Página inicial Colunas Coluna do Torcedor: ‘Zé, nos ajude a te ajudar’

Coluna do Torcedor: ‘Zé, nos ajude a te ajudar’

1396
25
COMPARTILHAR

Saudações Rubro-Negras, antes de irmos direto ao assunto da coluna, quero dizer que, ao contrário do que muitos pensam, eu creio que podemos sim comemorar contratações, comemorar o vitalidade financeira do time e o bom planejamento, porém, acima disso, estão os títulos e a glória histórica que o Manto Sagrado carrega.

Vendo o panorama atual, é impossível se manter inerte em relação ao técnico Zé Ricardo, que por horas parece ser o treinador ideal, com ideias renovadas, controle do elenco e, consequentemente, um grande ponto a favor para uma equipe que almeja voos altos, mas, na prática, isso tem sido diferente.

Primeiro, vamos a alguns números: Em 2017, o técnico esteve à frente do Fla em 33 partidas, saindo como vencedor em 19, empatando 10 e sendo derrotado em apenas 4 oportunidades. Analisando friamente, seria uma grande injustiça criticar um comandante com quase 70% de aproveitamento, certo? Nem tanto…

Algo que vale se ressaltar é o peso das partidas que o Flamengo perdeu, se tirarmos a derrota para o Sport – na última quarta (07) – todas as derrotas foram na Libertadores, competição tão almejada pela Nação, que acabamos eliminados ainda na primeira fase.

Além disso, uma característica de Zé que costuma me tirar do sério é a insistência nas suas peças de confiança. É o técnico que mais demora a tirar um jogador que não vem dando resultados, vide a insistência em seus medalhões, como o mito Araújo, o craque Rafael Vaz – que finalmente foi sacado -, o Gabriel (que cumpre função), além da preferência por Leandro Damião a Felipe Vizeu, jogador que ganhou os prêmios de ‘Melhor da Competição’ e Artilheiro da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2016. Será que o garoto, de fato, está abaixo do – pouco efetivo – Damião?

Além disso, há algo que vale se ressaltar quanto à entrada dos jovens, sobretudo, Vinícius Junior e Felipe Vizeu. Que fique claro que isso AINDA não é um pedido do garoto de R$ 164 milhões como titular, nem do artilheiro da Copinha, mas não há como compreender uma lógica do treinador, em que não se pode escalar um ‘menino’ no início de uma partida, pelo risco de queimá-lo, mas este pode entrar em partidas complicadas, clássicos ou jogos que o placar já não é favorável.

Eu teimei antes de ser um dos que apoia a saída de Zé, afinal, em meio a tantos medalhões que não deram certo, por que não dar opção a um técnico da casa, que conhece o Flamengo e suas categorias de base?! Hoje, a conclusão que chego é que, caso o comandante não saia dessa irritante passividade, a única solução é sua saída, pois não podemos aceitar que um elenco com jogadores de tanta qualidade – como Diego, Guerrero, Conca e muitos outros – passe por vexames tão grandes e não demonstre qualidade suficiente para superar adversário com clara inferioridade técnica, quanto às peças disponíveis.

Zé, nos ajude a te ajudar, deixe suas convicções um pouco de lado e dê ouvidos a esta Nação que anseia pelo sucesso! É óbvio que jamais estarão todos contentes, mas com títulos se conquista a breve minoria que continuaria se opondo a um time vencedor.

“Se busca resultados distintos, não faça sempre o mesmo” – Albert Eistein

Concordam? Discordam? Façam dos comentários um campo de ideias, afinal, convicções e verdades absolutas não nos fazem evoluir.

SRN, Higor Neves.

 ___________________________________________________

Quer ver sua coluna publicada aqui no site? Envie para o e-mail redacao@colunadoflamengo.com 

Comente pelo Facebook

  • Ricardo Eduardo Neto

    Ótimo texto! Seguro e preciso.

    • davi gamer gabriel

      Concordo com vc

  • wanderpc82

    Faltou o Arão aí nesses medalhões citados.

    Arão é um dos que tem que pegar banco, e urgentemente.

  • Antonio Carlos Mesquita Mesqui

    Até quando vamos assistir um time que deveria esta brigando pela liderança afundando rumo à lanterna do campeonato

  • Kaduarte Azevedo

    Perfeito.

  • Marlos Leite

    Não entendo, a diretoria do fla contrata muitos jogadores para o setor ofensivo e o treinador insiste em montar um time extremamente defensivo.

  • lucasrf8

    Esse entregador de coletes nunca chutou uma bola para ter tanto respaldo com a diretoria. Boa parte da torcida já não o aguenta mais e vai continuar assim.
    Ele pode não cair hoje, mas na próxima derrota que ele tiver, a pressão será maior ou igual. A demissão dele vai acontecer na próxima derrota!

    • claudio souza

      Pois e vai sair no domingo, pois já vejo o flamengo perdendo, estou cansado deste zé!

  • PlayerLEL “tHe ZiK’A dO bAgUi”

    “Zé, nos ajude a te ajudar, deixe suas convicções um pouco de lado e dê ouvidos a esta Nação que anseia pelo sucesso!”

  • Gabriel Almeida

    Não sou a favor da saida do tecnico, mas esta na hora de mudar um pouco o jogo, estamos muito abaixo do que o time pode render, zé Ricardo a nação não quer o seu insucesso e sim o sucesso do Mengão, tira esses ineptos da bola e coloca a galera que joga de verdade. torcemos para que vc triunfe com o mengão, mas se não for com vc que o flamengo encontre outro comandante que nos leve aos titulos.

    • Jonathas Brandão

      com certeza você não é flamenguista , pois este projeto de treinador é quem vai ajudar o flamengo a ser eliminado na copa do Brasil e colocará o flamengo para brigar pelo rebaixamento , pois o time é reflexo do treinador e este retranqueiro , não tem esquema tático ,ou tão pouco sabe escalar e relacionar jogadores . Vou refrescar sua memória e dos demais aqui , flamengo e botafogo ano passado 3 x 0 e em apenas quinze minutos o botafogo conseguiu empatar por este zé bosta recuar o time , assim tambem aconteceu com o fluminense , bem como erros grotesco . Neste jogo em especial contra o Sport ele tira Diego e Ederson , colocando jogadores atacantes , agora me responda quem iria ser o armador deste time ? então acredito que nem você e tão pouco os outros defensores do Zé bosta são flamenguistas , pois assim pensando querem ver o flamengo caindo na tabela da serie “A” , bem como ser eliminado da copa do Brasil.
      FORA ZÉ BOSTA
      FORA ZÉ BOSTA
      FORA ZÉ BOSTA

    • Carlos Jasperon

      Por que tanta dificuldade? Tem muitos jogos? Mas os outros times também. Viaja muito? Mas os outros também viajam. Não tem tempo para treinar? Mas os outros também não. Tudo isso não se justifica, pois o Flamengo teve uma pré-temporada completa no Ninho do Urubu, teve 15 dias sem jogos durante as finais da Taça Rio, a qual ficou de fora, teve uma semana inteira antes do jogo com o Bostafogo. Times que estão na frente do Fla na classificação tem dificuldades bem maiores e nem por isso jogam sem àquele afinco, tipo a Chape que para jogar fora de casa tem uma logística terrível, pois o aeroporto da cidade não funciona com mau tempo, tem que fazer uma longa viagem de ônibus até Porto Alegre e partir para o local de destino. O Flamengo não tem nenhuma evolução desde janeiro, não tem nenhuma jogada ensaiada, é um bando que entra em campo e alça bolas na área adversária para ver no que dá.

  • davi gamer gabriel

    Tá na hora do time jogar com raça, não adianta ficar tocando a bola,pra lá e pra cá,achando que vai fazer o gol na hora que quiser…ta na hora de parar com essa mania de colocar so culpa no técnico …. esses jogadores ganham muito pra nem sujar o uniforme…cadê aquela vibração ??? Cadê aquela vontade ??? Cadê a raça ???? É isso que está faltando….Mais só quem pode fazer isso é quem entra em campo …

    • PlayerLEL “tHe ZiK’A dO bAgUi”

      tbm passa pelo técnico
      como tu acha que o jogador entraria em campo sabendo que poderia perder posição?

  • Jhon silva

    Os 3 vermes do time Muralha, MA, Arão e não é de hj, e o nosso tecnico de braço cruzados sempre escalando eles ai fica dificil unico que dpois de tanto a torcida pedir saiu foi o Vaz mas saiu trd, Ederson ainda não esta pronto pra titular, sera que não tem outro… Ta dificil mas dificil msm viu…

  • Elias

    Espero está errado e o Zé Ricardo tire um coelho da cartola já no domingo. Contudo, não consigo acreditar. A questão não epenas mudar as peças, é mudar a atitude do time e tentar fazer coisas bastante diferente.
    Domingo veremos se os jogadores estão realmente fechado com Zé Ricardo, se vão correr por ele como fizeram à um ano atras quando ele assumiu.

  • João Silvester

    Thiago

    Rodinei – Réver – Léo Duarte/Juan – Renê

    Ronaldo – Cuellar

    Ederson – Diego – Everton

    Vizeu

  • BVZ Top

    Não lembro o autor do pensamento, talvez alguém aqui lembre, mas técnico bom não é o quê só sabe encaixar determinados tipos de jogadores, é o que encaixa um esquema para os melhores jogadores.

    O quê me revolta é que ele mesmo falava que ia continua no 4-3-3 com 2 alas só ano passado, porque não teria tempo de treinar outro esquema tático, mas esse ano teria. ELE CHEGOU A AFIRMAR ISSO. Passa mais de 1 ano e continuar O MESMO time, com 2 alas. Ele varia o esquema tático do nada parece que só pra confundir, tomar banho na soda, ele não varia o esquema pra achar um ideal…ele simplesmente INVENTA MODA em alguns jogos e sempre volta pro 4-3-3, a zona de conforto dele.

    É por maldade? Não, é por ÓBVIA limitação de experiência. Ele nunca liderou um time profissional antes e já pega diretamente a bucha que é o Flamengo, com toda a nossa cornetada (e merecida, já que somos a maior torcida do Mundo e merecemos alto nível).

    • Ruan Pedro

      BVZ,

      As escalações de início de jogo, ultimamente, não estão baseadas única e exclusivamente em um 433, não se engane. Sem o Diego, jogamos 90% dos jogos em um 4141. Quando Cuellar jogou foi assim, quando Rômulo jogou na libertadores foi assim, o último jogo horroroso quando o Sport também. Não é por que o Ederson tá na posição que o Gabriel ocupava que ele desempenha a mesma função. O Arão não está tão recuado pela direita quanto ano passado, exigiram dele, com a saída do Diego, um papel ofensivo que ele não tem.

      Arão não sabe se movimentar entre as linhas lateralmente. Ele tem infiltração. Vertical! E só. Essencialmente, ele é volante, e não meia.

      E mesmo em um 4141, varia-se bastante. Por exemplo: VJr entrou na arena da baixada e o Flamengo estava em um 4141. A entrada dele mudou, passamos a jogar em um 433. Quando o Paquetá entrou, ele passou a jogar adiantado flutuando atrás do Guerrero, sem obrigações ofensivas pelo lado esquerdo.

  • Almir Ribeiro

    Ele só vai mudar por conta do climão, pois se tivesse ganhado não mudaria. Eu não acredito muito nisso…ele já tinha acenado com isso quando tirou o pereba e rapidinho já voltou tudo de novo…ele pode ter potencial, mas a verdade é que lhe falta autocrítica, humildade em ver o óbvio e mudar, teima e convicção são coisa muito diferentes. Domingo vamos ver se as mudanças vão acontecer de fato e dependendo do resultado podemos estar falando na segunda de um novo treinador. Zé acha que Dirigente garante alguma coisa? Resultado sim garante. Já tem um ano de trabalho, agora a cobrança será forte sim. Passou a fase de “estágio”. Quero o melhor para o CRF, não me preocupo com A, B, C…o que me importa é o Flamengo. SRN.

  • Luis Henrique O Mattos

    O Goleiro está comprometendo.
    A dupla de volantes tb.
    Os pontas me parecem afobados, com pressa. Isso faz com que as linhas fiquem afastadas.
    Pelo pouco que entendo de futebol, o time deve ser compacto. Como um grupamento de choque, Atacar e defender juntos.
    Aquela paciência de trab a bola e posse de bola não existe mais.
    Vejo um time e tec. abalados com as críticas.
    Cadê o DM pra cuidar disso.

  • Breno Oliveira

    Belo texto, eu vou tentar apoiar o Zé Ricardo no Flamengo, pq depois do jogo de ontem com certeza ele reviu seus conceitos, e também pq vai ser muito difícil ele sair do comando do Flamengo, então eu tenho que apoiar, afinal, eu quero que meu time seja campeão! SRN

  • Carlos Jasperon

    O Flamengo precisa de um treinador OLX, ou seja, que desapegue de certos jogadores como Muralha, Pará, Réver, Vaz, Márcio Araújo, Willian Arão, Gabriel, Everton, Damião, etc., senão não vai chegar a lugar nenhum.

  • Luis Henrique O Mattos

    O cuidado que a diretoria tem com os jogadores da base tb deveria ter com o treinador. Ze deve continuar na comissão tec permanente do Mengão. Vai continuar seu processo de aprendizado e ainda vai dar muita alegria pra nação. Mas hj deve sair da linha de frente pra não se queimar mais.

    • Marcus roberto rodrigues perei

      Também penso da mesma forma. Não precisa mandar o cara embora. Apenas deixe ele numa outra função para ir ganhando experiência.