Página inicial Colunas Vencemos mais uma batalha, literalmente! Quinta-feira tem outra, muito mais difícil, mas...

Vencemos mais uma batalha, literalmente! Quinta-feira tem outra, muito mais difícil, mas apenas tecnicamente!

934
23
COMPARTILHAR
Créditos: Gilvan de Souza

Salve, Salve, Nação Mais Linda do Mundo!

Inicio a coluna desta semana com uma nota de pesar: ao futebol, à civilidade, à honradez, ao respeito, ao direito de torcer, de ir e vir, de podermos vestir a camisa de nosso clube e transitar livremente em QUALQUER lugar que seja!

Na noite do último sábado presenciamos mais cenas lamentáveis de uma “torcida organizada” pseudo banida do futebol. Foram imagens de barbárie com requintes dantescos. Eles deram um tapa na cara do futebol brasileiro! Esperemos que sejam cobrados e punidos à altura!

Dito isso, atenhamos-nos ao jogo. Que partida de nosso time de futebol! Que bela exibição o nosso amado e querido Flamengo fez no palco mais tacanho do futebol nacional!

Não foi uma atuação fenomenal do ponto de vista técnico e tático, mas pudemos presenciar um jogo sólido, uma equipe ciente do que deveria fazer em campo e, principalmente, um time com a cabeça fria e voltada apenas para a prática do futebol.

Sim, é claro que nos exaltamos em alguns momentos, mas a tranquilidade do time era nítida, apesar do arsenal de ataques psicológicos por parte dos vices e da caixa de ferramentas aberta do time adversário.

Durante a partida pudemos presenciar algumas “afinadas” monstruosas de um Anderson Daronco que até aquele momento da carreira não se deixava intimidar. Faltou pulso, faltaram cartões. Sobrou tolerância por parte do árbitro, lamentavelmente, para coibir um adversário que apenas batia e matava contra-ataques. Apesar disso tudo, ganhamos!

Devo ressaltar aqui um dos pontos negativos do time: Paolo Guerrero. É inadmissível que nosso jogador mais bem pago do elenco tenha um comportamento tão descontrolado e tão infantil durante as partidas em que literalmente “o bicho pega”! Mais uma vez Paolo preferiu ficar reclamando e cavando faltas nas disputas de bola do que enfrentar os zagueiros adversários.

Ainda bem que, nestes casos, temos o Damião! Percebam, não acho que ele seja melhor que o Guerrero. Nunca será! Mas tenho a certeza absoluta que é um jogador muito mais útil que o badalado peruano em jogos desta estirpe. Na hora do pau, o Damião é mais jogador! Simples assim.

Disputa todas as bolas, não fica se lamentando por não marcação de faltas e aceita a disputa com os zagueiros, não foge da raia. É certo que o Flamengo dominou a partida durante os noventa minutos e mais os acréscimos, mas quando o Damião entrou em campo, o time foi mais perigoso e conseguiu seu gol, pelo menos na minha visão. Fomos mais focados!

Não estou aqui para fazer o advogado do diabo, mas no decorrer da partida a troca foi benéfica. E como foi! E ainda temos uma agravante da postura displicente do peruano: por receber tantos cartões ridículos como este, ele desfalcará o Mengão na quinta-feira em jogo importantíssimo contra o Grêmio, foi o terceiro amarelo.

Confronto direto e jogo feito para a maneira de atuar de Guerrero, pois não será de tanta rivalidade assim e marcará o divisor de águas para o poderemos esperar do Flamengo no restante do campeonato. Mas ele não estará presente devido a um cartão tomado aos (pasmem!) dois minutos do primeiro tempo!

Com uma vitória diante do Grêmio e uma derrota do Corinthians para o rival Palmeiras ficaríamos a seis pontos do líder, justamente a pontuação que precisamos para descontarmos em dois confrontos diretos contra eles.

Dito isso, é entrar com o pensamento de que cada jogo é uma final. TODOS os pontos em disputas são importantíssimos. O Flamengo esqueceu-se disso no começo do campeonato. É hora de termos isso como premissa daqui por diante! Estou esperançoso de que isso já começou a acontecer. Vai pra cima deles Mengo!!!

O Flamengo simplesmente é!
Saudações Rubro-Negras a todos!!!

Fabio Monken

Gostou? Comente, participe! Siga-me no Twitter: @fabio_monken
Não gostou? Critique, deixe sua opinião!
Mas faça-o com respeito e educação.
Lembre-se: a intolerância e a má-educação são os combustíveis dos fracassados.

Comente pelo Facebook

  • Daniel Barros

    Putz..nem vou comentar nada.

    • Almir Ribeiro

      Já comentou, ué.kkkkkk

  • Almir Ribeiro

    É por ai mesmo. Cara Damião não é ruim, ele está em má fase, deu uma caída, mas quando entra tem muita garra e disposição. A postura tinha que ser aquela mesma. Os caras vieram para bater e não deixar jogar, logo, falar em técnica é complicado. O FDP do juiz foi omisso com LF que deu uma entrada por trás e tinha que ser expulso, mas relatou na sumula uma lata que a torcida jogou…uma lata. É brincadeira.
    O time vem evoluindo, e tem muita água para rolar ainda. Tudo que se jogar no primeiro turno se joga no segundo. Os mesmos adversários e tal…o Curica vai perder isso é inevitável, cabe ao Fla manter a regularidade. Na garra, na técnica, tem que ir com tudo.

    • Edson Leal

      Mas é isso meu amigo, chega ser chato assistir Flamengo e Vasco hoje em dia, desde que o Eurico voltou.

      Jogos sempre truncados, com briga, palhaçadas do Nenê e cia. Muito feio brother, pra mim era um dos jogos mais complicados da sequência. E felizmente terminou melhor para nós.

      • Almir Ribeiro

        Concordo plenamente Edson. Uma pena que um clássico desses se resumi ao espetáculo deprimente que vimos. Lamentável mesmo. SRN.

  • Edson Leal

    Eu sinceramente tive mais receio do jogo contra o Vasco do que tenho por qualquer outro que está por vir.

    Primeiro porque eu já temia tudo aquilo que no final do jogo acabou acontecendo, uma barbárie, um absurdo. Depois a questão da partida em si, dentro das quatro linhas.

    Tem sido muito difícil assistir Flamengo x Vasco, porque não tem jogo. O Eurico conseguiu criar um clima de guerra tal que fica impossível a bola rolar com espetáculo. É um tal de falta pra cá, entradas duras para lá. E a maioria da parte dos jogadores do Vasco.

    Eu fico preocupado com Diego, Guerrero, Everton Ribeiro, de chegar um imbecil daqueles e comprometer a temporada do Flamengo num simples lance de jogo.

    Saímos com a vitória e sem maiores traumas, tirando o Rhodolfo que se machucou sozinho. Contra os outros times eu já fico mais tranquilo, sei que vai ser mais futebol do que pancadaria.

    • DefendaSeuDinheiro

      Belo comentário.
      Concordo totalmente.
      SRN

    • Gracilio Kondo Raposo

      Acho que o jogo de fato valeu como prova de fogo para ver como estava o emocional. Vi a preleção do Zé na FlaTV e ele falou uma frase que resumiu a postura em campo que dizia que temos que entrar com a cabeça fria e o resto do corpo e pernas pega do fogo.
      Foi o que aconteceu, time consciente, que não fugiu da peleja e foi frio quando provocado.
      Guerrero pode reclamar, mas ele apanhou muito e com a conivência da arbitragem, o lance que originou o galo na cabeça, o defensor entra imprudentemente as sua costas e sequer foi advertido…

      • Edson Leal

        E o Luís Fabiano deveria ter sido expulso por aquela entrada. O Daronco que não teve coragem de expulsa-lo.

      • wanderpc82

        “Vi a preleção do Zé na FlaTV e ele falou uma frase que resumiu a postura em campo que dizia que temos que entrar com a cabeça fria e o resto do corpo e pernas pegando fogo.”

        Perfeita essa colocação do Zé hein.

  • DefendaSeuDinheiro

    Concordo.
    Jogo pegado o Guerrero sempre surta!!
    SRN

    Damião 1×0 Grêmio
    Seção gato mestre

  • João Silvester

    Falei o mesmo sobre o Guerrero num “post” de ontem aqui na Coluna. O Guerrero precisa se controlar mais, parar de ser infantil e ser homem na hora do vamos ver contra os zagueiros.
    Sobre a próxima final, que o Flamengo saiba se impor, terá a Ilha do Urubu como 12º jogador, e, se vencermos, será uma grande, importante e bela vitória.

    • Gracilio Kondo Raposo

      Guerrero apanhou muito ontem e o juiz foi bem conivente com isto.

      • João Silvester

        Concordo!! O Daronco sempre (que eu vi) apita bem, mas ontem deixou a desejar.

  • Ltom Macêdo

    Eu acho o Guerrero cabeça quente, mas ontem em específico ele não fez nada pro amarelo e apanhou mais que mulher de malandro. O Daronco foi muito do frouxo mesmo.

    Nos 10 minutos de futebol nós fizemos o gol e ponto. Foi uma batalha, não um jogo.

  • Junior_Capacete

    O jogo do Corinthians que se fod@, eu quero é vencer o Grêmio!

  • Helio T

    Mais uma vez impecável, Monken! E obrigado pela constatação (inédita inclusive na mídia) de que Damião “é um jogador muito mais útil que o badalado peruano EM JOGOS DESTA ESTIRPE”, com a qual sou obrigado a concordar mesmo gostando do futebol do peruano e não sendo um grande admirador do gaúcho. Fatos são fatos e não podem ser desprezados numa análise isenta e séria. SRN!

  • Helio T

    Um detalhe: nunca vi ninguém apanhar mais do que Pelé (talvez Zico tenha chegado perto…) e nunca os vi reclamando e dando chiliques em campo igual ao peruano. Pelo contrário, vi Pelé encarar verdadeiras batalhas e quebrar a perna de dois adversarios antes de ter a sua quebrada em divididas de jogo e vi Zico encarar todos os gigantes que o marcaram com raça, sem medo e sem frescura.

    • Thiago

      SO por que naquela época, os juizes nao eram frescos como os de hoje, onde so do jogador olhar pra eles, eles ja querem levantar o cartão amarelo pra se sentirem os caras.

      • Helio T

        Não é por frescura dos juízes de hoje, Thiago, já que naquela época havia também juízes-estrela (bem mais que hoje, por sinal!), mas principalmente porque o futebol era visto como um esporte de contato e quem jogava profissionalmente tinha noção que não ia para um parque de diversões ao entrar numa disputa de campeonato. O fato é que o políticamente correto tirou um pouco do brilho do esporte nesse aspecto. SRN!

  • Thiago

    Ta certo que o guerrero é meio esquentadinho e cai fácil na pilha dos cara, mas a falta em que ele tomou o cartão amarelo, o cara deu uma cotovelada na cabeça dele, e ele foi reclamar do juiz que não deu a falta. A verdade é que esses juízes brasileiros acham que são os todos poderosos, o jogador não pode falar nada que já estão amarelando o jogador, ta chato isso. teve um jogo que o guerrero fez no cartola -4.8 pontos, por te feito 10 faltas no jogo, só por que a maioria nem era falta. Sorte que deixei ele e na outra rodada ele fez seu primeiro hat-trick. O problema é que contra o vasco simplesmente não tem futebol, só catimba, jogadores caindo toda hora, fazendo faltas.
    Quanto ao seu substituto, eu acho uma pura SACANAGEM do Zé Ricardo de deixar o Vizeu no banco pro Damião. DAmião contra o PAlestino mostrou que é horrivel, nao ganhou nenhuma bola de cabeça (foram 30 cruzamentos), nao deu continuidade a NENHUMA jogada do flamengo, é velho e não é do flamengo, se ele se valorizar quem ganha é o santos, que alias, nos fez uma grande sacanagem em querer proibir o Geovanio de jogar aqui. O vizeu é um bom jogador, novo e tem faro de gol, além do flamengo ganhar muito em técnica com ele em campo, pode se valorizar e render uma boa grana pro clube e abater muito mais a divida do flamengo com a DOYERN no caso Cirino, do que ficar forçando a escalação do Damião. O problema que o ZR nao tem culhões pra barrar o cara, faz isso apenas com os estrangeiros considerados “caros”.
    Os torcedores tem que entender, que hoje o futebol nao tem espaço pra jogadores que desempenham apenas uma função como é o caso do Damião e MA. Pra compor elenco pra uma eventual entrada qdo todos se machucarem ainda vai, porem nao como titulares. E quando eu digo futebol, eu falo de um time que buscar ser campeão brasileiro e principalmente, ser o rei das Américas.

  • Beto Karioca

    Jogo contra o Gremio é PERIGOSISSIMO… Flamengo apos varias vitorias, apos vencer o rival dentro de seu dominio, ja comeca aquele oba oba nocivo q leva ao relaxamento… dai p subir no salto é rapidinho. Ja o Gremio, q perdeu em casa, ja se esta fazendo de morto, com o Renato Gaucho q conhece muito bem o Flamengo, ja colocando a responssabilidade no time carioca… Eles vao vir no sapatinho, do jeitinho q eles gostam, p tentar surpreender na hora do jogo… é hora de mostrar seriedade e jogar concentrado por mais uma vitoria, pq o CUrintians vai perder p o Palmeiras !!

  • Fabio

    Como o Vasco jogava com 10 dentro de sua área, meu sonho era o Zé tirar o Caramujo e voltado no segundo tempo com Damião e Guerrero.