Flamengo “corre” para recuperar Guerrero até semis contra Bota

Guerrero, literalmente “corre contra o tempo” para enfrentar o Botafogo pelas semifinais da Copa do Brasil. O atacante sofreu uma lesão muscular de grau 2 no músculo posterior da coxa direita, na derrota por 3 a 2 contra o Santos, no último dia 02. Desde então, o peruano está em tratamento intensivo para poder se recuperar o mais rápido possível.

O jogador está praticamente “internado” no CT Ninho do Urubu. Ele fica de 9h às 18h, fazendo trabalhos de fisioterapia e recebendo cuidados médicos para a cicatrização mais rápida da lesão. Sua namorada, a nutricionista Thaisa Leal, tem ajudado o centroavante na recuperação física.

Na projeção mais otimista, porém, a mais difícil de ser concretizada, o camisa 9 poderia voltar a campo na próxima quarta-feira (16), na partida de ida das semifinais da Copa do Brasil. Se não conseguir, o objetivo é que retorne a vestir o manto sagrado no dia 23, no confronto de volta contra o Botafogo.

“Se dependesse dele já estaria em campo. Ele fica chateado de não jogar. Está num momento ótimo. Mas está tratando bem com a equipe do Flamengo. A namorada dele é nutricionista e também ajuda bastante, com alimentação sem glúten, série de coisas importantes para um profissional de alto rendimento”, afirmou o médico pessoal de Paolo, Jean Paul Osores, ao globoesporte.com.

Guerrero tem sido submetido a um tratamento com plasma – PRP, da sigla plasma rico em plaquetas. O procedimento é complexo para leigos e tem objetivo de estimular a cicatrização da lesão. Os médicos retiram amostra de sangue do atleta, colocam numa centrífuga e depois, com mistura de cálcio e outros elementos, injetam no local da lesão do jogador.

O tempo estimado de uma lesão de grau 2 é de três semanas. Contudo, varia de acordo com o organismo do atleta e a forma como é feito o tratamento. Outros fatores, como tempo de repouso, alimentação e horas de sono, fazem a diferença para uma recuperação mais rápida ou mais lenta.

Sem Guerrero, o Flamengo vai a campo, neste domingo (13), enfrentar o Atlético-MG, às 16h, no Independência. Felipe Vizeu deve ser o substituto no comando de ataque.

Veja mais:

Reinaldo Rueda é o novo técnico do Flamengo

Após 10 anos, Diego Alves reencontra Atlético-MG

“Reinaldo Rueda: entre o céu e o inferno”

Gilmar Popoca revela problemas internos no Fla: “Tem que ser amigo do amigo”

11 Comentários
Carregando comentários...