Home Destaque “Eu gostei da localização do terreno, mas o local é meio morto”,...

“Eu gostei da localização do terreno, mas o local é meio morto”, analisou Rodrigo Ferreira

681
61
SHARE

A primeira partida entre Flamengo e Cruzeiro pela final da Copa do Brasil e o estádio para a construção do estádio próprio do Flamengo foram os temas do primeiro Corujão do Coluna do Flamengo.

O Corujão é o mais novo quadro da TV Coluna do Flamengo e estreou hoje a partir da meia-noite com os comentaristas Simon Ledo (@LedoSimon) e Rodrigo Fereira (@DrikoFerreira1). Para o comentarista Rodrigo Ferreira, o terreno é muito bem localizado, porém, o local é um pouco morto.

No começo eu critiquei, mas depois fui convencido que o local é bom, no começo da Avenida Brasil para quem não sabe, saindo da Ponte Rio-Niterói. O terreno é bem localizado, mas o problema é que o local é meio morto, não tem nada de atrativo. Para quem não sabe, o terreno fica entre as favelas de Manguinhos, Caju e o bairro de Benfica. São locais que em termos de violência estão num índice muito alto. Porém, o Flamengo vai transformar aquele local em um atrativo, óbvio. Não vai ficar só o suposto estádio do Flamengo. Na Avenida Brasil, havia a intenção de se fazer o BRT, mas por falta de dinheiro, houve uma parada. O problema é que não vai ter metrô e não vai ter trem. Mas fica próximo da Zona Sul, da Zona Norte, fica um pouco mais distante da Baixada Fluminense.


Veja mais:


Veja o Coruna do Coluna do Flamengo sobre o “Flamengo x Cruzeiro e Estádio” na íntegra e deixe a sua opinião:

Comentarios

comentário

  • Leandro

    Só sabem reclamar..

  • Alefe Anjos

    A diretoria já disse que é só opção de compra e que vão estudar a compra ainda.

    • Léo Borges

      exatamente

  • Ruan Pedro

    Aquela célebre pergunta de sempre, que me acomete:

    Quem é Rodrigo Ferreira, pessoal?

    “Comentarista”?

    • Elvis Presley

      Imagino que deve ter vindo do mesmo anonimato do tigu.

  • Beto Karioca

    É uma boa opcao sim, mas tem como citado, seus defeitos…. É por essas e por outras que o Maracana, apesar de nao ser perfeito por conta de todo o seu imblorio politico, ainda é a melhor solucao. Estadio ja esta pronto, nao precisa comprar terreno, nao precisa tirar licencas interminaveis, nao precisa gastar e fazer obra, nao vai demorar 3/4 anos p ficar pronto… Esta hiper mega bem localizado, tem Onibus, Trem, Metro, etc… É uma marca/simbolo consiladado mundiamente, e é SIM super lucrativo na mao das pessoas certas (honestas e competentes como a nossa diretoria), e logicamente, sem a participacao desses consorcios sangue-sugas !

    • Bandeira Felix

      Falta mesmo amor próprio aos flamenguistas, lamentável…

  • Léo Borges

    Voces são uma figura, não entendem nada de negocio mesmo. Um terreno na área do Maracana , Barra, Guaratiba etc , seria uma fortuna. area do Maracana é de super risco tambem, um dos lugares mais perigosos do RJ, Meier , Mangueira, Complexo do Lins, assaltos e assasinatos diarios , muito mais que em benfica. Vamos parar de falar merda e apoiar nosso presidente que foi o unico a tomar esssa iniciativa até hoje. Eu tambem adoraria morar de frente para a praia, mas moro onde posso. O local é muto bem localizado e de fácil acesso, apoarei e contribuirei se preciso for para meu mengão fazer nosso estadio proprio tão sonhado.

    • Fábio Souza

      Flamengo é grande demais para torcedores que pensam pequeno como você. Dane-se se uma área é cara, o clube tem que buscar o melhor lugar, pois estádio é uma coisa para a vida toda.

      Agora achar que estádio nessa favela em cima de um esgoto perto de lixões é ideal, é brincadeira. Convido você levar sua família numa quarta-feira às 22h de carro nesse local.

      • Wellington

        Vai morar na Suíça amigo!

      • Ricardo Dias

        Só para fins de comparação, o Engenhão é cercado de favelas muito maiores e o acesso é bem pior…

    • Exilado

      “Eu tambem adoraria morar de frente para a praia, mas moro onde posso.”

      Essa é a questão! Hoje, graças à gestão do EBM, temos condições de morar de frente para a praia mas, por açodamento, vamos construir uma casa (mesmo que maneira) no subúrbio cercado de favelas chapa quente!! Só espero que isso não seja uma jogada política visando as próximas eleições do clube.

  • Angelo Ricardo Pinheiro

    Leo Borges, falou a verdade.
    Aqui e flamengo!!!

  • Bruno Mattos

    Irmaos e irmãs rubro negros, venho convidar a vcs a fazerem parte de nossa família flazapp, grupo de whatsapp familiar, com enquetes, curiosidades, resenha esportiva e bolão, ambiente para se descontrair e se atualizar sobre as novidades do Mengão, é um bom bate papo. Através desses número:
    (24) 988467179

  • Marcus Vinicius

    O Engenhão tb era em um local morto, e sofreu revitalização da área pela prefeitura. Lá TB ocorrerá o mesmo, criando um boom imobiliário e de comércio. Já há um estudo para construções imobiliária no antigo prédio da UFA próximo e assim tb será com o comércio. O ponto é ótimo em relação a localização, chegada e saída. O BRT já voltou a ser construído e isso vai obrigar o término da estação em frente. Meu ponto de vista é bem.melhor que a barra.

    • Leonardo Campos

      A construção do estádio é um grande incentivo pra iniciativa privada revitalizar o local. Já já começa a aquisição de terrenos e imóveis na região.

      • Exilado

        Você não conhece o local.

        Vai comprar quais terrenos? o da refinaria em frente? Sabe que tem vários processos sobre ele? Sem falar nos problemas de contaminação do solo.

        • Leonardo Campos

          Realmente não conheço, apenas vi as fotos. Mas não subestime a inciativa privada. São como baratas e de alguma forma chegam em todos os lugares. Vão desapropriar os barracos, fazer qq coisa.

  • rubro negro

    Parem de reclamar de tudo, local perigoso todo RJ está, local é morto? com o empreendimento melhora, é de melhor acesso do que Barra da Tijuca, Guaratiba, enfim vamos apoiar nossa diretoria a construção do Estádio aonde for, podemos ter um estádio pra 50 mil, sonho realizado!!!

  • Léo Faria

    Mais distante da baixada? Se a referência for o Maracanã ele ainda não sabe onde fica o terreno.

  • Luiz Guimarães

    Meu amigo tem gente chata pra cacete…agora o modinha me diz q o lugar é meio morto…trem estação Manguinhos serve pra vc..
    E com certeza toda a área será reavivada…caso seja ali mesmo..
    Metrô temos a estação próxima de São Cristóvão…várias linhas de ônibus… saída para vários lugares e vc falando asneira… tá de brincadeira…

    • Henrique Rodrigues

      A estação de manguinhos fica bem distante. O metrô também fica longe. Ali só de ônibus.

      • Will Black

        Esse acha que as estações ficam próximas de qualquer lugar dos bairros Kkkkkkkkkkkk

    • Exilado

      Não existe nada mais “modinha” do que chamar pessoas as quais você não conhece e que eventualmente discordam de você de “modinha”. SRN!!

  • Fábio Souza

    Por que carioca gosta tanto de ser iludido? A “área vai ser revitalizada”, será que vocês acreditam em políticos mesmo? Acreditam que em 50 anos vai deixar de existir favelas ali? Vão limpar aquele esgoto que passa do lado? Os lixões que tem ali atrás vão desaparecer? O tráfico, tiroteios, torcida do Vasco passando ali perto em SJ, tudo vai sumir?

    Flamengo é muito maior do que isso. Temos condições de ter um estádio onde quisermos e numa área muito melhor que nesse lugar morto.

  • Will Black

    Na teoria a localização é ótima, ônibus para todas as regiões do Rio, mas na prática não é bem assim! Só uma opção de transporte público. Não temos muitas opções na cidade, mas pelo menos teremos um estádio próprio!

  • rubro negro

    Querem um estádio na zona sul? não conseguem nem construir a ArenaFla, querem um estádio na Barra da Tijuca com o dobro do preço? querem um estádio com rodoviária, metro, BRT na esquina do estádio? reclamam de tudo, o Engenhão tbm é longe pra cassete, São Januário fica numa favela, mas todos abrem a boca pra dizer “Temos estádio”, agora se temos a oportunidade de adquirir um terreno com baixo custo, com a possibilidade de construir nosso próprio estádio, lá vem a torcida reclamar!

  • Will Van de Will

    E MORTO PORQE AINDA NÃO TEM O ESTÁDIO DO MENGÃO QUANDO TIVER VCS VÃO VER SE TEM ALGO MORTO ALI 😑

  • Ricardo Dias

    Dentro do financeiramente possível, gostei do local.
    Bem mais centralizado que Guaratiba, Niterói e Campo Grande.
    Muito provavelmente mais barato que a Barra.
    Certamente muito mais fácil de obter licenças que na Gávea e alguns dos outros lugares citados. Também não terá vizinhos para entrar na justiça.

    Pelo que está sendo dito, o Flamengo será 100% dono do empreendimento. Talvez numa localização melhor isso não fosse possível…

    Melhor termos paciência e esperarmos os estudos que serão feitos para podermos julgar melhor essa decisão…

    • Exilado

      “Dentro do financeiramente possível, gostei do local….”.

      “Muito provavelmente mais barato que a Barra.”

      O Terreno será CERTAMENTE será BEM mais barato do que na Barra/Recreio mas é um investimento para a vida toda! É melhor termos paciência e aguardar alguns anos para nos capitalizando e comprar O MELHOR terreno. Não precisamos mais nos contentarmos com pouco! É como no futebol: é melhor contratar logo o Márcio Araújo para jogar agora ou esperar 2 anos para contratar o Andrade?

      • Ricardo Dias

        Aguarde você! EU achei o local ótimo! Compare com o Engenhão, por exemplo.
        Quem garante que daqui há alguns anos o Flamengo será bem gerido como hoje?
        E quando disse “provavelmente” foi baseado nas informações que tenho acerca de valores.
        Você “CERTAMENTE” deve saber de tudo e de todos os detalhes que envolvem as negociações em andamento… kkkkk
        De burros cheio de certezas o inferno está cheio…

        • Exilado

          SRN Ricardo!

          O engenhão é mais longe, mas não é literalmente cercado de favelas rivais.

          Eu disse que “CERTAMENTE” será BEM mais barato do que na Barra/Recreio porque:

          1) isso foi dito pela Diretoria (acompanho a discussão disso há algum tempo);

          2) conheço minimamente o mercado imbiliário do Rio e sei a diferença entre um terreno na Brasil e na Barra;

          Repito: temos que comprar o melhor terreno. Pelo jeito vc prefere o Márcio Araújo agora; eu prefiro o Andrade (o qual eu assiti jogar centenas de vezes)

      • Luiz Ernesto Guerra

        Mano, não sei se tu conheces o Rio, mas esse local é incrível. Sei que pode parecer loucura falar isso. Contudo, pense um pouco: próximo à rodoviária, aos dois aeroportos, a UFRJ/Fundão. Hoje, há um canal (do Cunha) inteiramente poluído. Amanhã, quiçá, esse não será um empreendimento turístico com transporte fluviais ligando o estádio-Fundão-Galeão. As favelas próximas podem ser revitalizadas e outros empreendimentos serem desenvolvidos com o intuito de recuperar a região. Eu também imaginava que o ideal era a Barra, mais precisamente o terreno do Downtown. Porém, imagine a fortuna e o tempo que levaria para concretizar o negócio. O Flamengo precisa de um estádio pra ontem. Sem estádio, a arrecadação não anda. E não falo apenas de ingressos. Um estádio é um verdadeiro “point” de exploração de diversos produtos.

  • Nikola Nobre

    Pra 50.000 torcedores está pequeno. Tirem 10% do visitante, são 5.000 que às vezes não vendem a metade. Tirem 8.000 de gratuidade, sobram 37.000 ingressos pra torcida do Flamengo. Nessa final da Copa do Brasil o Flamengo vendeu 55.000. Se ficar em 37.000 o ingresso custará 300,00 no mínimo.

    • Vinicios Mendes

      8000 de gratuidade? De onde tirou isso? Gratuidade são dados a estádios estatais onde foi usado dinheiro público, no estádio do palmarés e (não sei Pq) no do Corinthians não existe isso, além de que serão poucas vezes que os visitantes irão esgotar os ingressos que podem ser repassados ao Fla, dependendo do adversário. 50 mil está ótimo, se tiver um pouco de raciocínio saberá que quanto maior o estádio maior será os custos e manutenção.

      • Carlos Jasperon

        As gratuidades existem sim. No estádio do corinthians não se aplica porque obviamente fica no estado de SP. As gratuidades que o colega Nikola se refere são do estado do RJ, que são obrigatórias por lei estadual, tanto para estádios estatais quanto particulares.

        • Vinicios Mendes

          Sou de Brasília não fazia ideia dessa, tá explicado o Pq das inteiras serem um estrupo ao bolso do torcedor.

      • Abutre

        As gratuidades, assim como a meia entrada, fazem parte de uma lei estadual do RJ…
        Ou se pressiona os políticos a mudar a lei, ou não tem para onde correr!

        70 mil lugares, num estádio que permita isolar alguns setores em jogos onde o apelo fosse menor, seria interessante!

        • Vinicios Mendes

          Dei uma pesquisada agr, não sou do Rio e não fazia ideia dessa loucura até pra estádios particulares. 70 mil não é rentável mano, poucas partidas iriam lotar isso mesmo tendo a maior torcida pois moramos no Brasil.

          • Abutre

            A Arena da Baixada, que é um dos melhores estádios do Brasil, foi construído em etapas…
            Com o crescimento financeiro do Flamengo e a perspectiva do clube se tornar a potência econômica e esportiva das Américas, fica difícil definir hoje qual o tamanho ideal do estádio próprio.
            Por isso, seria importante que o projeto do estádio do Flamengo seja um que permita a construção em etapas, que permita a ampliação caso necessário e que permita ainda 2 ou mais configurações de público, visando jogos de menor apelo…

        • Luiz Ernesto Guerra

          Jogos de menor apelo poderiam ser jogados na Gávea, caso realmente ocorra a esperada reforma. Creio que, inicialmente, o ideal seria um estádio para 60 mil pessoas, como os clubes londrinos e a Roma estão construindo/pretendendo construir. Aliás, é importante construir um estádio pensando em eventos internacionais como os jogos da NFL. Lembro que o Tottenham projetou seu estádio observando exatamente os interesses de eventuais parceiros. E Wembley acabará sobrando, já que a arquitetura do novo White Heart Lane favorece bastante a alta exploração econômica dos setores mais nobres. Não custa lembrar que a NFL pretende fazer jogos no Brasil, e ainda não fechou com o Maracanã devido ao imbróglio por qual passa esse estádio.

  • lucasrf8

    É um lugar “morto” até o Flamengo levar vida e alegria para o local!
    Que venha o Estádio Arthur Antunes Coimbra!

    • Abutre

      Seria uma boa homenagem!
      Mas, viraria o “Artuzão”.

  • Vocês aqui tão pior do que a rede Globo em termos de autopromoção. Agora de cada três postagens uma é sobre si mesmo.

  • JelloBiafra

    O processo de gentrificação criando com a implantação de grandes empreendimentos logo trata de acabar com muitos dos problemas apresentados. Basta saber trabalhar corretamente a implantação do mesmo, não sendo só um estádio que irá atrair público somente 1 ou 2 vezes por semana e sim criando um espaço que possa ser frequentado durante toda a semana, isso atrai toda uma infraestrutura para atender a demanda que surge no local, subindo o preço de tudo no entorno e quem não conseguir arcar com o novo custo de vida é forçado a se retirar.

  • Carlos Henrique Caetano

    Bom, já que o lugar é meio morto, poderíamos mudar para a Av. Vieira Souto, compraríamos um quarteirão, demoliríamos tudo e construiríamos um estádio.

  • Vinicios Mendes

    “O terreno é bem localizado, mas o problema é que o local é meio morto, não tem nada de atrativo.” Um estádio do Flamengo seria o único atrativo necessário cara, me fale um local do Rio que hj é seguro?

    Uma dica, parem de se auto-intitularem comentaristas, vcs são tão comentáristas quanto eu sou, são apenas torcedores dando opiniões controversas na Maioria das vezes.

  • Carlos Henrique Caetano

    Fico imaginando como se transformaria o local após o estádio do FLA….

  • rafa

    um problema seriam os constatntes atos de vandalismo dos vascaínos que passarão ali em frente em dias de jogos do vice, portanto nada de vidro

  • Carlos Henrique Caetano

    Estádio com lojas, cinema, museu, bares, restaurantes… mortinho.

    • rafa

      eu como torcedor faria um esforço tremendo e reuniria toda minha coragem para ir em um restaurante na faixa de gaza, mas duvido que muitos terão essa disposição

      • Carlos Henrique Caetano

        Caro Rafa, o seu olhar é imediatista, nenhum lugar nasce pronto, a Barra um dia foi um lugar ermo, hoje… Brasília um dia foi só cerrado. A região será transformada, não tenha dúvidas disso.

  • Carlos Henrique Caetano

    Alguém tem que ter a coragem de ter uma posição firme: ACABAR COM AS GRATUIDADES. Chega de esculhambação, o clube tem um custo altíssimo para bancar quem não paga ingresso. CHEGA!!!!

  • Abutre

    Quando li ontem sobre o terreno ser na Avenida Brasil, em Manguinhos, pensei logo na violência da região, porém, depois de olhar o local pelo Google, as fotos do satélite mostram que o terreno fica mais próximo do cemitério do Caju e quase em frente da Fiocruz, e não tanto na favela da Maré como eu pensei…

    Ainda assim é uma região violenta e sem transporte de massa…
    Tem um valão gigante próximo é uma quantidade grande de árvores…
    Será que as licenças ambientais sairiam facilmente?

    Se para construir o ginásio Arena Mac Fla já está sendo uma novela de mais de 3 anos, imagine para construir um estádio de futebol para 50 mil ou mais!

    Tomara que seja apenas um blefe para forçar a licitação do Maracanã.

  • Leandro

    Não gostei. Andar por ali à noite, a pé ou de carro é tentativa de suicídio. Entre favelas rivais. Uma faixa de Gaza. Quadrilhas com armamento muito mais pesado que na maioria das outras favelas do Rio. Tem um Bunker do tráfico ali perto que é a Maré, assim como o Alemão já foi um Bunker do Comando Vermelho. Sou nascido e criado no bairro de Marechal Hermes na zona norte e afirmo que nunca levarei minha família nesse estádio porque não acredito na revitalização da área.
    Além disso tem um mangue podre ali. Crackudos a torto e a direito. E transporte somente de ônibus ou de futuro BRT. Não tem transporte de massa como trem e metrô.
    Acredito nessa diretoria de olho fechado. Mas a revitalização da área não depende somente dela. A favelização daquela área é irreversível.

    • Exilado

      É isso aí!

    • Luiz Ernesto Guerra

      Cara, se a favelização daquela área for irreversível, o Rio nunca caminhará adiante. Eu também custo a acreditar que seja possível lidar com o tráfico na Maré, mas essa é a única alternativa para a cidade. Creio que o Flamengo estará dando um presente ao Rio se conseguir recuperar a região. Claro que não dependerá apenas do clube. Porém, não penso que seja impossível. Aliás, eu não gosto de meter-me em questões políticas, pois sequer voto. Contudo, espero bastante que EBM consiga eleger-se governador para não apenas melhorar a infraestrutura dessa região com o intuito de auxiliar esse empreendimento do Flamengo, mas, sobretudo, mostrar que é possível transformar o Rio.

  • Abutre

    Se confirmada a compra desse terreno, acho que o Flamengo deveria erguer uma Arena provisória, semelhante à da Ilha, porém maior evidentemente (para 50 mil ou mais) e já ir faturando alto em cima do local…
    Enquanto isso, o clube iria conseguindo as demoradas e burocráticas licenças para fazer a estrutura definitiva.
    Para isso, seria importante que a arena provisória permita que se isolar alguns setores, à medida que forem sendo construídas as partes definitivas…
    Daí, assim como ocorreu com a Arena da baixada, o Flamengo gradativamente ergueria o seu tão sonhado estádio próprio.

  • Carlos Henrique Caetano

    Também não gostei, preferia que fosse do lado da minha casa aqui em Brasília. Gente, temos 121 anos e não temos estádio. Achamos um terreno bem localizado e, provavelmente, num preço interessante. Não há tantos locais disponíveis no RIO e os que hão são caríssimos. Não haverá lugar no RIO que agrade a todos. Portanto, vamos construir o ZICÃO na Av. Brasil. Vamos, FLAMENGO!!!!

  • Bruno Vieira Rêgo

    Difícil agradar à todos, pois quando se tem um local movimentado, vem a associação dos moradores e enche o saco.
    O tamanho que tem a torcida do Flamengo, não é qualquer lugar que cabe um estádio que supra, sem falar nos aproveitadores em faturar na venda visualizando a atual situação financeira do Mengo.
    Agradeçam mais e reclamem menos!!!

  • Júnior Morais

    Não sou do RJ! Mas.

    1° Violência no RJ é na cidade toda!
    2° Um terreno em um bairo “nobre” de 160 mil m2 SE EXISTIR deve custar na casa de 1 bi.
    3° questão de mobilidade urbana o Wrobel já falou fica próximo da linha vermelha e linha amarela, BRT sendo construído em frente. Falou muito bem da localização também.
    4° sobre os arredores do terreno, o estádio do cúrintias quando foi feito em itaquera não tinha urbanização era apenas mato. Hoje os arredores se valorizaram, tem casas, prédios até shopping!

    Quem tá reclamando de tudo, faz melhor compra o terreno na zona sul do Rio em frente pra praia no tamanho de 160 m2 no valor bilhões e doa ao clube.