Home Notícias Após 10 anos, Diego Alves reencontra Atlético-MG

Após 10 anos, Diego Alves reencontra Atlético-MG

259
1
SHARE
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Flamengo e Atlético-MG não será um jogo de emoções apenas para os milhões de torcedores apaixonados. De um lado, os rubro-negros ansiosos por ver uma recuperação no Campeonato Brasileiro, dando moral ao time que na próxima quarta-feira (16), encara o Botafogo pelas semifinais da Copa do Brasil. Do outro, os atleticanos precisam de uma vitória, para poder afastar o time da parte de baixo da tabela e apagar, mesmo que de forma superficial, a eliminação na Libertadores para o Jorge Wilstermann.

Entretanto, um jogador também terá um sentimento especial quando pisar no Estádio Independência: Diego Alves. Após 10 anos, o goleiro voltará a reencontrar o time que o criou e deu as primeiras chances como profissional.

O arqueiro deixou o Atlético-MG em 2007, depois das conquistas da Série B do Campeonato Brasileiro de 2006 e do Campeonato Mineiro de 2007. Foram 61 jogos com a camisa alvinegra e o status de ídolo.

Em todos os períodos que vinha ao Brasil, Diego fazia questão de ir até Belo Horizonte, visitar o ex-clube. Tanto que uma proposta chegou a ser feita para sua repatriação, ainda em 2012. Na época, as negociações não foram para frente e Victor foi contratado para assumir a meta atleticana.

Mas, quando entrar em campo amanhã, o camisa 1 vai estar envergando o manto sagrado flamenguista. Cotado por muitos como a principal transferência do futebol brasileiro na janela do meio do ano, o jogador não começou muito bem sua trajetória na Gávea. Foram três jogos, com duas derrotas e um empate. Sofreu seis gols e já é criticado por algumas alas da torcida.

A bola rola neste domingo (13), às 16h.

Veja mais:

Reinaldo Rueda é o novo técnico do Flamengo

“Reinaldo Rueda: entre o céu e o inferno”

Revista inglesa coloca duas camisas do Fla entre as mais bonitas do mundo

Gilmar Popoca revela problemas internos no Fla: “Tem que ser amigo do amigo”

Comentarios

comentário

  • kingDavid

    Jogador não melhora por ser criticado, não faltam exemplos nesse elenco. O DA acaba de chegar, teve que jogar na fogueira e não falhou, ainda vai se adaptar. Torço que ele cresça nesse brasileiro, e chegue em 2018 voando para ser convocado. Ele quer isso, vai trabalhar duro!