Coluna do Torcedor: “50 dias decisivos para o Flamengo”

Se tomarmos apenas a análise do futebol stricto senso, considerando apenas o que ocorre dentro das quatro linhas, no intervalo dos 90 minutos de cada partida de futebol, o Flamengo terá pela frente, a partir desta sexta-feira (04/08), 50 dias que definirão o seu ano de 2017.

As tabelas das duas principais competições que o Flamengo ainda disputa, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, oferecerão as referências para avaliar o trabalho do ano e projetar os desafios e os passos a serem dados em relação a 2018.

Isso porque, nestes 50 dias, até sábado, 23/09, o rubro-negro disputará 9 ou 10 partidas, praticamente todas no Rio de Janeiro (a exceção apenas de uma, talvez duas, dependendo do avanço na Copa do Brasil e da sorte no sorteio dos mandos de campo da final do torneio). Vejamos:

* 06/08 (Domingo) – Flamengo x Vitória – Ilha Do Urubu (Bras)
* 13/08 (Domingo) – Atlético/MG x Flamengo – Independência (Bras)
* 16/08 (Quarta) – Botafogo x Flamengo – Nilton Santos (CB)
* 19/08 (Sábado) – Flamengo x Atlético/GO – Ilha Do Urubu (Bras)
* 23/08 (Quarta) – Flamengo x Botafogo – Ilha Do Urubu (CB)
* 27/08 (Domingo) – Flamengo x Atlético/PR – Ilha Do Urubu (Bras)
* 07/09 (Quinta) – Flamengo (??) x ??? (CB)
* 10/09 (Domingo) – Botafogo x Flamengo – Nilton Santos (Bras)
* 17/09 (Domingo) – Flamengo x Sport – Ilha Do Urubu (Bras)
* 23/09 (Sábado) – Flamengo x Avaí – Ilha Do Urubu (Bras).

Serão 7 partidas do Campeonato Brasileiro e 2 ou 3 partidas da Copa do Brasil. Destaca-se que o única confronto fora do Rio de Janeiro será contra o Atlético/MG, que não vem apresentando bons resultados jogando em casa.

Ao final deste período saberemos se a conquista da Copa do Brasil estará próxima ou se já será apenas um sonho passado. Ainda teremos conhecimento o que ainda restará de disputa no Campeonato Brasileiro (se ainda restar algo).

Sendo assim, é inegável a importância que terá o apoio da torcida. Independente do que aconteça no treino desta manhã de sexta-feira, ou de quem estará no comando da equipe neste período, ou de quais jogadores preservarão, perderão ou conquistarão a condição de titular, ou ainda das decisões administrativas a serem tomadas pela diretoria.

O problema é que no Flamengo nada “independe”…

Quem viver verá!

Saudações Rubro-Negras

Cleilson Teobaldo dos Reis

___________________________________________________

Quer ver sua coluna publicada aqui no site? Envie para o e-mail redacao@colunadoflamengo.com 

Veja mais:

Coluna do Torcedor: “A alma do velho rubro-negrismo”

Acabaram-se as desculpas

Os Intocáveis!!!

Coluna do Torcedor: “Zé Ricardo consegue tornar o Márcio Araújo ainda pior”

19 Comentários
Carregando comentários...