Home Colunas Efeito Rueda

Efeito Rueda

3081
32
SHARE

Salve, Salve, Nação Mais Linda do Mundo!

Até que enfim! Ontem vencemos e jogamos bem, coisa que já não acontecia há muito tempo com nosso querido e amado Mengão! O jogo foi contra um adversário mais do que fraco mas conseguimos golear, fazendo o dever de casa e exorcizando o fantasma do ano passado. Nos bastou apenas colocar a bola no chão, tocar, fazer as infiltrações, as tabelas e jogar como a torcida merece!

Achei até estranho. Fiquei me perguntando ontem: onde está o meu Flamengo? Não vai ter sofrimento? Será fácil assim? É meus amigos, nosso ceticismo é tanto que às vezes sofremos mais do que deveríamos por amor ao clube. Paixão infinita é assim: bonita, gostosa, mas com uma sofrência que por muitas vezes beira o desagradável.

Dito isso, acredito que a partida mostrava-se perfeita para rodarmos a molecada. O Jayme perdeu essa oportunidade, não teve o timing necessário. Entendo o lado dele, mesmo não concordando com sua atitude. Como interino, se ele optasse pelos meninos e o Flamengo perdesse a classificação, ele levaria toda a culpa pelo fracasso. Então, pelo menos, deu oportunidade a dois rebentos nas substituições. Melhor que nada! Vinícius Júnior provou mais uma vez que é realmente diferenciado, pois entrou e incendiou a partida. Já Paquetá teve pouco tempo para apresentar alguma coisa.

Classifico a atuação do Flamengo ontem como boa. Não há como avaliar melhor o trabalho devido à extrema incapacidade do time do Palestino. Para serem horríveis, devem melhorar muito! Ontem foi um passeio do Mengão. Sem forçar, fizemos quatro no primeiro tempo e praticamente abdicamos do jogo no segundo tempo, tocando a bola de lado, deixando o tempo passar. Perfeito. É deste jeito que deveríamos fazer sempre que possível.

Analisando mais filosoficamente a equipe, pude notar um certo “Efeito Rueda” na forma de atuarmos noite passada. Além disso, observei que os jogadores atuaram mais leves, mais soltos. Também serve de motivação a volta da disputa por posições devido à chegada de um novo comandante. Todos querem cavar seu espaço e, mesmo subconscientemente, doam-se mais nos jogos e procuram mostrar seu melhor futebol.

O peso da figura do Zé Ricardo naturalmente deixará o ambiente mais competitivo e menos pesado. Jogadores que estavam na reserva ou que não tinham empatia com o antigo treinador, sendo literalmente excluídos em detrimento aos protegidos, mostrar-se-ão mais vivos e alertas motivados pela chegada de Rueda. Segundo Berrío, o “professor” é bom de grupo! Isso é fator primordial para que o trabalho flua e o elenco compre o plano de ação do comandante colombiano.

É isso! Vamos ver como será o desenrolar do futebol do C.R. Flamengo no restante da temporada. Uma coisa é certa: a torcida terá, mais uma vez, que ter muita paciência. Apesar de bom técnico e de ser um estudioso de futebol, Rueda precisará de um período de adaptação. E como futebol não é ciência exata, não temos como mensurar o tempo necessário para ele sentir-se confortável no ambiente nacional.. Apenas o tempo e o jeito de jogar da equipe nos mostrarão se o novo comandante já estará apto ou não. Aguardemos! Vai pra cima deles Mengo!!!

O Flamengo Simplesmente é!
Saudações Rubro-Negras a todos!!!

Fabio Monken

Gostou? Ótimo! Não gostou? Ótimo também!
Ninguém é o dono da verdade! Isso é fato!
Venha debater conosco suas idéias, mas faça-o educadamente, pois a falta de respeito e de educação são os combustíveis dos fracassados e de parca argumentação!
Sigam-me no twitter! – O microblog é perfeito para a troca de ideias.

Comentarios

comentário

  • PlayerLEL

    jogar bem contra o palestino é fácil
    difícil é ganhar dos 10 primeiros da tabela do br….

  • Agnaldo mengão

    Exagerado… Efeito Rueda? Cara nem assinou contrato, não fez um treino tático e já colocam o ele como sendo alguém capaz de modificar uma forma de jogar sem nem ter estado no clube. Acorda gente, técnico não é mágico..

    • Márcio Adriano

      É desse tipo de mentalidade que está cheio essa coluna.
      O Rueda nem assinou contrato e pelos comentários do colunista parece até que já tem um esquema de jogo e que pelo visto foi enviado via conferência onde o Jayme e os jogadores seguiram a risca…….kkkkkk.
      Piada pronta

    • Rafael

      Deu p entender o que o colunista quis dizer. Mas o título mais apropriado seria ” o efeito mudança de técnico “

  • Junior_Capacete

    Quanta bobagem mestre.

  • Victor Mondego

    Aquilo foi jogo treino, não da para avaliar. De quarta em diante veremos.

  • Newton

    Ontem vi o jogo achando que o Ze Ricardo ainda era o treinador…jogamos exatamente como o antigo comandante gostava… acho ate que o Jayme foi muito cauteloso ao não colocar logo o Paqueta e o VJ….

  • Leo Madeira

    Time do Palestino é incrivelmente ruim. MA continua de titular, piada esse jumento desse Jayme

  • Ltom Macêdo

    Ontem foi o time do Zé. Palestino nao joga a serie C aqui.

  • Eduardo Sacramento

    Observar um “efeito Rueda” no jogo de ontem é piada. Jogo fácil demais. Fora que o time jogou da mesma forma que jogava com o Zé Ricardo. Mesmíssima, até pq não haveria tempo para mudar.

  • Rafael rodrigues

    Mesmíssima não sei aonde, Lucas paqueta jogou na sua verdadeira posição… Coisa que ze Ricardo nao faria nesse jogo!!!

    • Almir Ribeiro

      Gente como analisar um jogador que entra por tão pouco tempo…não tem como. Quero ver um jogo inteiro dele, ai sim. O moleque é bom isso se vê, mas em tão pouco tempo em campo, para mim não tem como fazer uma análise justa.

      • Rafael rodrigues

        Lucas paqueta e bom jogador!!

        • Almir Ribeiro

          Para mim é, se tiver uma sequência e jogando na dele tende a se soltar e evoluir bastante.

  • filipe augusto

    até o caramujo jogou ontem, estava turbinado, e quando assim o Ruedo viu o jogo e pensou – Pero ese tipo juega mozo !!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk https://uploads.disquscdn.com/images/14fc73b175035f63bce0834e9d78511209f5b021f44d4365760be6376cfa0289.jpg

    • Almir Ribeiro

      Jayme querendo dar moral ao ruim…e ontem ele foi razoável, pois o adversário nem exigiu…ficou lá na dele e deu uma “corrida maluca” e nada acontece. Não é de hoje que ele está tentando ser o que ele nunca será, um bom jogador…não tem jeito. Esse não pode reclamar de falta de oportunidades…Nem contra o palestino esse cara sai meu!!!! OH! louco meu!!!!

  • Almir Ribeiro

    Claro, que o palestino não é parâmetro, mas gostei sim do futebol jogado, sem tantas bolas aéreas e buscando JOGAR bola. O Jayme poderia ter entrado com Ronaldo, quando esse garoto terá oportunidades? Cuellar, injustificavelmente saiu e pronto, Rômulo está no grupo, tem qualidade, mas não é aproveitado e o ruim MA sempre titular…isso ainda tem que mudar. Ontem mesmo o ruim conseguiu fazer uma partida apenas razoável a ruim diante de um adversário tão fraco…o negócio é que o Jayme segue a mesma cartilha nesse sentido e vamos com ele no jogo contra o Atlético-MG espero que ele de oportunidades ao Cuellar, que jogue junto com Arão, que se destacou no jogo, mas quero ver contra equipes qualificadas. Em fim, eu vi muitos jogadores se esforçando muito, dando carrinho, correndo bastante, isso já é o efeito Rueda, pois ele com certeza deve estar vendo e se informando…

  • Vem logo antes que contratem o Jaime peteleco pai do coice de grilo.

  • Léo Mengão

    Concordo com a maior parte do texto. Principalmente no que diz respeito ao adversário. No final das contas fiquei com pena do Zé pois o último jogo perdeu jogando bem. Mas infelizmente foi a gota d’água.

    • Rubens

      Ele perdeu vários jogando bem mas nossos erros defensivos nos prejudica desde o ano passado.

      • DefendaSeuDinheiro

        Exatamente, ontem os laterais jogaram mais perto dos zagueiros

  • Drunken_Master

    O efeito Rueda pelo que entendi, foi que os jogadores que estavam em campo. Queriam mostrar serviço pro novo técnico. O que é bem insano, pois o novo técnico não vai levar em conta apenas um jogo. Mas sim após seus treinos, aplicações táticas e botar os que estarão mais a sua metodologia ou filosofia de jogo.

  • BVZ (VJ será maior que Pelé)

    Jayme sem timing? Ele foi pro jogo sem tomar remédio, o placar acumulado estava 9 a 2 e ele ficou em dúvida se colocava mais um volante ou usava o VJ. Por isso ele foi embora da última vez aos gritos de “Burro”

  • DefendaSeuDinheiro

    Ótimo texto

  • Mailson

    A verdade e que vcs tao c saudades das cagadas do ze ruela so pode. Porquer mesmo o palestino sendo inferior mais o flamengo demonstrou entrosamento com bons passes, infiltração jogou mais no seu campo que no campo adversário. .isso ja muda bastante

  • Ednei P. de Melo

    “Uma coisa é certa: a torcida terá, mais uma vez, que ter muita paciência.” — F****… &;-D

  • – Ryan –

    Uma coisa eu concordo, com mudança de técnico, acabou a zona de conforto dos caras, vão ter que mostrar futebol pra garantir titularidade.

  • Rafael Dantas

    podemos destacar que o time usou mais infiltrações e menos cruzamento.

  • Uma coisa me chamou atenção. Logo no início do jogo, Éverton voltou como um louco pela lateral e o Jayme mandou ele ficar mais à frente, isto é, sem a responsabilidade tão grande de recompor. Coisa que não acontecia com ZÉ Ricardo. Os pontas eram praticamente secretários dos laterais. Enfim, é difícil analisar porque o time do Palestino é uma baba. Mesmo assim Muralha quase tomou um gol de calcanhar rsrs.

  • Pepe Anjos

    Jogamos bem? A diferença do jogo de ontem para os demais foram que a equipe ontem aproveitou as oportunidades de gol. Não teve erros individuas. Na verdade era pra ter sido mais visto a fragilidade do adversário , que por sinal teve mais posse de bola e finalizações que nós. Não se viu troca de passes rápidas e nem triangulações. Já começou o delírio ?

  • rubro negro

    alguem sabe o estilo de jogo do Rueda???

  • Gesse Inacio Terra

    Tinha que mudar, so a diretoria que nao via, tudo bem o adiversario era fraco, mais a forna de jogar foi outra, com levesa com desizao, agora vamos ter paciencia com o novo tecnico, ja pensando para proximo ano.