Home Destaque Com Rueda, os jovens estão com moral

Com Rueda, os jovens estão com moral

696
11
SHARE

Durante a “Era Zé Ricardo” era comum ouvir ou ler alguns torcedores reclamando: “poxa, não usa a base”, “cadê a base?”, “bota os meninos para jogar”, etc. De fato, para quem tinha sido treinador campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2016, o uso dos garotos da Gávea era aquém do esperado.

Com Rueda, esta lógica tem começado a se inverter. Dos sete jogos que fez à frente do Mais Querido, algumas jovens promessas tiveram chances, como Vinicius Júnior, Lucas Paquetá, Thiago, Felipe Vizeu e Matheus Sávio. Contra o Paraná, pelas quartas de final da Primeira Liga, quando usou equipe reserva, o lateral esquerdo Klebinho e o zagueiro Léo Duarte tiveram oportunidades de começarem como titulares.

Como prova do maior uso das joias rubro-negras, na lista de relacionados para o confronto contra a Chapecoense, nesta quarta-feira (13), três jogadores formados na Gávea foram relacionados: Thiago (goleiro), Lucas Paquetá (meia) e Vinicius Júnior (atacante).


Veja mais:


Jogadores mais experientes como Conca (meia), Rômulo (volante) e Geuvânio (atacante) não viajaram para Santa Catarina.

Flamengo e Chapecoense se enfrentam pela partida de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, às 19h15, na Arená Conda, em Chapecó (SC).

Comentarios

comentário

  • Tülio Silva

    Que pena que o Ronaldo não teve oportunidade

  • Junior Vinicius

    A diferença de trato com elenco é enorme, os jovens não era bem visto pelo próprio treinador da base, um medroso total.

    • Joao lucas Lima

      Né vei, não entendo isso kkkk

  • ilcf

    E agora que estão começando a ser usados, para pegar experiencia, bagagem e tal, já tem gente pedindo a cabeça deles.

  • Nikola Nobre

    Repartição pública Flamengo. Os jogadores têm salários altos e pagamento garantido no final do mês. Recebem de qualquer forma, perdendo ou ganhando, mostrando vontade de ganhar ou não. Produtividade não influencia no salário. É proibidio se falar em meritocracia: jogam os apadrinhados do chefe Bandeira e do empresário Carlos Leite. Os jogadores recebem salário mesmo que nunca joguem, como Gabriel, Mancuello, Rômulo e outros. O chefe Bundeira é um boa praça, dá tapinha nas costas dos jogadores, tira fotos com eles e põe na internet. O chefe Bundeira também é acumulador de carogs, Presidente e Vice de Futebol ao mesmo tempo, e não quer largar o osso. Sem cobrança, os jogadores tão nem aí. Tanto faz perder ou ganhar, saem rindo de campo. Pra que suar a camisa, se esforçar pra quê? A repartição pública Flamengo é um paraíso para os sugadores do dinheiro do clube, os preguiçosos jogadores. E ainda tem os empregados apadrinhados pelo chefe: Mozer, que nada faz, tem nome e respaldo; tem os incompetentes Jaime e Victor Hugo, mas são acobertados pela diretoria. É uma mãe esse Flamengo.

    • Vamos Flamengooooo

      Resumindo: Presidente frouxo, Departamento de Futebol frouxo e time frouxo.

    • Ednei P. de Melo

      Perdeu uma excelente chance de ficar calado… &;-D

    • DefendaSeuDinheiro

      Trouxxxaa kkkkk
      EBM é o cara,mas precisa contratar vice de futebol.

  • marcondes Alves

    dos citados acima somente o vinicius, paqueta (não e isso tudo) e o thiago(+ou-) o resto pode vender ou dar pra outro time.

  • mtakh

    Rueda mostrou muita coragem ao escalar o jovem Klebinho, deu chances a alguns que estavam coberto de pó, por nunca jogarem. Lembro que na Argentina e alguns paises do mundo,não existe esse medo de “queimar” jovens.Eu acho que a sociedade brasileira passa a mão demais nos jovens,que são mimados demais.Sou do tempo que aos18 cada um fazia seu destino.Leonardo do Millan,estreou e foi campeão de 87,com 17 anos.Vettel foi campeão de F1 aos 23/24.Jogador precisa de quantos anos e chances pra ser lançado e provado seu valor hoje?

    • DefendaSeuDinheiro

      Exatamente perfeito