificação para o Mundial quadrienal, e mais inchado, com 24 clubes, que a Fifa quer que substitua no calendário a Copa das Confederações e no formato o atual Mundial, realizado anualmente, mas com apenas sete participantes.

A Conmebol poderia ter cinco vagas, como publicou o jornal espanhol “Mundo Deportivo”. O primeiro projeto levado à tona dentro da Confederação Sul-Americana era o de classificar os quatro campeões da Libertadores nos anos anteriores ao Mundial, mais o melhor classificado no ranking da competição que a entidade atualiza uma vez por ano.

O critério ranking não agradou às confederações menores, que avaliam como nulas desta maneira chance de classificar seus clubes a algum Mundial. Na pontuação atual, só vai aparecer um time diferente de Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Colômbia na 18ª colocação, com o Emelec, do Equador. O Boca Juniors (ARG) lidera, seguido por River Plate (ARG), Atlético Nacional (Colômbia), Nacional (URU), Penãrol (URU) e São Paulo.

Como mostrou o blog, o confuso critério de pontuação, que conta campanhas nos últimos dez anos da Libertadores e até nas primeiras divisões dos Campeonatos Nacionais, depõe contra o ranking, por isso essas confederações defendem critério de boa campanha em torneio específico para uma vaga – seria indicado ao Mundial os quatro últimos campeões da Libertadores, mais o último vencedor da Sul-Americana (no caso, o de 2020 se o novo Mundial começar em 2021).

Segundo torneio em importância no continente, que classifica equipes em posições intermediárias nos torneios nacionais, a Sul-Americana ganhou mais peso a partir de 2017 porque times eliminados na fase de grupos da Libertadores ganharam vaga na competição, que é toda realizada no formato mata-mata (a Libertadores tem sua fase de grupos).

Mesmo com o aumento da competitividade, as confederações menores avaliam que teriam mais chance de ter times no Mundial via Sul-Americana do que na Libertadores ou por ranking. Desde 2002, quando recebeu esse nome (antes foi Copa Conmebol), o torneio número 2 do continente teve times de sete países diferentes erguendo a taça. Já na Libertadores, no mesmo período, foram campeãs equipes de cinco países.

O trio de confederações que vai pedir a Sul-Americana como critério de classificação devem solicitar apoio do Chile, que não tem um time campeão da Libertadores desde 1991 (com o Colo Colo), e do Equador, que só fez uma vez o campeão, a LDU, em 2008.

Fonte: Marcel Rizzo/Uol

Comentarios

comentário

  • Agarwaen

    Vaga para campeão da Sul-Americana poderia fazer sentido, mas o novo mundial será a cada 4 anos, só o último campeão da Sula iria? E o os outros 3 campeões? Será que faria mais sentido uma seletiva entre os 4?
    E tem que decidir o que acontece se o mesmo time ganhar mais de 1 título durante esses 4 anos. A vaga passa para um vice? Como decidir quem? Volta à ideia do ranking?

    • Paulo Vinícius Siviero

      Acho que a seletiva pro mundial faria muito mais sentido, até pq, o campeão da sula disputa a libertadores do ano seguinte. Então provavelmente o campeão da sula seja sempre um time diferente, pois o campeão do ano anterior não vai participar do campeonato no ano atual.

      • RcLima

        Pode disputar sim caso caia na fase de grupos da libertadores.

        • Paulo Vinícius Siviero

          Mas aí vão repetir o mesmo “absurdo” que era feito na regra antiga da Copa do Brasil. Alguns times perdiam de propósito pra disputar a sulamericana por ser uma competição internacional.

          Embora sair da LA fosse mesmo um pouco complicado de se assumir, seria uma espécie de “atalho” pro mundial, afinal se enfrentam adversários mais fracos na Sula do que na LA. E iriam valorizar mais a Sula que a LA.

        • Leandro Oliveira

          Não precisa cair na fase de grupos da libertadores, o campeão tem o direito de defender seu título mesmo que esteja nas fases seguintes da liberta, veja o caso do Atlético nacional que foi campeão da libertadores e mesmo assim foi até a final com a chapecoense e acabou entregando o título ao rival devido ao trágico acidente.

          • RcLima

            Isso mesmo, havia esquecido disso. Esses regulamentos são tão confusos que fica difícil lembrar de tudo.

  • PET 43

    Os dois critérios são ruins. Não é nem para ter vaga pela sul-americana, nem pelo ranking! Senão, vamos ter muito time fraco, sem merecimento…Só deveria ir os campeões das últimas libertadores, como ventilado…

    O ideal para favorecer apenas os campeões e a parte técnica seriam 16 clubes: 4 últimos campeões da libertadores, 4 ultimos da liga dos campeões, e os outros 8 entre os demais continentes…

    Com 24 times, como estão querendo, será apenas por interesse político…

    • Agarwaen

      Essa proposta de 24 times já surgiu para encher o torneio de europeus. Estão propondo 12 vagas para a UEFA.
      E a desgraça de vaga para país-sede continua. Pelo menos dilui o efeito num torneio maior.

    • alison lacerda

      Acho que em vez de pegar os últimos 4 campeões da Champions liga, seria melhor pegar os semi finalistas da libertadores e da liga dos campeões, assim o campeão da libertadores ou da liga n disputaria o Mundial 4x

  • Gabriel81

    Acredito que o mais justo seria um mundial com as configurações da copa do mundo, muito mais emocionante e correto, a premiação deveria ser a mais alta de todas as competições mundiais, seria fantástico…

  • Marty Mcfly

    Legal, talvez vire uma competição mais emocionante que a própria copa do mundo.

  • Márcio “maestro” Araújo

    Nem quero saber
    Flamengo nunca mais vai disputar um mundial mesmo.

    Realidade com o banana é ser eliminado na fase grupos pra descansar

  • Lucas

    Torneio para prestigiar europeu. Simples.

    • Paulo Vinícius Siviero

      Acho que vc não viu o contexto por outro ângulo.

      Já viu a disposição de um clube europeu em uma partida decisiva da Champions League e a disposição no Mundial de Clubes?
      Se não fosse tão “ofensivo”, eles escalariam até mesmo os reservas pra participar da competição.
      Mas esse novo “super mundial” vai reunir em uma mesma competição 12 times europeus. Então qualquer time que seja um não-europeu que venha a vencer essa competição, vai de fato ser um campeão do mundo, pois europeu não vai querer perder pra outro europeu e nesse meio de competição, eles também enfrentarão o resto do mundo (nós).

      SRN

      • Lucas

        Mas é por isso que vão fazer outra. Porque os times europeus não dão ligança para essa. O que eu quis dizer, é que eles só pensam, neles. Entendeu? SRN

  • Damon

    Do torneio atual já poderiam ter incluído os campeões da liga Europa e Sul-Americana.
    Seria um mata mata com 8 equipes , bem melhor.

    • Cris Fernando

      A FIFA não sabe fazer tabela …ja querem 24 times..porque não reduz pra 16 ou aumenta para 32 …Ciências Exatas…32:8=4:2=2×8=16:2=8:2=4:2=2:1=1 campeão….

  • Eddie Murphy

    Lenda esse campeonato Mundial de clubes. Vai fodder com os calendários da UEFA. Com 24 clubes será uma bostta. Se tiver, tem q ser com 16 clubes, 4 grupos de 4 times. Classifica só o primeiro de cada grupo. Semifinal e final.

    • Jardel Lorenção Cardoso

      Tb gosto de 16 clubes – 4 CONMEBOL, 4 UEFA, 3 CONCACAF , 2 CAS, 2 CAF e 1 OFC.
      Só prefiro formato com quartas, semi, final (Classificando os 2 primeiros).

      • Cris Fernando

        Duvido que seria assim…com certeza teriamos 6 times Europeus seguidos de 3 times da America do Sul e 1 da Concacaf ,logo 2 das Confederações Asiaticas e 2 ds Confederações Africanas ,1 da Oceania…..E como a FIFA passará a vender o mundial…teriamos 1 vaga para o campeão do país sede…basicamente seria assim…jamais vc vera em um campeonaro mundial mais times americanos que europeus.

    • Cris Fernando

      Concordo porém como tudo gira em cima do dinheiro…se classificariam dois de cada chave….nos dias hoje o mundial tem ate disputa de quarto e quinto..para arrecadar

  • Léo Faria

    Os times vão dar a vida na sulamericana pré mundial.

    • Leandro Oliveira

      Não tem lógica o campeão da última sul Americana classificar para o Mundial, os possíveis outros três títulos teriam menos importância? O certo nesse caso é um confronto entre os 4 campeões para decidirem uma vaga.

  • RcLima

    E porque não realizar esse mundial a cada dois anos? Classificando os campeões de libertadores e sulamericana dos dois anos mais o melhor do ranking.

    • Cris Fernando

      Por que não se adequadam ao calendário europeu…ja o calendário europeu é um exemplo de organização…assim todos irão jogar na mesma época

      • RcLima

        Concordo plenamente, mas aí significaria a cbf estar pensando no melhor para nosso futebol. Porém isso é esperar demais da entidade.

  • André Luiz

    Não.Mundial sem Libertadores tem que continuar sendo exclusivo do Corinthians…

    • Andre Berbert Fontes

      Ahahahahahahahahaha

  • Andrade Santos

    Discordo dos últimos 4 campeões da libertadores,imagina um time disputar um mundial e está disputando uma série B do brasileiro, não seria uma aberração e desvalorização desse mundial?Tem que ser times só dá atual liberta e sulamericana.

  • mtakh

    Formato extremamente confuso.A Toyota Cup,antiga era muito mais correta; o campeão do ano da América do sul e Europa.Agora se forem 2 vagas por “ano”, o justo seria o vice da Libertadores. Agora vários campeões de vários anos,pra competir a cada quatro é loucura total.

  • Allan Lemos

    Um mundial a cada 4 anos seria extremamente injusto com os times que ganhassem a vaga mais cedo pois seria improvável que ele ainda tenha o mesmo time 3 ou 4 anos depois,nenhum time sulamericano vai conseguir ficar no auge durante todo esse tempo.Indiretamente os times que conseguissem suas vagas por último acabariam sendo beneficiados pois entrariam no torneio com os bons times que foram campeões do continental.