Conca vai custar, até o final do ano, R$2,5 mi aos cofres do Fla

A novela “Darío Conca” vai se arrastando com o passar dos meses. Contratado para ser uma das estrelas do elenco rubro-negro, o argentino não vem correspondendo as expectativas. Até agora, apenas 15 minutos em campo, nas partidas contra o Fluminense e a Ponte Preta, ambas, realizadas em junho. Desde então, o meia tem tido dificuldades de ser relacionado para o banco de reservas.

Diante desta situação, várias informações vão surgindo. O comentarista da TV Coluna do Flamengo, Allan Garcia, afirmou, com exclusividade, que o jogador ainda não está com o joelho esquerdo (local onde passou por duas cirurgias em 2016) recuperado. No dia seguinte, o jornal Extra divulgou que a contratação do atleta foi feita sem o aval do chefe do departamento médico do clube, Márcio Tannure. Com a visibilidade que o caso tomou, a diretoria do Mais Querido se posicionou, através de nota oficial, negando qualquer problema físico, indicando que o argentino não está sendo escalado por questões técnicas.

Entretanto, Conca vai custar aos cofres rubro-negros, R$2,5 mi, até o final do contrato, que vence em dezembro. Quando acertou sua vinda para o Rio de Janeiro, foi feito o seguinte acordo: o camisa 19 só receberia quando tivesse em condições de jogo. Ao ser escalado, esta cláusula passou a valer, e o valor acertado com o time da Gávea passou a ser pago.

Ainda não se sabe se o meia será relacionado para o confronto diante do Atlético-MG, neste domingo, às 16h, no Estádio Independência. O argentino não entra em campo desde o dia 18 de junho, quando atuou por oito minutos no empate por 2 a 2, contra o Fluminense.

Veja mais:

Qual a REAL condição de Dario Conca? Abre o jogo, Flamengo!

Entenda a demora para concretização do acerto entre Fla e Rueda

Perto de jogo decisivo, torcida do Botafogo faz provocações ao Fla

O brasileirão acabou, Flamengo

45 Comentários
Carregando comentários...