Home Colunas Cuéllar melhora a saída de bola do Flamengo

Cuéllar melhora a saída de bola do Flamengo

2562
49
SHARE

A saída de bola no futebol é a transição da defesa para o ataque, e pode ser feita de diversas maneiras. Uma delas, é a ligação direta, que consiste basicamente em lançamentos feitos da defesa para o ataque sem passar pelo meio de campo, embora ela facilite a marcação adversária, pode ser uma tática interessante em alguns momentos do jogo, principalmente quando se tem atacantes com domínio de bola em campo. Outra forma de saída, é a que o meio de campo toma conta dessa transição a partir de seus volantes, inclusive é a que o Flamengo mais usa.

O rubro-negro, por características históricas, sempre foi um time de toque de bola e ofensivo, seja dentro de casa, seja fora, por isso, treinadores que tentam mudar a forma do time jogar, sofrem muita pressão da torcida. Zé Ricardo desde o seu início, arma o time com Márcio Araújo, que é um a menos na saída de bola, deixando essas funções para os zagueiros e Arão, porém com esse último muito mal tecnicamente, o meio de campo do time parou, e o time enfrentou dificuldades nas últimas rodadas.

Enfim, o treinador, barrou William Arão, colocando Gustavo Cuéllar em seu lugar, volante conhecido pelo bom toque de bola e movimentação. E nesse último jogo contra a Ponte Preta, o colombiano fez uma de suas melhores partidas pelo Flamengo, dando fluidez na saída de bola, e contribuindo com 6 desarmes, o dobro de Márcio Araújo, o que quebra um pouco o mito de que MA é o “rei dos desarmes”. Segundo o Footstats, o colombiano realizou 10 roubadas de bola em 238 minutos jogados nesse Brasileiro, enquanto Márcio realizou 9 em 614 minutos!

Embora muitos dizem, até mesmo o treinador, que ele seja um segundo volante e dispute a posição com Arão, Cuéllar mostra que pode sim, ser o primeiro homem de meio de campo, com isso, o time pode abrir mão do inoperante Márcio Araújo, que se mostra cada vez mais ineficiente em um time que precisa demais de jogadores inteligentes no meio de campo. Opções interessantes no banco é o que não falta para o treinador.

Deixar um jogador com o potencial de Cuéllar tanto tempo na geladeira, é inexplicável. Já era pra ele estar muito mais adaptado com o futebol brasileiro, e entrosado com o time. Tempo no futebol é dinheiro, e o colombiano é um ativo precioso do clube. O que se espera é que com essa última atuação é que ele se firme no time titular e tenha no mínimo, as mesmas oportunidades que Arão e Márcio Araújo tiveram.

Saudações Rubro Negras.

Por: Wesley Paulo

Comentarios

comentário

  • Rodrigo Alves

    Sim , melhorou muito a saída , porém acho que isso pode sobrecarrega-lo, tal ez quando conca tiver 100%, diego possa jogar de 2 volante ou o menino Ronaldo.

    • Carss07

      Acho que Diego pode fazer algo semelhante à função que o Iniesta faz no Barcelona

  • Vinicius Gorzoni Guz

    Concordo com tudo

  • Wagner Alves

    Claro como vodka…

    Cuellar e Ronaldo deveriam ser os titulares, mas sabemos que no próximo jogo é capaz dele sentir uma dor misteriosa e o técnico voltar com Arão.

    • Marcos Vinícius Limah

      Viaja n

  • ROGER CESAR BARBOSA LIMA

    Zé burro Ricardo viu que Cuellar tá precisando de sequência. Agora tá na hora de testar a dupla Cuellar e Ronaldo, chega de Márcio Araújo. O time vai mudar da água para um excelente vinho.

    • Ricardo Belmiro

      O mais impressionante e ver técnico de time adversário chorando que não tem jogador, enquanto o nosso tem e não sai da mesmice,não ensaia uma jogada,não testa novas formações,não tira jogador que vem jogando mal a muito tempo,muito fraco!

      • Kurosaki Vaizard

        ze Ricardete é tipo um Jaime da vida , ele so muda as coisas na pressão da torcida

  • Fla

    Eu só queria entender qual a necessidade de escalar Cuellar e MA juntos. Os dois tem mais características de primeiro volante do que de segundo. O certo, pelo menos na minha opinião, seria escalar apenas um deles (minha preferência pelo Cuellar) e escalar um segundo volante (Arão está em má fase, tentaria Rômulo ou então o Ronaldo). Assim o Fla não ficaria com ”um jogador a menos” quando estiver com a bola.

    • Ednei P. de Melo

      Quando se tem dois volantes fixos, não há uma “distinção clara” de quem é primeiro ou segundo volante. E a escalação de ambos se justifica por apresentarem particularidades diferentes entre si. Enquanto que um é veloz, mais focado em contenção e interceptação, o outro é mais combativo e possui mais qualidade de passe. A burrice seria manter 2 volantes com as mesmas características e por isso o Zé Ricardo optou pela saída do W. Arão… &;-D

      • Fla

        Só que com o Marcio Araújo, o time fica praticamente com um a menos quando está com a Bola, se jogasse o Cuellar e um segundo volante, não teria esse problema, o Cuellar faz a função de primeiro volante melhor do que o Marcio Araújo. Mas você tem razão, é burrice pensar em jogar com dois volantes que saibam jogar com a bola nos pés. E melhor escalar o Marcio Araújo, para não cometer a ”burrice” de escalar dois volantes que tenham como característica o bom passe.

        • Clelton Santos

          Ele só pode ser empresário do MA ou está de sacanagem para polemizar.

      • Clelton Santos

        Chega a impressionar os seus argumentos em favor do técnico e do Ma. Na outra postagem, você defende o MA na função de infiltração e chegada aos jogadores de ataque. Ou você gosta de polemizar ou está brincando. O MA é horrível na contenção e na infiltração então dá pena. Não dele mas dos torcedores do Fla. E o nosso técnico vai morrer abraçado com ele. Se der uma pixotada, aliás fez uma dessa contra a Ponte, e resultar em gol nem o Bandeira segura no cargo. Já passou da hora do Cuellar assumir a cabeça de área. E o Arão não pode ir para as ilhas britânicas porque é disparado o nosso melhor volante. Por estar sendo escalado fora de posição, jogou mal e perdeu a confiança. Mas pode voltar a ser o Arão do ano passado. E o MA pode voltar a ser o quê?

        • Ricardo Belmiro

          Falou tudo amigo!

      • Clelton Santos

        MA – Abusa do passe pra trás, se esconde do jogo e ainda tem a cara de pau ficar sinalizando passes para os companheiros que não tem coragem de dar. E na infiltração, é medonho tecnicamente.

      • Clelton Santos

        E o Rômulo vem treinando bem. Só jogou sem ritmo de jogo. Agora, nem oportunidade tem. O time não evolui só que vc já deixou claro e escreveu títulos são importante lá para 2020. Agora, é recuperação. Então, vc pode cantar a musiquinha:
        Conte comigo EBM
        Acima de tudo nosso superavit.
        Oh meu herói
        Eu idolatro você
        Quero contar ao mundo todo
        a grandeza do nosso orçamento.
        Grite comigo Nação
        Acima de tudo; Administração!
        Grite comigo Nação
        Acima de tudo; Administração!

  • Will Simoes

    Eu falei…

  • crazy-fla

    Grêmio jogou com 4 volantes e ganhou do Flu, já pensou se isso fosse no Fla, creio q todos são melhores doq o MA, SRN

  • Lucas
  • Pedro Reis

    Eu falo isso já faz um tempo mas só levo paulada aqui
    Vamo rodar esse elenco Zé nosso elenco é grande e qualificado

  • Carss07

    Meus volante seriam Cuellar e Ronaldo… Bom poder de marcação e excelente saída de bola.

    • Rodrigo Anchiêta

      Penso exatamente da mesma forma.

  • Marcel

    ZR, que vivia justificando a escalação do seu querido MA por números de scout, agora vai mantê-lo no time por ser homem de sua “confiança”.
    Isso é paixão, não tem outra explicação (tem mas não é o caso ficar supondo).
    As melhores apresentações do time, com um futebol mais vistoso, aconteceram quando essa praga não estava em campo.
    Qual o problema de fazer um teste, só um!, com Ronaldo e Cuellar em campo?!
    Qual o risco? O time jogar bem? Fazer gol muito cedo?

    Ligação direta nunca é bom. Coisa de time de várzea!

    • Rodrigo Anchiêta

      Cara, seria um sonho meu virando realidade. Tanto Ronaldo quanto o Cuellar tem boa defesa e ótimos passes… Seria a dupla de volantes perfeita. E ainda poderíamos ter mais a frente Vinícius Jr, Diego, Everton Ribeiro e Guerrero.

      • Marcel

        Essa é minha escalação! Certeza que o time vai voar!!

  • farsantes

    Muito boa a matéria! Parabéns!

  • Martins bsb

    Isso q está na matéria é o q todo mundo fala, só o Zé q não quer ver.

    Quando o Colômbia pegar mais ritmo ninguém segura ele.

  • Mustapha Acariense

    Pow, todo mundo enxergava que cuellar era o dono da posição. Até o MA deveria ficar espantado com a não titularidade do colombiano.

  • Samuel Rodrigues

    Esse ZR nunca gostou dos gringos sempre queimando eles, e ja foi provado isso, só que dessa vez a batata dele esquentou de vez, na eminência de ser hortilizado na ilha, ele colocou o Cuellar pra jogar, só que já tá falando que o arão tá pronto pra voltar, se perder po Flu volta a pressão novamente, tecnico fraco e amador.

  • Rodrigo – Depto. de TI

    Cuellar jogou na seleção da Colômbia pelas categorias de base, é um excelente jogador, só na cabeça do Zé Panela e de alguns comentaristas que se acham entendidos de futebol que o Cuellar é pior que o MA.

  • Ricardo Belmiro

    Não existe justificativa para a manutenção do “marcinho”no time, Cuellar foi mais produtivo em menos tempo,e um meio campo com ele e Rômulo ou Ronaldo, ninguém segura o Flamengo…

  • Ednei P. de Melo

    Ok. Vamos tirar M. Araújo e escalar um meio-campo com as duplas Ronaldo/Cuellar, Rômulo/Cuellar ou ainda Ronaldo/Rômulo (seja lá qual a forma que for). Irão acontecer 2 coisas interessantes: 1) de fato, o time vai apresentar mais desenvoltura com as bolas nos pés e volume de jogo no meio-campo; 2. porém, ficará mais frágil defensivamente, com dificuldades na recomposição, muitos espaços em aberto e pouca cobertura nas laterais.

    Resultado: os laterais não irão apoiar tanto e consequentemente, teremos mais dificuldades em abrir as jogadas pelas laterais. O adversário terá mais facilidade em congestionar o meio-campo e dificultar as ações ofensivas do Flamengo, já que o time terá mais posse de bola e jogadores de qualidade, mas não terá muita produtividade em vista da falta de mobilidade do time. Eles certamente forçarão o erro na saída de bola (para os laterais) e irão explorar mais as triangulações do meio para as pontas, sempre buscando os espaços em aberto!

    Já vimos isso ano passado (com o Muricy) e este ano contra o Fluminense, quando tinhamos Rômulo/W. Arão e a equipe empatou em 3×3. Vamos precisar mais uma vez passar dificuldades defensivas para ENTENDER que nem sempre, a escalação dos melhores jogadores atende as NECESSIDADES TÁTICAS do time?

    Em momento algum disse que M. Araújo é melhor que Rômulo ou Cuellar; no entanto, nenhum desses jogadores se encaixa tão bem no sistema tático atual quanto ele. PRECISAMOS de pelo menos 1 volante rápido, que cubra bem as laterais e tenha boa contenção, além do poder de recuperação para as bolas perdidas. Sim, M. Araújo perdeu algumas bolas boas no meio (e voltou voando para ajudar). O mesmo aconteceria com Rômulo ou Cuellar?

    Entendam de uma vez por todas: futebol é um jogo estratégico, em que o esquema tático é DETERMINANTE para vencer os jogos. Meteram o malho no Zé Ricardo ano passado por escalar Gabriel, Éverton, M. Araújo e Vaz, mas poucos se pergutaram como um time “mal-escalado” conseguiu chegar em 3o. lugar… &;-D

    • Julio Black

      Então que coloque o Ronaldo no lugar do M.A e Cuellar, acho que ficaria bom

      • Ednei P. de Melo

        Se Ronaldo for veloz o suficiente para fazer a cobertura dos laterais e a recomposição de meio-campo, não vejo problema algum… &;-D

        • Leonardo Almeida

          Ednei torcedor é assim mesmo. Os mesmos que levantaram a bandeira dos muleques da base, metralharam o Matheus Sávio nas criticas no jogo da libertarores…

    • Ltom Macêdo

      Ednei acho que você entende de futebol, mas supervaloriza a velocidade do MA.

      Pra uma qualidade, ele tem vários defeitos.

      Lógico que pra jogar com um time que nem o Flamengo terá que jogar daqui pra frente os laterais terão que ser mais comedidos no apoio.

      Terá que ter sincronização entre os laterais, só subindo um por vez e dos volantes caso ele resolva jogar com 2 rotativos, o que eu faria alguns jogos específicos, mas nem sempre.

      A questão é se o entregador de camisa é capaz disso.

      • Clelton Santos

        A fama de bom marcador do MA é fantasiosa. Ele se coloca mal, raramente antecipa, faz alguns desarmes geralmente nos lados do campo. O número de desarmes do MA é um dos menores na competição. Veja as estatísticas.

        • Ltom Macêdo

          Tambem acho. Mas ele faz a recomposicao rapida como o Ednei falou.

          Isso é muito pouco pra um titular. Pode ate ser util em alguns jogos. Contra os flores por exemplo.

          • Clelton Santos

            Faz nada. Sempre mal colocado. Lá na frente. sabe-se lá o porquê. Não tem técnica para passar do meio-campo.

      • Ednei P. de Melo

        Até que enfim, alguém entendeu o meu ponto de vista!!!

        Não é que eu supervalorize a velocidade do cara. É que para a função de volante, esta é uma qualidade rara e por isso, defendo a permanência dele no elenco (o que não quer dizer que deva ser o titular). A idéia de fazer isso em alguns jogos é ótima, mas para isso, deveríamos firmar de vez o 4-2-3-1 (e aí sim, você poderá até abrir mão do M. Araújo como um dos volantes), já que com 2 volantes fixos a questão da velocidade de recomposição não será tão necessária. Mas como o W. Arão é titular (e ele não é tão “fixo” assim), acaba se tornando fundamental a escalação do M. Araújo como titular!

        No geral, parabéns pela análise! &;-D

    • Clelton Santos

      E ser eliminado do resto vergonhosamente. Inclusive da libertadores neste ano. Defender o MA é um absurdo completo. Jogador que abusa do passe pra trás, se esconde do jogo e ainda tem a cara de pau ficar sinalizando passes para os companheiros que não tem coragem de dar. E ainda se posicione mal na marcação. Só corre pra trás e nem no desarme é eficaz. E prejudica o meio campo. O Diego tem recuar para melhorar a qualidade do passe e ocorre espaçamento entre as linhas. Ocorre justamente o oposto que esse rapaz fala. O time não consegue criar nada. Se o Cuellar ficar e o Ma for responsável pela transição no meio-campo estamos ferrados. Não sabe se infiltrar Não tem confiança para sair pro jogo. Tecnicamente, é horroroso. O cara fala como se estivéssemos jogando bem. Ele defende o MA e o ZR independente do que ocorra em campo. Parece político. Que detesta a corrupção mas só dos políticos e partidos que não gostam. Há tempos, adquiriu o vírus do miltontos que contamina alguns do site.
      Ainda bem que existem pessoas vacinadas aqui.

    • Clelton Santos

      Porém foi eliminado do resto das competições precocemente e vergonhosamente. O mesmo ocorreu na Libertadores de 2017.
      Com MA no time, o nosso meia Diego tem que recuar para fazer a saída de bola e fica muito distante da última linha. Fica um espaço enorme entre as linhas. Depender do MA para se infiltrar é querer deixar o adversário com vantagem desde o início.

  • Felipe

    Um time que pretendi ser o melhor do Brasil e das Américas não pode ter jogadores como M. Araújo, R. Vaz e Gabriel como titulares, testar uma formação com o Cuellar e Arão/Rômulo ou Ronaldo com certeza deixaria a defesa mais fraca, porém se bem treinado fará com o que o nosso ataque fique extramente forte e o adversário terá que segurar mais jogadores na defesa e com isso perderão força no ataque, assim como foi o time da Ponte Preta, imagina se ao invés do M. Araújo tivesse outro jogador com eficiência na saída? Diego não precisaria voltar tanto para começar as jogadas e os pontas sempre teriam bons passes nos ataques e contra a ataques, os adversários ficariam loucos. Prefiro tomar gols agora com expectativa de melhora mais à frente do que ter esse time que não cria nenhuma jogada, ficando previsível aos lançamentos e cruzamentos. Reparem que o time cruzou menos do que antes.

  • Bart

    É melhor termos calma e bom senso com essas mudanças e não ficarmos enduesando jogador. Muitos aqui do Coluna já fizeram isso com Romulo, Donatti, Mancuello e até mesmo com Cuellar e se deram muito mal, pois estes aí tiveram várias oportunidades para mostrar um bom futebol e não conseguiram. Quero muito ver Cuellar e Romulo e torço para que arrebentem, façam a diferença e sejam de suma importancia para o grupo. Não podemos aplaudir uma peça sem antes ela terminar. Devagar e sempre.

    • Flavio

      Graças textos como o seu que Vaz, Márcio araujo e Gabriel se eternizam no time. Sem ofender, na boa.Sabe o que eu acho.
      Conhece a história da roupa invisível do rei? O zé Ricardo teima tanto com certos nomes, que chega uma hora que “voce” começa a ver virtudes onde não tem, só pra não ser chamado de diferente. Aí começa a elogiar marcio araujo por exemplo, dizendo que ele faz coisas que não faz, so pra justificar a sua opinião. Tipo:
      Ele rouba muitas bola. Nunca roubou.
      Ele protege a zaga. O time toma gol, jogo sim, jogo não.
      Ele é veloz e rápido na recuperação. Claro, tá sempre mal posicionado, tem que correr mesmo.
      Ele é lenta primeiro volante, o cuellar não. O próprio cuellar já disse que é primeiro volante.
      Aí você diz que o cuellar é bom, ele entra, vai mal. Aí nego cai matando. Tá vendo, o Márcio Araújo é mais seguro e bla bla bla.
      Acho que nenhum de nós entende mais de tática e esquema que o zé Ricardo, mas nao precida ser técnico pr ver quando a conviccao vira teimosia.

  • Flavio

    Segundo o Footstats, o colombiano realizou 10 roubadas de bola em 238 minutos jogados nesse Brasileiro, enquanto Márcio realizou 9 em 614 minutos!
    O texto podia terminar aí