Home Colunas Coluna do Torcedor Coluna do Torcedor: “O pior trio de ataque do mundo”

Coluna do Torcedor: “O pior trio de ataque do mundo”

1121
9
SHARE

Mil novecentos e noventa e cinco. O Mais Querido estava comemorando 100 anos de história. O centenário. No início daquele ano, na maior jogada de marketing de um clube brasileiro até então, Romário, o melhor jogador do mundo foi contratado.

O ‘baixinho’, como era conhecido, forçou sua saída do Barcelona e veio para o Flamengo no maior momento de sua vida. Tinha acabado de se tornar o melhor jogador do mundo.

Na base rubro-negra já tinha um atacante franzino, mas muito habilidoso e que já chamava a atenção dos principais clubes do mundo: Sávio.

Era a maior pressão por títulos desde o ano de sua fundação, afinal, o melhor jogador do mundo e um dos mais promissores do Brasil estavam no elenco. Quem faltava? O que poderia dar errado?

Kleber Leite não mediu esforços e abriu ainda mais os cofres. Após brigas interna entre Edmundo, O Animal e a diretoria do Palmeiras, juntamente com a vontade de voltar a atuar no Rio de Janeiro, o Mais Querido o contratou.

Estava formado o melhor trio de ataque do mundo. Edmundo e Romário, dois craques já consagrados no cenário brasileiro e mundial e Sávio, a maior promessa do Flamengo naquele ano. Tudo para dar certo.

UM FIASCO! Não há como dar outro nome para o trio. Os resultados não vinham, os gols não saiam e a Nação cobrava muito por um título expressivo na maior data que um clube pode ter.

Um ano que só não pode ser apagado pela sua importância. O Flamengo não conseguiu sair da parte de baixo da tabela e por pouco não flertou com a zona de rebaixamento.

A briga de egos falou mais alto e os rastros dos bad-boys começaram a se propagar pelas torcidas rivais. Edmundo e Romário reclamavam da individualidade de Sávio e “o melhor ataque do mundo” só durou seis meses juntos.

O que parecia uma grande sacada do Flamengo, foi na verdade, um pesadelo. Assim surgiu “o pior trio de ataque do mundo”.

Twitter: @viniciusyuuri


Quer ver sua coluna aqui no site? Envie para o e-mail redacao@colunadoflamengo.com que avaliaremos ela


O conteúdo dessa “Coluna do Torcedor” pode não coincidir com o pensamento do Coluna do Flamengo. A responsabilidade é do autor.

Comentarios

comentário

  • Luis Paulo Pinheiro

    1995 – Um ano trágico para o Flamengo!!!!!!
    O Flamengo desde o inicio da década já dava sinais de fraqueza.
    Apos a farra naquele ano, promovida pelo pilantra do Kleber Leite, o clube NUNCA mais foi o mesmo!!!!!!!

    • Ednei P. de Melo

      Desde o início dos anos 90, o clube já não era mais o mesmo… &;-D

  • Diego Oliveira

    Bem fraquinho esse texto heim…estilo MA, roda, roda e não faz nada!!!

  • marcondes Alves

    Pqp, que texto fraquinho.

  • Ricardo Freitas

    Pura encheção de linguiça,falta de assunto kkkk qual o flamenguista que não conhece essa história??

  • Leo xavier

    Parei para ler isso, nem digo nada!!!

  • Arthur Coimbra

    Na verdade o trágico foi a venda por valor irrísório de uma base riquíssima entre 93 e 94 : Marcelinho, Djalminha, Paulo Nunes, Júnior Baiano. O time de 94 foi o pior que eu vi. Imagina essa galera com Romário e Sávio ?

    • Ednei P. de Melo

      À excessão do Paulo Nunes, os demais despontavam como “garotos-problemas”… &;-D

  • Ednei P. de Melo

    Onde está escrito “Kleber Leite não mediu esforços e abriu ainda mais os cofres”, favor substituir por… ops, essa eu deixo por conta de vocês… &;-D