Acabaram-se as desculpas

Acabaram-se as desculpas, hoje o Flamengo tem um elenco forte, condições de trabalho, salário em dia, entre outros itens essenciais para um bom trabalho. Só que Zé Ricardo após pouco mais de um ano de trabalho, não apresenta nenhuma novidade. É como se um cozinheiro tivesse uma cozinha equipada,  variedade de ingredientes, mas teimasse em fazer a mesma pizza sabor calabresa.

Os treinadores dos outros times sabem de cor e salteado a forma do Flamengo jogar, e os nossos pontos fracos. É só ver a quantidade de gols que o time toma do mesmo jeito, isso não é coincidência. O repertório de jogadas do time é escasso, e nem as jogadas que são repetidas a esmo, como as bolas alçadas na área, o famoso “chuveirinho”, são bem executadas.

É difícil ver um horizonte bom com esse treinador, que insiste demasiadamente nos mesmos erros, nas mesmas convicções, e que sempre demora a fazer a leitura do jogo. Só pra ter uma ideia,  o time orbita em torno do fraquíssimo Márcio Araújo, jogador que não importa o quanto esconde do jogo, o quanto falha defensivamente, nunca sai do time.

Zé Ricardo piorou um Flamengo que ganhou reforços do quilate de Éverton Ribeiro nesse ano. É só comparar a campanha do primeiro turno desse ano com a do ano passado. Considerando isso e também o trabalho apático, as constantes eliminações, a falta de variações táticas, não há outro caminho, hoje, a não ser substituir o treinador.

Saudações RN.

Por: Wesley Paulo

99 Comentários
Carregando comentários...