A diferença entre o que somos e o que podemos ser

Diego Alves, Rhodolfo, Trauco, Renê, Cuéllar, Arão, Geuvânio, Pará, Diego, Éverton Ribeiro, Guerrero, Vinícius Jr, Mancuello, Juan, Réver, Rodinei, Conca, Berrío, Muralha… Com todos esses nomes, o Flamengo poderia ser muito mais do que tem apresentado. O que será que acontece?

No ano passado, a base do time titular do Flamengo era: Muralha, Pará, Réver, Vaz e Jorge; Baidu, Arão, Diego; Everton, Gabriel e Guerrero. Sentiu o drama? Quer se sentir pior? Esse time foi terceiro colocado no Campeonato Brasileiro, brigando pelo título até o final. De novo pergunto: o que aconteceu?

Do ano passado para este tivemos uma melhora significativa nas peças que possuímos. Diego Alves, Rhodolfo/Juan, Cuéllar, Éverton Ribeiro/Berrío. A única posição que tivemos baixa foi a lateral esquerda, e, convenhamos, quantas vezes reclamamos do Jorge no passado? Ah, trocamos de treinador também.

Vivemos um inverno técnico no Flamengo, mas por quê? Com todos esses nomes de qualidade, onde estamos errando? Não! Não dá para começarmos a soltar escalações, visto que cada um tem um jogador preferido, inclusive Rueda. Precisamos cavar mais fundo.

Hoje temos um treinador com muita rodagem. Se o caso for simplesmente vontade, comodismo, ele irá identificar e solucionar rapidamente.

Há um vazio na pasta do futebol que precisa ser preenchido e já cantamos essa pedra desde antes da eliminação na Libertadores. Bandeira só vem manchando sua imagem, sendo pára-raios das crises que teimam em se instalar na Gávea.

O trabalho, ou sua falta, de Mozer também vem sendo muito questionado. É um mistério. Outro mistério é a permanência de Jayme de Almeida como auxiliar. Não servia para o antigo treinador, porque insistir com Rueda? A situação de Victor Hugo beira o ridículo. Com seu histórico, ao primeiro sinal de problemas, já devia ser colocado em xeque.

No xadrez rubro-negro, com a licença do zugzwang de Nick Marques, os cavaleiros estão travados, as torres estão inoperantes, o rei está desprotegido sem rainha. Vai esperar o xeque mate?


Veja mais:


Alea Iacta Est!

Anderson Alves, O otimista.

twitter.com/alvesotimista

109 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular