Home Colunas Coluna do Torcedor: “Copa do Berrío”

Coluna do Torcedor: “Copa do Berrío”

187
3
SHARE

Antes de começar o texto, quero pedir perdão pelos possíveis erros, mas hoje (07) é dia de final, então, vocês devem saber como não conseguimos pensar direito em dias assim, O MARACA VAI TREMER!!!

Mas, antes que eu perca o foco… Precisamos falar do Orlando Berrío, que chegou apontado como craque, com pouco tempo de Fla, virou pereba, o ‘Cirino colombiano’, e agora vem se mostrando fundamental para a equipe que está a 180 minutos de um possível título.

Logo em sua chegada ao Flamengo, Berrío deixou claras as suas características: velocidade (muito) acima da média e força física, porém, a qualidade técnica do camisa 28 estava muito aquém do esperado, além do temperamento demonstrado em campo não ser dos mais desejáveis.

O jogador amargava no banco de reservas, sem muitas oportunidades de jogar. Após a chegada de Everton Ribeiro, Geuvânio e subida de Vinicius Jr. aos profissionais, o colombiano parecia cada vez mais ‘escanteado’, até que, quando precisava ser decisivo, ele conseguiu.

Com o regulamento da Copa do Brasil, alguns jogadores que disputavam posição na pontas não puderam atuar, e ele aproveitou – com excelência – a brecha que lhe foi dada.

No primeiro jogo das quartas de finais, contra o Santos, Berrío ‘só não fez chover’… Ah, se o Vandelei não tivesse defendido aquela linda bicicleta!

No duelo de volta contra o time da Vila, bastaram 9 minutos em campo para o atleta demonstrar classe e frieza para encobrir o goleiro adversário e dar tranquilidade – que Rafael Vaz e Muralha tiraram um pouco mais tarde, rs – à classificação do Mengão.

Na fase seguinte, Berrío entrou para a história da competição, ou vocês acham que daqui a 10 ou 20 anos aquele drible épico contra o Victor Luís não será lembrado quando fizerem referência ao Fla de 2017 (aquele time campeão da Copa do Brasil, hahaha).

Agora, na final contra o Cruzeiro, o Flamengo chega desfalcado, e com a confiança de Reinaldo Rueda, a competição tem tudo para se tornar a ‘Copa do Berrío’, mas também pode ser ‘Copa do Diego’, do Pará e, até mesmo, ‘Copa do Gabriel/Vaz/Araújo’, o importante é que um deles decida!

SRN, Higor Neves.

 

 

Comentarios

comentário

  • Rui

    Ótimo comentário. Esses colombianos vao fazer história no Mengao.

  • João Pedro Meschiatti

    Berrio é um trator, o cara funciona muito bem pela direita, ta se adaptando bem no time… Flamengo chega forte nessa final, mas precisa entrar com vontade e intensidade em 300% pra poder ganhar do Cruzeiro, eles estão muito fortes tbm.

  • DefendaSeuDinheiro

    Ótimo texto!!
    Adelante Mengon!!
    SRN