Frustração!

Salve, Salve Nação Mais Linda do Mundo!

Frustração – Ação ou resultado de frustrar(-se); sentimento de insatisfação diante do fracasso de expectativas; decepção; desapontamento.

Assim é como se sentem 9 entre 10 flamenguistas após o jogo da noite de ontem, no Engenhão. Como de praxe, o Botafogo jogou a vida e o Flamengo, pra variar, com aquele ar blasé, tocou bolinha de calcanhar, abusou das firulas achando que venceria a partida quando bem entendesse e pecou onde sempre peca: na vontade. Além disso, vamos combinar aqui: nos faltou futebol, muito futebol!

Ontem parecia que os caras estavam disputando uma final, como qualquer jogo em campeonato de pontos corridos deve ser encarado, e nós, apenas mais um jogo. Extrema morosidade na transição e quase todos os jogadores muito abaixo do que podem render. Sabem ao que estou me referindo, né?

Rueda escalou um mistão. E daí? Qual o problema? Foi escolha dele? Não! Todos sabemos disso! Inclusive parte da mídia oportunista que atribui a Rueda a escolha. A estratégia esportiva é decisão conjunta. Vice-presidência de futebol, diretoria da área e comissão técnica definem as prioridades. E é público e notório que a gestão já deu o Brasileirão como favas contadas e vai utilizá-lo para testes e adaptações. Só nos resta lastimar. Como diria o velho ditado: há muito mais no reino flamengo do que possa imaginar nossa vã filosofia.

O que me causa estranheza e me frustra é a falta de vontade dos reservas em querer mostrar a que vieram. Eles entram e não mostram garra, vontade. Falta tesão a essa galera na disputa real de posições. Antigamente o reserva que entrava dava a vida dentro da partida. Hoje em dia raramente observamos isso no Mengão. Além disso o Flamengo ainda desperdiça mais uma oportunidade de subir na tábua de classificação e diminuir a vantagem do líder.

Uma coisa que a torcida não tolera é falta de comprometimento. E isso faltou ontem. Faltou muito. Quem viu o jogo com olhos mais atentos, percebeu que o time se comportou de forma displicente, sem obediência tática, sem garra, como se não estivesse nem aí pro campeonato. E acho que não estão mesmo, chancelados inclusive pelo discurso de EBM e seus blue caps. Na minha visão, é mais uma estratégia “tiro no pé” da diretoria azul.

Como podem abandonar o campeonato que mais lhe dá retorno financeiro e esportivo? Porque priorizar a disputa de duas copas (do Brasil e Sul-Americana) em detrimento ao campeonato mais importante do cenário nacional? São escolhas que não tem muita base fundamentada e, além disso, facilitam a vida da diretoria e do departamento de futebol.

Essas escolhas tiram a cobrança dos jogadores e comissão técnica como um todo, elas fazem com que as críticas sejam amenizadas e diluídas ao longo do ano, pois tiram a obrigação de um elenco muito qualificado e caríssimo de conquistar um campeonato de extrema importância. Vou além, negligenciando um certame desta estirpe, o departamento de futebol alija a Magnética ao direito de comemorar conquistas mais importantes.

Isso não pode e nem deve acontecer na instituição Clube de Regatas do Flamengo. Isso é inadmissível. Temos que entrar em todos os campeonatos para ganhar, até onde for matematicamente possível. Esse era o discurso da diretoria quando assumiu nos idos de 2013. Lá atrás eles diziam que saneariam o clube e montariam um equipe para protagonizar no cenário nacional e sul-americano. Não é o que estamos vendo. O Flamengo abdicou do Brasileiro 2017 antes de findar o primeiro turno. Isso é patético!

Agora é aguardar para vermos o que o futuro nos reserva. Espero que essa turma acorde e tenha a exata dimensão de que aqui é Flamengo. Raça e vontade são qualidades essenciais a jogadores que pleiteiem jogar pelo rubro-negro. Além disso, a gana e a vontade de vencer deveriam ser descendentes. Esse brilho nos olhos vem de cima, para contagiar a todos ao longo dos sub-setores.

Some-se a tudo isso a cobrança por resultados aceitáveis. Não temos visto muito disso nesse Flamengo. Espero que isso mude rapidamente e enquanto há tempo. Por um Flamengo mais confiante, por um Flamengo mais sagaz, com mais sede de vitórias, com mais entrega e luta, com vontade real de ganhar títulos e disputá-los até o úmtimo fio de esperança. Por um Flamengo mais Flamengo! Vai pra cima deles Mengo!!!

O Flamengo simplesmente é!!!
Saudações Rubro-Negras a todos!

Fabio Monken
@fabio_monken

Sugestões? Críticas? Elogios?
Deixe seu comentário e faça-o com educação e respeito.
O Debate SEMPRE é salutar, mas a ignorância e a falta de educação são os combustíveis dos fracassados!

Comentarios

comentário

Mais notícias...



Ver mais notícias