Home Colunas Ontem foi uma vitória sensacional, mas o futebol apresentado…

Ontem foi uma vitória sensacional, mas o futebol apresentado…

1499
85
SHARE

Salve, Salve, Nação Mais Linda do Mundo!

Ontem praticamente decidimos nossa classificação ao próximo mata-mata da “Sula”. Cinco a dois com direito a show de Everton Ribeiro, coroado com o primeiro gol pelo Flamengo numa penalidade sofrida em jogada individual. A vitória foi elástica, nosso elenco é muito forte, mas nosso time apresentou-se bisonhamente. Mais um jogo e a lógica continua a mesma: individualidades decidindo. Na noite passada até o acaso ajudou no primeiro gol do Mengão e, pasmem, até o Vaz fez gol (bom ou ruim? rsrsrs)!

Ontem fomos um bando desorganizado em campo, parecia estouro de boiada. Taticamente sofríveis, com milhares de lançamentos para dentro da área na esperança de que Damião metesse a cabeça numa bola bandida e fizesse um gol salvador. O primeiro tempo foi digno de pena, com muita ajuda do Palestino, diga-se de passagem.

Veio o segundo e o jogo virou, literalmente, uma pelada de casado contra solteiros. As falhas individuais de alguns de nossos atletas propiciou dois gols ao time adversário. Um time fraquíssimo tática e tecnicamente, que faz doer os olhos. Mas o Flamengo deu uma mãozinha e rebaixou-se a seu nível tático por toda a partida. O que nos salvou foi a diferença da qualidade entre os elencos. O segundo gol do Mengão parecia até jogo de totó (pebolim)!

Esses resultados são perigosíssimos. Eles mascaram a evolução da equipe como um todo porque maquiam nossos erro, agindo como uma cortina de fumaça. Mas peço-lhes que antes de virem com aquele papinho mais do mesmo de oportunismo, corneta, modinha, anti, etc, analisem bem. Ponderem, observem cuidadosamente e enxerguem como o nosso time está jogando mal, taticamente falando.

É certo que as vitórias estão aparecendo, mas o time não está se apresentando bem taticamente. Ontem era um jogo para metermos três ou quatro no primeiro tempo e tocar a bola de lado no segundo, cadenciando a partida e levando-a em banho-maria até o final. Isso é o que se espera de uma equipe coesa, mas nos falta essa maturidade. Quanta sofrência desnecessária!

Dito isso, podemos ressaltar que o resultado foi fantástico! Praticamente encaminhamos a classificação jogando fora de casa. Outro ponto altamente positivo é a evolução de Everton Ribeiro. Como joga o rapaz! Quanta técnica, quanta raça! O Manto Sagrado caiu muito bem em nosso novo camisa 7 e, conforme o tempo passa e o entrosamento com o Diego cresce podemos esperar muitas alegrias dessa dupla de craques.

Ontem, porém, podemos considerar o jogo como um ponto fora da curva, tanto pelo resultado elástico quanto pela fraca apresentação da equipe (mesmo lembrando de outras péssimas atuações, vide a contra o Bahia). Estamos notando uma evolução tática do time ao longo dos últimos jogos, mas ela vem em passos de tartaruga. Mesmo assim estamos evoluindo, embora eu ache que já deveríamos estar em um patamar muito superior ao atual, principalmente devido à manutenção do treinador e à qualificação do elenco do ano passado para esse.

Esperemos que nosso treinador continue nessa toada, trabalhando e principalmente ouvindo e ponderando para tentar fazer com que o Flamengo jogue da melhor maneira possível e volte a apresentar aquele futebol consistente que apresentávamos no meio do segundo semestre do ano passado. O futuro a Deus pertence! O que podemos fazer é tentar sermos isentos, alertar quanto aos erros e reverenciar os acertos e, fundamentalmente a partir do momento da entrada do time em campo, torcer incondicionamente! Vai pra cima dele Mengo!!!

O Flamengo simplesmente é!
Saudações Rubro-Negras a todos!

Fabio Monken

Gostou? Comente, participe!
Não gostou? Critique, deixe sua opinião!
Mas faça-o com respeito e educação.
Lembre-se: a intolerância e a má-educação são os combustíveis dos fracassados.

Comentarios

comentário