Home Colunas 11 homens e um segredo

11 homens e um segredo

2824
83
SHARE

Existe uma fórmula secreta, um segredo  ou até mesmo uma reza braba para encontrar o time perfeito para ser campeão? Bom, isso temos certeza que não, o campeonato mais difícil do mundo exige regularidade para ser campeão.

Ano passado falamos muito a famosa frase, “o time ta fechado”, após um drástico primeiro semestre, o time superou as dificuldades e cresceu na competição, passou então a ser temido e competitivo. Este ano o time parece não estar “fechado” como antes, mesmo com as vitórias, ainda está longe do ideal, mas o que vale mesmo é os 3 pontos não é? ou não?

Apesar do começo nada animador, as vitórias tem surgido devido a qualidade individual do elenco, mas com aquela grande aspas. No papel temos o melhor meio de campo do Brasil, mas sofremos do mal do “cruza bola na área”, abdicamos de jogadas bem trabalhadas para aventurar cruzamentos, exemplo claro disso foi no jogo contra o fraco Palestino, onde foi uma chuva de bolas cruzadas, e a partir do momento que se lembrou que gol de pé também vale, conseguimos marcar 5.

O recém chegado Éverton Ribeiro tem provado seu NECESSÁRIO valor, 3 jogos, 3 assistências e 1 gol, Diego encontrou um parceiro de cérebro com quem possa contar para não ficar tudo em suas costas. Na zaga Rhodolfo já chegou mostrando que tem qualidade para a titularidade incontestável, será que finalmente encontramos uma zaga de respeito? O gol vive ainda o dilema entre a segunda chance e a primeira, dar ao Muralha a chance de se reerguer, ou ao jovem Thiago a chance de crescer?

O grande mistério que nem Sherlock Holmes deve ser capaz de desvendar fica mesmo para nosso eterno titular, Marcinho Baidú Araújo, Zé Ricardo mesmo tentando não consegue explicar e nem convencer da titularidade do melhor passador de bolas para trás do futebol brasileiro. Mr Zé perdeu o status de confiança da torcida que tinha ano passado, suas justificativas não convencem e suas escolhas parecem tentar justificar apenas um quesito: Cumpre a função.

As vitórias tem mostrado um caminho seguro a seguir, mesmo que Zé não tenha conseguido ter o elenco em mãos e não consiga administrar bem o elenco que tem, aos poucos, jogo a jogo tem se desenhado o formato ideal para o time. O segredo que todos já sabemos, saber utilizar com inteligência as peças que tem, não adiante ter o melhor elenco do Brasil para jogarmos mais ou menos, a final de contas não adianta ser uma Ferrari em casa e sai por ai de Uno certo?

Fazer um time estrelado jogar bem precisa ter segredo? Ou o problema na verdade seja saber administrar? Muitos jogadores que chegaram com status de solução não consegue espaço no time, adaptação? ritmo de jogo? Será mesmo? Não me parece ser o caso, são 3 competições que podem muito bem ser jogadas com elenco misto e mesmo assim ser competitivo.
O segredo de Zé continua indecifrável, resta apenas torcer para que ele funcione, se o brasileirão é obrigação ou não, isso eu não sei, só não aceitamos nada menos do que brigar pela título.

Twitter… Siga-me os bons! 

Matheus Gonzaga. SRN!

Comentarios

comentário