O brasileirão acabou, Flamengo

Depois dessa goleada, podemos analisar a grande esquadra do Flamengo como… Nada. Não podemos analisar nada. Podemos analisar apenas que o clube resolveu dar a prioridade devida à Sulamericana escalando a maioria dos titulares. Espero que continue assim.

O brasileirão acabou, meus amigos. Não que seja impossível matematicamente chegar ao Corinthians, mas são seis jogos de diferença. Vamos combinar, é um desperdício de forças absurdo lutar mais dezenove jogos, para talvez levantar o caneco. Na coluna sobre o calendário do mês, falava que tínhamos que ter 100% no brasileiro se quiséssemos alguma coisa ainda. Não aconteceu.

Então podemos sentar e chorar ou podemos olhar para frente e replanejar a vida. Não que seja satisfatório ser eliminado e perder as chances de ser campeão nas maiores competições no ano, mas vamos tentar salvar o que dá para salvar? Não era o caso do Zé Ricardo.

Perdi a paciência com o treinador no início do brasileiro e já fui um dos últimos a perdê-la. Desejo sorte ao treinador e que ele busque se atualizar, já agora, para se elevar de patamar ainda jovem. Isso é tudo que vou falar, não espere que tripudie do ex.

A Sulamericana precisa ser mais prioridade que a copa do Brasil, mas somados os jogos, são apenas 10 no total. Totalmente factível. Dá para priorizar as duas e começaria colocando reservas no domingo contra o galo. Não podemos vacilar contra o Botafogo. Também não podemos vacilar contra a Chape.

Enfim, ser campeão da Sulamericana é importante para subir de pote no sorteio da libertadores, ser campeão da copa do Brasil é importante para levantar o caneco numa competição com rivalidade local. No brasileiro só lutariamos por um G6 e bastaria.

É você? Qual seria a sua prioridade? Chega mais.

Anderson Alves, O otimista.

108 Comentários
Carregando comentários...