Home Destaque André Rocha: “A falácia de que Diego é o meia criativo do...

André Rocha: “A falácia de que Diego é o meia criativo do Flamengo”

5126
125
SHARE

Diego Ribas chegou ao Flamengo em julho do ano passado. Recebido com festa no aeroporto, alcançou rapidamente a condição de ídolo com gol na estreia contra o Grêmio, mais cinco bolas nas redes adversárias, três passes para gols e participação importante na campanha que levou o time ao terceiro lugar, disputando o topo da tabela em bola parte do Brasileiro.

Com a camisa dez na Libertadores, foi fundamental nas duas vitórias em casa, contra San Lorenzo e Atlético-PR, e fez muita falta no fatídico jogo da eliminação no Nuevo Gasometro. Quando se lesionou era considerado o melhor jogador do torneio continental. No seu retorno de lesão, continua contribuindo com liderança positiva e técnica nas conclusões e nas bolas paradas em uma equipe que peca pela pouca contundência.

Desde que surgiu no Santos, Diego é um meia habilidoso e bom finalizador. Já foi criativo também, mas agora dentro de um cenário de jogo mais intenso, com pressão constante sobre quem tem a bola, linhas compactas e marcação por zona na maior parte do tempo, vem enfrentando problemas.

Porque tem o hábito de dominar, girar, dar mais um toque e só depois tomar a decisão do que fazer com a bola. Normalmente gasta segundos preciosos para a fluência do jogo. Por isso perdeu espaço na Europa e acabou retornando. Mas mesmo por aqui, com a evolução tática gradual, especialmente no trabalho sem a bola, ele sofre na construção de jogadas.

Compensa com experiência, muita preparação física e mental, entrega absoluta e inteligência para procurar os flancos e fugir do bloqueio mais forte. Ainda assim, são raros os passes de primeira. Mais ainda as bolas que os portugueses costumam chamar de ”passes de morte”. Ou seja, aqueles que furam as linhas de marcação e encontram os companheiros nas melhores condições para finalizar.

Como Scarpa achou Wendel no gol que abriu o placar do Fla-Flu e na enfiada para Richarlison infiltrar e sofrer pênalti de Juan nos 2 a 2 no Maracanã. Diego foi às redes em um gol de ”abafa”, com Everton impedido na origem do lance. Nos acréscimos, Trauco empatou em chute forte que contou com uma irregularidade no gramado para sair do alcance do goleiro Julio César.

Dentro das propostas de jogo, o Fluminense foi superior. Porque joga mais fácil e o Fla faz muita força para atacar. Normalmente a bola gira, roda de um lado para o outro até encontrar espaço num flanco para fazer o cruzamento. Um estilo monocórdico.

As tabelas e infiltrações que marcaram a equipe rubro-negra comandada por Zé Ricardo nos seus melhores momentos desapareceram com a queda de produção do meio-campista que tem o passe mais vertical: Willian Arão. Confirmado pelo próprio treinador. Tite convoca Diego para a seleção, porém admite que ele tem características diferentes das de Lucas Lima, seu concorrente, agora junto com Rodriguinho, por uma vaga no meio-campo.

O Santos empatou sem gols com a Ponte Preta no Pacaembu no sábado. Mas criou oportunidades mais cristalinas que o Flamengo na vitória sobre o mesmo adversário na estreia da Arena da Ilha no meio da semana. Porque Lucas Lima acertou passes verticais que Bruno Henrique, Kayke e Copete não aproveitaram. Já o Fla viveu de bolas alçadas e marcou seus gols em cruzamentos de Diego e Vinicius Júnior para Rever e Leandro Damião.

É pouco. O repertório empobreceu. Por isso a busca desde o ano passado de um meia que parta da ponta e auxilie na articulação. Alan Patrick e Mancuello não funcionaram, o clube trouxe Conca, uma incógnita no aspecto físico, e agora espera ter encontrado a solução em Everton Ribeiro. Este, sim, um meia da linhagem de Jadson, Scarpa, Lucas Lima. Do toque surpreendente.

É inegável o valor de Diego, que deve seguir no time que pena tanto para fazer gols. Mas parte da responsabilidade do Fla só ficar atrás do Atlético-MG como o time que mais cruza na competição – média de quase 28 por partida, cinco de Diego – é de seu meia mais valioso. Mesmo com a atenuante do período de inatividade e estar disputando apenas a sua quarta partida desde o início após o seu retorno, e reconhecendo que ele fica sobrecarregado pela indigência de ideias de seus companheiros no setor.

A questão central é que o problema não é recente. Como Diego consegue ser decisivo de outras formas acaba passando despercebido e alimenta a falácia de que é um meia criativo. Mas Zé Ricardo espera o melhor condicionamento de Conca e a estreia de Everton Ribeiro para tornar o Flamengo menos previsível e mais eficiente no restante da temporada.

(Estatísticas: Footstats)

Fonte: Blog do André Rocha/Uol

Comentarios

comentário

  • Léo Faria

    Perfeito.

  • Paulo Leandro

    Monte de asneira digitada…O problema não é o Diego,ou Guerrero,ou até mesmo o Márcio Araújo.O problema é o treineiro,ele tira as características dos atletas devido a esse esquema engessado.Não tem variação alguma,parece que só treina cruzamento e olhe lá.Nas escalações não há meritocracia,joga quem tem simpatia por ele.Me pergunto o pq do Guerrero se destacar tanto com a SELEÇÃO e no Flamengo não ser com a mesma proporção,a culpa é do cara?Óbvio que não,até o rendimento do Arão caiu esse ano,devido ao peso morto Araújo,enfim…São muitas analogias nesse cenário,mas o mais preocupante é que enquanto esse cara está sendo mantido,quem mais está perdendo é a instituição,pois brasileiro de pontos corridos não é campeonato para perder tantos pontos.Quinta feira ele ganha e receberá mais “oxigenio” por parte da diretoria.Muito complicado isso…

    • Ana Paula Ferreira dos Santos

      Concordo em número, gênero e grau…

  • Thiago Gonçalves

    Diego NUNCA foi um meia criativo mesmo.
    Ele é um meia mais organizador, distribui o jogo, tem intensidade e finaliza bem. Mas não é um meia armador, aquele que da passes para gol e acha espaços.
    Com a chegada do Everton Ribeiro, Conca e Geuvanio, teremos jogadores que contribuem mais na criação. Vinicius JR também tem muita visao de jogo e ótimo passe, vai nos ajudar bastante, mas tem que jogar na ponta esquerda!!!

    • Almir Ribeiro

      É por ai. Diego está sobrecarregado pelo falta do meia armador que se aproxime dele. Everton Ribeiro é muito inteligente e rápido e vai dar esse suporte, claro desde que o Zé não invente colocando ele de ponta direita…

    • Neilton Lima

      “Diego NUNCA foi um meia criativo mesmo.”
      EU NÃO LI ISSO

      • Ruan Pedro

        O que ele quis dizer, pelo que entendi, é que ele nunca foi um meia clássico, daqueles que o pessoal fica sonhando que ainda existe, que não precisa marcar e ter velocidade, mas que é extremamente criativo, deixa jogador pifado.

        Isso não se cria mais, não no futebol de hoje. Pro Douglas jogar no Grêmio (e jogar bem, diga-se de passagem), um sistema foi criado para que ele pudesse, sem a bola, só fechar os espaços do primeiro volante adversário, fazer um falso 9 sem a bola.

        O Diego é criativo, só não é utópico. Ele é carregador de bola, se apresenta muito na área, é mais participativo. Muito mais!

        Pessoal deve gostar dos Gansos da vida, não é possível.

        Diego é a versão aprimorada pra camisa 10 de qualquer time. É o craque do time, e todos que forem entrando vão ter que se adequar ao estilo de jogo dele. Por enquanto, é isso. A menos que a bactéria disseminada pelo Araujo que contaminou o Arão pegue-o. Vamos rezar.

        • Thiago Gonçalves

          Exatamente isso.
          O Conca é um meia armador, naquele time do fluminense que tinha Conca e Thiago Neves, conca armava e Thiago Neves encostava mais no ataque.
          Diego é mais parecido com o Thiago Neves!

  • João Paulo

    Nem sempre quando a maioria afirma algo significa que ela esteja certo, mas pelos comentários do texto diria que a maioria concorda que você falou merda sem medo de ser julgado. Obviamente ter mais de uma opção criativa no time desestabiliza qualquer esquema defensivo, e aumenta as possibilidades de ocorrer lances decisivo. Ter apenas um jogador referência facilita a marcação adversária que ao neutralizar tal jogador com uma marcação especial para ele geralmente consegue matar a maioria das jogadas de ataque, e isso vem ocorrendo naturalmente nas partidas do flamengo pela inabilidade tática de nosso querido Zé Ricardo.

  • Almir Ribeiro

    Que isso cara. Que viajem em. Diego vem recuperando a forma. E você diz que ele é lento nas decisões, de fato Diego é um meia clássico, que tem que ser mais rápido nas decisões, concordo. Um cara que pensa o jogo, inteligente e muito técnico sempre terá espaço. O problema a meu ver é a flata de uma aproximação, (o famoso meia de criação), que ajude o Diego, e no jogo contra o Flu o vi na criação, flutuando pelos lados. O Zé tem uma ideia de jogo, laterais abertos pelos lados, bom isso faz com que o ponta vá à linha de fundo e cruze com mais frequência (lembrando um pouco o velho estilo). Realmente as jogadas de profundidade (tabelas e toque de bola) sumiram, o passe vertical que Diego faz sim, mas não vejo muito apareceu, mas não com Diego. Berrío recebeu duas dessas e foi a cara do gol.
    A meu ver a transição está lenta: Diego está sobrecarregado. Com a saída de MA Cuellar voltando a forma, e Everton Ribeiro entrando, a coisa muda e Diego pode jogar mais a frente se juntando com Everton R. e Arão vindo detrás dando suporte: parecido com Jadson e R.Augusto com Elias vindo na aproximação no Corinthians de Tite. Se encaixar o esquema o Fla decola. O Zé tem obrigação de fazer o time render. Não tem desculpa. Ele mesmo já admite que tem que melhorar. E Diego é fundamental para o time.

    • Carlos Campos

      Concordo contigo…
      Porém ontem uma coisa ficou muito clara.
      O Conca de cada 3 bolas que recebeu, pelo menos uma, buscou o toque de primeira e vertical buscando uma jogada incisiva entre os marcadores.
      Tenho sentido falta disso no Diego…
      À muito tempo só lembro de jogadas estilo de cada 10 bolas que recebe, apenas uma vertical, a maioria para trás e para o lado, infelizmente pensei será que está pegando o “cacoete” do Baidu…???
      A ENORME diferença das Flores ontem para nosso time, foi que os caras pegavam a bola e partiam “a mil” pro nosso campo e só olhavam pra frente…
      Já do nosso lado, engatavam uma terceira marcha davam 5 passos e já olhavam para o lado ou paravam e tocavam para trás…
      Quase o Guerrero não era acionado por baixo e com uma bola quase sempre pelo alto e quadrada…
      Até o Trauco, com exceção do lance do gol, onde foi muito feliz e acertou uma tabelinha com o monte artilheiro, foi abaixo de sua média de apresentação errando grosseiramente a maior parte dos cruzamentos.
      Não podemos viver de chuveirinhos, precisamos de mais compactação e velocidade produtiva para criarmos chances tanto por baixo como pelo alto.
      Grande abraço.

  • Ruan Pedro

    Que tal deixarmos de lado essa pseudo matéria maluca, e falarmos sobre a grande fase que o Gabriel vem vivendo esses últimos jogos?

    Que jogador, senhores! Que continue assim.

    • Carlos Campos

      Pois é Ruan…
      Descobrimos a real condição do Gabriel…
      Exímio marcador !!!
      Está fazendo um excelente trabalho marcando o Alam… jogando coladinho nele…
      Não conhece ???
      É o Alam… vulgo ALAMBRADO !!!!
      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Grande abraço !!!

    • Junior Vinicius

      Kkkkkkkkkkk ele tá bem demais! Melhor fase da carreira

    • Lucas

      pseudo matéria ahahah a vdd dói.

      • Ruan Pedro

        Qual verdade? A do autor?

        Eu chamo de opinião, mas pode chamar do que você quiser.

        Chama de “Márcio Araújo”: não tem qualidade nenhuma.

        • Lucas

          Chamar de pseudo matéria é opinião? tá certo.

          • Ruan Pedro

            O que é verdade pra você?

          • Lucas

            Releia o texto, mas destaco essa parte…

            Porque tem o hábito de dominar, girar, dar mais um toque e só depois tomar a decisão do que fazer com a bola. Normalmente gasta segundos preciosos para a fluência do jogo. Por isso perdeu espaço na Europa e acabou retornando. Mas mesmo por aqui, com a evolução tática gradual, especialmente no trabalho sem a bola, ele sofre na construção de jogadas.

          • Ruan Pedro

            Que ele não é um meia clássico, não é opinião, é constatação. Sempre foi tradicionalmente carregador de bola.

            Agora que ele não é criativo (como diz o título da matéria, se você não percebeu, dá uma conferida), tá longe de ser verdade. Se você assim a considera, tranquilo. É a sua opinião, seja feliz com ela.

          • Lucas

            Acho q falta interpretação aí…
            Ele diz q n é o meia criativo por n possuir essa característica de dar o passe mais agudo, ele tem dificuldade… n q ele n tem criatividade em momento algum… inclusive acho q ele deveria jogar mais recuado como segundo ou terceiro homem de meio campo.

          • Ruan Pedro

            Sim, você é um cara de muitas opiniões, admiro isso, parabéns.

            Abraço meu garoto!

          • Lucas

            Respeito à opinião é sempre importante. SRN

          • Elvis Presley

            Pois, é.

          • Elvis Presley

            Já reparei que qdo alguém discorda de vc com argumentos , vc ironiza e manda um ‘abraço’ , tipo colocando ponto final no assunto, com ar debochado e superior. Ou então desconversa e tira o foco.
            Qual é a sua? Vc tá sempre certo?
            Acho que o texto está super embasado e vc tentou reduzi-lo a uma opinião, jogando para o lugar comum da piada pronta.

          • Ruan Pedro

            kkkkkkkkk Fala Elvis! Qual é a minha? Não sei responder essa pergunta. Agora, sempre certo não. Eu sou o cara que pedia Alan Patrick no time, lembra? Como que eu posso estar sempre certo? kkkkkkkk

            Eu não vi muitos argumentos no primeiro comentário dele. Quando a abordagem é na sacanagem (pra mim, foi esse o intuito do meninão), eu também levo na zoeira kkkk Mas, como você acompanha os debates, quando eu entendo que é na boa, bato um papo maneiro, sem “desconversar” e “tirar o foco”.

            Ar debochado e superior é impressão sua, mas eu gosto de tirar uma onda saudável kkkkkk. Sem mimimi, podem me gastar também, tem problema não! Web-bullying não cola.

            “Abraço” (não é pra por ponto final kkkkk)

          • Elvis Presley

            Concordo inteiramente.

    • Elvis Presley

      Achei muito pertinente a matéria .
      Parece que vc não entendeu.

      Ele não disse que o Diego é ruim, apenas demonstrou que ele não corresponde ao meia que fura as linhas de marcação com passes verticais prprecisos (como Scarpa, Conca, Alex), já que Diego tem por característica conduzir excessivamente a bola. E demonstrou com fatos.

      Por isso acho até que ele pode jogar um pouco mais recuado como segundo homem caso o Conca venha se afirmar, primeiro pela facilidade de puxar o contrataque, e segundo por ter pulmão para recompor e marcar no meio campo.

      Cuellar rouba a bola e passa pro Diego, que terá Éverton Ribeiro, Geuvânio e Conca para fazer a transição. E aí Guerreiro vai cansar de receber bolas em condições de finalizar a gol.

      • Ruan Pedro

        Boa! Entendi a matéria sim.

        Como eu disse, todos sabemos que Diego não é um meia clássico. “A falácia que Diego é o meia criativo no Flamengo”. Começa pelo título, que pra mim, minha opinião, particular e reduzida a mim kkkk, é a verdadeira falácia. Não precisa ser clássico estilo Ganso pra ser criativo.

        Respeito sua opinião quanto a encaixá-lo de segundo homem, mas não partilho da mesma. Prefiro ele trabalhando bem próximo ao gol, entrando e saindo da área, e não só fazendo infiltrações, como seria sendo segundo volante. Fez inúmeros gols assim, com o amadurecimento e protagonismo dele no Flamengo, aumentou seus números de gols, e importantes (contra CAM no mineirão ano passado, Santos no Maracanã, CAP no jogo em que se machucou). Por vezes, faz um segundo atacante flutuando atrás do Guerrero, é muito inteligente.

        Mas, são só opiniões e preferencias. Gostaria de ver um jogo conforme descrito por você.

  • Francis Souza

    O Zé já sabendo disso colocou o MA mais adiantado tentando armar o jogo no primeiro tempo…. e ainda teve a capacidade de falar na entrevista depois do jogo que tava funcionando… Eu já desisti de tentar entender o que acontece no Flamengo, colocar o MA lá de 1º volante pra mim já era um absurdo, agora nessa nova função é surreal

    • Carlos Campos

      Concordo…

  • Johny_Fla

    Engraçado que ele não fala sobre como o time joga distante, como muitas vezes os jogadores esperam a bola no pé ao invés de dar opção, tornando raro tabelas e mesmo a possibilidade de passes de primeira, ou sobre como nossos pontas (ainda aguardando a estreia das contratações) não agridem, ainda que recebam a bola em boas condições preferem voltar ou buscar o cruzamento ao invés de partir pra cima, infiltrar e concluir. São jogadores com medo de decidir. Falei ontem e repito, os passes do Scarpa para Wendel e Richarlisson só existiram primeiro por falhas defensivas do Flamengo, que concedeu muito espaço tanto para o Scarpa quanto para os jogadores do Fluminense que se projetam para receber, segundo pela diferença na postura desses jogadores, que dão opção, partem pra cima. O Flamengo costuma jogar contra adversários fechados, que não costumam dar o mole que nossa defesa deu e tem poucos jogadores que infiltram, partem para definir. Qualquer meia nesse time penaria. Principalmente porque perdemos aquilo que era a principal marca dessa equipe, que era a organização. O Flamengo regrediu, como disse o Mauro, e não vai ser um jogador que vai resolver isso.

    • rubro-negro

      Acharam uma nova forma de justificar a desorganização do time e eximir o Zé responsabilidade. Não vai sobrar jogador no Flamengo assim.

    • J M

      Mas nem quando o time tava arrumadinho e jogando bem o diego dava esses passes mais verticais, o segundo gol do fluminense pode ate ter tido falha na defesa, mas a enfiada do scarpa é muita boa e ele faz isso com frequencia, coisa que a gente não vê o diego fazer, ele nem sequer tenta esses passes, falta isso ao diego, essa bola que rasga defesa. Um armador tem fazer isso.

      • Ruan Pedro

        Com a frequência que o Scarpa faz, eu não diria.

        Mas se ele tiver opções de passe, fará com certeza, qualidade pra isso ele tem.

        Na boa fase do Pará, ali pelo lado do direito, ele já tabelava, dava um trabalho danado. Veja bem, “boa fase do Pará”.

        Imagina com Everton Ribeiro jogando o que sabe? Vinícius Junior voando pelo lado do campo?

        O problema do Flamengo é linha de passe, movimentação, preceitos básicos de futebol.

        • J M

          Mas ai que ta cara as tabelas, esses passes mais curtos que dão dinamica ele faz muito bem, Diego sempre foi muito participativo. O que eu acho que falta a ele é o passe mais incisivo, que desmonta defesa.

          Lembra de um flamengo e coritiba no ano passado que o fla ganhou de 2×0? No primeiro gol a bola sobra pro mancuello no meio de campo e ele da um passe lindo, de primeira no meio da defesa pro guerrero fazer o gol, o famoso passe que rasga defesa e que quase não vejo o diego dar, e ele tem sim qualidade pra isso e é por isso que eu reclamo.

          E nem precisa ser um 10 classico.

          Enfim não é desmerecer o diego, sou fã dele, mas acho que poderia melhorar nesse quesito.

      • Johny_Fla

        Mesmo quando o time se mostrava mais organizado já apresentava esse problema de não se desmarcar e de ter pontas que não fazem ultrapassagem, não encaram. Pode reparar como o Mancuello também tem dificuldade de encontrar espaços para passes que “rasgam” a defesa. Aliás, todos os meias do Flamengo tem essa dificuldade, pela mesma razão.

      • Smith

        o que o Scarpa fez, qualquer um faz. É só encarar uma defesa que se posta como a nossa. Veja o primeiro gol… até nas peladas, se os defensores não acompanhar os atacantes, vai tomar gol. Simples.

    • Gustavo Guimarães

      Vende o Guerreiro .
      Bota o VJ para fazer a função que o Gabriel Jesus fez no Palmeiras.
      Daqui a 10 rodadas ele estará brigando
      Pela artilharia

    • Ltom Macêdo

      Esse Andre Rocha gosta mesmo do MA. Fez texto defendendo e tudo. Que nem o Vinny Dunga.

  • Tiago De Souza Oliveira

    Cuellar e Arão

  • J M

    O texto é muito bom eu também sinto falta de passes mais verticais e decisivos do Diego. Nem nos melhores momentos desses time do zé ele fazia isso.
    Aliás Alan Patrick e até mesmo Mancu quando jogaram nessa posição davam mais esses passes “que rasga” defesa.

    • Dieki

      o último meia que fazia isso no Flamengo foi o Pet. Nem o R10 fazia isso.

      • Paolu Guerreru

        R10 fazia sim, exemplo foi quando ele deu o Passe pro gol do Luís António contra olimpia em 2012 naquele 3 x 3.

    • rafael mesquita

      vdd
      Falou tudo

    • Ruan Pedro

      Alan Rakitic!

      Sou fundador do fã clube dele, sempre gostei do jogador no Flamengo, por mim não tinha saído.

      Pifador, craque, inteligente, diferenciado, acima da média, fora de série.

      Não há adjetivos suficientes para defini-lo. Melhor jogador da história do Flamengo.

      • J M

        Não disse que era um jogador maravilhoso apenas disse que dava passes mais decisivos, assistencias que o diego.

        Povo distorce tudo eu hein.

        • Ruan Pedro

          Não po kkkkk eu que tô zuando!

          Eu gostava demais do jogador, por isso, aí a galera pegava no meu pé, falando que era cansado, morto, lento, disperso kkkkk

          Mas brincadeiras a parte, eu gostava mesmo, pra mim na maior parte do tempo que esteve aqui, era o melhor da equipe. 2015 então, quem era Guerrero perto dele? Muito mais decisivo.

          Enfim, eu entendi o que você disse, achei que você fosse lembrar da galera falando do meu fã clube kkkkk

  • Dieki

    O time tem uma falha de posicionamento grotesca. Sempre teve. Quanto tá com a bola, todo mundo se enfia na área, deixando os volantes sozinhos com a bola, para fazer os passes e os lançamentos, ninguém se apresenta. E o pior, todo mundo enfiado na área parado, sem dar opção. Quando tá na defesa, todo mundo se enfia na área, deixando a intermediária desabitada, concedendo espaço pro adversário trabalhar e cedendo a segunda bola. Notem, o rebote nunca é nosso, nem ofensivo e nem defensivo.

    • Johny_Fla

      Perfeito. Como falei em outro comentário, qualquer meia penaria nesse time.

      • Dieki

        o Diego tem que virar segundo volante, o time toca a bola, mas parece um time de totó, porque tá todo mundo parado. Por isso tanto cruzamento. Rapaz, no jogo contra a ponte preta, o Renê fez um cruzamento pro Damião, eu contei 6 defensores na área e o Damião sozinho. Esses laterais do Fla acham que são o que? Snipers?

        • Johny_Fla

          Time de totó talvez tenha sido a melhor definição que vi pra esse time. É bizarro como os jogadores não se desmarcam, pelo contrário, vão todos em direção ao ataque, buscando os marcadores e deixando quem tem a bola sem opção de passe. E como os setores jogam distantes, surge sempre um buraco para o outro time trabalhar a bola. Isso é papel do técnico corrigir.

    • Carlos Campos

      Muito bom comentário, a segunda bola NUNCA é nossa…

    • Andrés Sanchez

      Falou tudo, amigo. Essa falta de movimentação dá a entender que os jogadores estão se escondendo do jogo. O time não cria espaços e se torna previsível.

  • Neilton Lima

    Tá cada dia mais difícil continuar acompanhando as colunas desse site. Os colunistas são horrorosos, uns pessimistas ao extremo, outros consideram o Flamengo maior que o Real Madrid. Essa coluna dizendo que o Diego não é um meia criativo é um absurdo sem tamanho, texto feito só pra gerar polêmica e encher a caixa de comentários. Colocar o nosso melhor jogador e um dos melhores atuando hoje no país na berlinda é de uma falta de caráter incrível, pois o time é extremamente mau treinado, conta com peças de baixíssimo nível técnico entre os titulares, não preciso nem citar os nomes e o cara me vem com “A falácia de que Diego é o meia criativo do Flamengo”? Não sei quem é mais leigo no assunto futebol, quem escreveu isso ou quem leu e deu razão.

  • Rogerio Vieira

    Concordo com o Johny_Fla. Não acho que o “problema” do Diego seja a falta de criatividade e sim o modo com que o time joga. Acontecem alguns momentos de lampejos de bom futebol, entremeados com momentos de pura mediocridade e previsibilidade. Por isso acho que procurar a culpa em um só jogador é uma irresponsabilidade. O que o Flamengo precisa e repetibilidade na equipe que entra em campo. Zé Ricardo precisa urgentemente definir quem são os titulares e os reservas. Concordo com a meritocracia,porém o fato do plantel nunca saber ao certo quem vai começar jogando pode causar uma insegurança nos jogadores, o que, com certeza irá se refletir em campo. Diego foi a melhor contratação que o Flamengo fez nos últimos 10 anos. Responsável,profissional e comprometido é, sem dúvida nenhuma uma grande peça que, junto com o Everton Ribeiro,poderá ser o pilar para uma nova fase do Rubro-Negro. A falácia pode se confundir com falta de visão de futebol.

  • Raphael Oliveira

    “Como foi o passa que Scarpa deu pro Wendel”
    Ele tá de brincadeira! Claramente o Gustavo foi chutar para o gol!

  • Douglas

    Acho muito engraçado o momento em que a matéria é editada, isso não foi feito no auge do time. Se for verificar o numero de assistencias da carreira do Diego saberá que é uma bobagem esse comentário, inclusive no Flamengo ele tem um numero alto de assistencias.

  • Silvio Simões

    Este tal de André Rocha deve ser um grande treinador, dizem que ele vai ser contratado para o Barcelona mas talvez por ser tão competente vai barra Tite na Seleção. Agora vamos a forra dos 7×1 da Alemanha. Rsrsrsrs a Democracia é legal por isso eu posso falar a bobagem que quizer.

  • Márcio “maestro” Araújo

    Diego não joga sozinho, mas também não é esse jogador todo que muitos pintam não.
    Porém, não lembro de ter no Brasil hoje um meia melhor que ele.

  • Sérgio

    Eu concordo!….Ele é meia que conduz a bola, não deixa de ser grande jogador.

  • Neilton Lima

    Uma simples olhada nas estatísticas da carreira do Diego basta pra colocar esse texto no lugar que ele merece: A lata do lixo. Se for olhar mapas de calor, posicionamento, toques na bola e visão de jogo, aí a coisa fica ainda mais feia pra quem escreveu e mais ainda pra quem concordou com uma sandice dessas. Depois reclamam quando falam que torcedor do Flamengo é muita emoção, mas que de bola não entende nada.

    • rafael mesquita

      A Idade dele mudou tbm
      ;;;;

  • Wesley

    Eu só queria que o Flamengo tivesse mais um Diego

    • Neilton Lima

      Se o Flamengo disser que pretende vender o Diego, TODOS os clubes grandes do país e até alguns médios da Europa ficarão interessados.

  • Daniel Silva

    o problema e que ele pega bola de costas, qualquer meia classico faz isso… quando ele pega a bola de frente funciona muito bem….pra mim e ja fui criticado aqui, ele poderia jogar ao lado do Cuellar, e o Conca jogar mais centralizado o everton na direita e o vjr na esquerda, ontem o Diego ajudou muita atrás e correu durante os 90 minutos..mas o que falta ao nosso time é padrão ainda não temos, somos um bando em campo!

  • Igor Albuquerque

    Vou deixar os aspectos técnicos para os “especialistas” dos comentários do coluna.

    Mas diego claramente é o meia que dita o ritmo de jogo e não o meia que busca o passe vertical, sempre foi ué. Ano passado o flamengo estava em uma clara ascensão, mas hoje volta a ser o time previsível que já foi outrora.

    Por isso mesmo que o flamengo tem que jogar com volantes que tratem bem a bola, porque ontem inúmeras vezes o diego teve que vir buscar na zaga para tentar acelerar e quando não foi, rever e marcio araujo entregaram algumas bolas no 0800.

    Torcer para o zé ao menos começar com cuellar e arão no proximo jogo e torcer também para que o everton ribeiro não demore pra voar nesse time.

    Estamos precisando.

    SRN

  • heverttom

    Bom mesmo é o Márcio Araújo q da toque de primeira

  • – Ryan –

    O melhor meia do futebol brasileiro, quiçá o melhor jogador do futebol brasileiro. E estou falando sem clubismo hein, ainda está abaixo dps da lesão, mas já mostrou o jogador lúcido e criativo que é.

  • Flamenguista Sincero

    nunca li tanta merda

  • Matheus AV

    Diego está mal assim como todo o time. Tanto que constantemente ele vem buscar a bola dos zagueiros. Apesar da entrada do Cuellar, a saída de bola é pífea. Com entrada do ER7 a criatividade do Fla irá melhorar. No entanto, com Cuellar e MA como suporte nem o Zidane daria criatividade a esse meio campo.

  • Junior Vinicius

    Nada como os maus resultados pra se questionar o inquestionável, Diego é inquestionável, me sinto ofendido lendo um texto com tamanhas contradições, vou ignorar, nem o mérito da discussão esse tema merece, Diego é TNX

    • Ruan Pedro

      Quem não entendeu a referência de TNX, não sabe se divertir com o Flamengo.

      Melhor página já criada, motivo pelo qual não consigo excluir Facebook.

      • Junior Vinicius

        Kkkkkkkkkkk acho que você é o Ruan da Flamengo da depressão, só falta falar “Tmj meu padrinho”

        • Ruan Pedro

          Papo reto, engravida minha irmã, Diego pai dos meus sobrinhos, que isso meu padrinho, open bar de TNX! Kkkkkkkkk sdds avaliações.

          • Junior Vinicius

            Kkkkkkkkkkk

  • Ruy

    Na boa, essa foi ridicula!

  • Luis Henrique O Mattos

    Discordo!!!

  • Léo Faria

    Diego precisa ( e já tomou a iniciativa) jogar mais recuado mesmo. Vai subir muito de produção com o Everton Ribeiro, principalmente se o ER não ficar muito distante aberto na ponta.

  • BVZ (VJ será maior que Pelé)

    O cara vem concluir isso 1 ano depois, justo quando Diego volta de lesão por 2 meses? Análise imbecil na hora errada, não sei se tem empresário de Conca no meio.

    Perdi a conta de quantas vezes Diego deu “passes de morte”, só que ele não é limitado a sempre dar aquele passe bonito de primeira (que maior parte das vezes não dá em nada). Ele joga de cabeça erguida, sempre sabe a posição dos adversários e companheiros, joga aonde o cara vai estar, só que às vezes como um Maestro, controla o ritmo do jogo; Diego dificilmente arrisca tanto num contra-ataque, onde todos estão correndo. Ele em alguns lances prefere perder 3 segundos do que a bola, porque com sua experiência e inteligência, ele sabe que se enfiar a bola de primeira, pode ganhar 3 segundos e ter uma chance pequena do lance dar certo (e ser bonito). O mais importante de tudo, ele não gosta de enfeitar: ele joga da forma mais simples possível. E segurar a bola com 4 adversários em cima e ninguém dando condição de passe, girar e tocar certo é melhor em geral do que arriscar uma cavadinha ou aquela enfiada de 50 metros.

  • Marcio Castro

    Escrevendo esse tipo de texto vai arrumar um emprego no blog do Kleber Leite…

  • Rodrigo Andrade

    A maior falácia relacionada ao Flamengo é quando dizem que o inominável é importante pro setor defensivo do time, o cara é um imprestável.

  • Mulher do Algures

    Cala a Boca.

  • fernando bebiano

    Quem escreveu essa matéria deve gostar mesmo é do Gabriel e Marcio Araújo, ora, Diego mesmo não jogando tudo que sabe sobra no futebol brasileiro (Joga muito).

  • Gabriel Silva

    pqp falar mal do Diego é sacanagem!

  • Nino Nascimento

    A única deficiência do Diego é a falta de passes de infiltração, isso falta nele.

    • Flavio

      E exatamente o que ele diz no texto. Rsss

  • Raf1981

    Esse cara é primo do Vinny dunga !!!

  • Mayko Priscila Krakeker

    Texto lixo..mas se ele não é então o conca em forma pode jogar com ele..

  • fabiano

    Diego já não é mais um garoto. Esta voltando de lesão e aos poucos retomara seu bom futebol. Agora é interessante poupa-lo em algumas partidas até mesmo para prevenir desgaste muscular e lesões.

  • Flavio

    Falou a absoluta verdade do que está acontecendo e a verdade costuma doer. Os turcos ja falavam isso. Mas para mim esqueceu de fazer um comentário importante. O esquema não é culpa dele. Se ele tem que ir atrás da linha do meio para buscar a bola, a culpa não é dele. O passe decisivo só sai de quem está próximo do gol, que é o lugar onde ele não costuma estar.
    E claro que o arao é o cara do passe vertical, pq qualquer um ao lado do M.A será o cara do passe vertical.
    O triste e ver o Abel já com um esquema definido, o jair já com um jeito de jogar e o flamengo um bando em campo e o zé sempre se defendendo no jogador que não joga.
    Quando o diego voltar melhora, quando o conca estreiar melhora, quando o everton Ribeiro chegar melhora e por aí vai. Daqui a pouco vão dizer, nossa como o Gabriel faz falta.
    Não quero o zé fora do clube, só acho que com ele não dá. Ele chegou no limite dele.

    • Gustavo Guimarães

      Vende o Guerreiro .
      Bota o VJ para fazer a função que o Gabriel Jesus fez no Palmeiras.
      Daqui a 10 rodadas ele estará brigando
      Pela artilharia!

      • Flavio

        Discordo cara. O vj é ponta e não centro avante. E só tem 16 anos
        Mas vender o Guerrero e trazer quem? Só vejo o pratto como opção
        Mesmo assim o problema é a falta de time. Nossa defesa é muito vazada, nosso meio não protege e não cria, então o ataque fica inoperante.
        Nomes nós temos, falta time.

  • Carlos Campos

    Expectativas Temporada 2017 e 2018.

    – Sobre vitórias.

    Devido a qualificação do elenco na frente (Everton Ribeiro, Geuvânio), no meio com o Conca e Diego subindo de produção e reforço da zaga com o Rodolfo, além da tendência que se apresenta com “bancos” temporários de Arão e o real aproveitamento de Cuellar FINALMENTE em boas condições físicas e técnicas para o futebol nacional, sem esquecer a tendência a Baidu, bancar de vez ou temporariamente para o Rômulo ou Ronaldo (se Deus e Zé quiserem)…
    Acredito que começaremos a “ganhar” novamente, empataremos vez ou outra e raramente perderemos um jogo pois a tendência será de ganharmos no mínimo por 1 a 0 a maioria dos jogos ou pelo placar de 2 a 1 com mais frequência, Isso devido ao nosso maior poder de criação e finalização com os jogadores de meio e frente mais criativos e decisivos.

    – Esquema de jogo.

    Estou cada vez menos acreditando em uma mudança sobre esse aspecto.
    Zé Ricardo está se mostrando um técnico de um esquema e forma de jogar único e engessado.
    O tempo passa e não vejo mudanças nisso.
    Precisava de tempo para mostrar serviço e não o está mostrando, ou por teimosia ou por falta de conhecimento para aproveitar TODO POTENCIAL de seu elenco que se mostra muito fragilizado, inseguro, burocrático e sem iniciativa para criar jogadas, furar defesas e traduzir nosso milionário e invejado investimento em gols e vitórias.
    Teimoso como uma mula e aparentemente devendo favores a Baidu, Arão Vaz e Gabriel pelo apoio em seu início ou pressionado como todo “funcionário” a escala-los ou agracia-los com chances e mais chances obrigatoriamente por “forças superiores”, me parece encurralado pelo processo de qualificação do elenco sendo por isso pressionado a mexer em seus protegidos no elenco, e vendo seus resultados esse ano cada vez mais questionáveis e indefensáveis por quem não é o Bandeira ou o RCaetano…

    – Zé Ricardo.

    Devido às vitórias que virão e pelo andar da carruagem e da temporada, será mantido no cargo pelo menos até o fim do ano e o encerrar das atividades.
    Se tudo correr como descrito acima, dificilmente alcançará resultados expressivos esse ano.
    Faremos uma Sula ou uma Copa do Brasil decente, talvez até ganhemos uma das duas competições por conta do elenco qualificado e abundante em suas mãos.
    No BR-2017, iremos certamente pontuar para chegarmos em terceiro ou quarto lugar e novamente pegaremos a Liberta na Fase de Grupos.
    Primeira Liga para mim não conta.
    E se assim for seu desempenho e a não conquista de um título de expressão ao final do ano, em caso de uma boa opção para substitui-lo, provavelmente será convidado a permanecer no Flamengo como integrante da Comissão Técnica ganhando mais “rodagem” no profissional e teremos um Comandante mais experiente e “cascudo” para ganharmos TUDO na Temporada 2018.

    – Elenco.

    Provavelmente chegará um Goleiro de peso e qualidade para fechar nossa cozinha, nessa temporada ainda ou para a próxima (única posição que ainda não contratamos).
    TODOS os jogadores, que chegaram esse ano, estrangeiros ou brasileiros estarão na “ponta dos cascos”, afiados e definitivamente adaptados ao Futebol Brasileiro e se não ocorrerem contusões ou lesões graves estarão rendendo 100% de seu potencial e prontos a disputar e levantar TODAS as Taças que disputarmos.

    – Flamengo.

    Será o mais TEMIDO e ENJOADO time a se enfrentar e seremos cada vez mais a referência a ser batida por quem almeja ganhar alguma coisa em 2018.
    E com certeza estaremos mais sólidos, consolidados e fortes em todos os aspectos.
    Institucionais e Esportivos e finalizaremos o Ciclo do Bandeira Presidente com muitas vitórias, alegrias e orgulho.

    Grande abraço.
    Saudações Rubro Negras a todos.

    Flamengo sempre.

  • James Howllet

    Kkkkkkk…O Fla virou a panela do Diabo!

    O pior é que o (ótimo) André Rocha está certo.

  • Cássio Santana

    Putz… Eu queria saber o que deu na cabeça desse cara pra escrever uma merda dessa. Ele poderia escolher falar do Pará que já não vem bem a séculos, Arão, Márcio Araújo, Rever, até mesmo Guerrero que apesar de ser muito bom, as vezes nos prejudica por não ser goleador nato. Mas o cara acorda de manhã e pensa: “vou falar um pouco de merda sobre o Diego”. Texto escroto e sem fundamento nenhum, ano passado só chegamos a sonhar com título depois da chegada dele. Footstats é minha vara em vc. Dizer que o Diego não cria jogadas é falácia e ainda fazer referência ao Lucas Lima, que já não joga nada desde o ano passado, é uma merda sem tamanho. Desperdício minutos precisos da minha vida lendo essa!!

  • Leandro Fraga

    Ah… o time com um monte de pereba, mau treinado e o problema é o Diego? Nesse mesmo esquema e com os mesmos perebas e o mesmo técnico ruim ele tava carregando o time nas costas antes de se machucar. O próprio jogo com o atletico paranaense que ele se machucou era na minha opinião o melhor jogo dele no Flamengo.

  • Michael Scofield

    Tem que falar da merda do Guerreiro , que atrapalha a maioria das jogadas de ataque do time

  • Silvio Simões

    Quantos antisfla ridículo ou mal intencionados existe nesta latrina do Brasil , este André Rocha não intende nada de futebol . Ainda bem que neste lugar tem cabeças pensante . Viva a Democracia do bem.

  • Joao Rodrigues

    Esse fdp Agora qr culpar o Diego por o mal momento ,ano passado n falava isso ,o Diego foi eleito o melhor meio campo do campeonato,. agora os atacantes n ajudam ,n se movimentam ,só sabem ficar na lateral ,n cortam pra dentro pra receber uma bola.

  • Pepe Anjos

    Pode colocar o Lucas Lima no Flamengo que não vai dar jeito. O problema está na movimentação dos pontas que não entram em diagonal , na verdade os nossos pontas atuam como segundo lateral e os volantes que não tem se projetado . Exemplo quem fez o primeiro gol do Fluminense? Viu a maneira que ele se projetou na área? Coisa que o Arão fazia ano passado e ultimamente não tem feito.
    Espero que com a entrada dos reforços isso melhore.

  • Luiz Filipe

    Relaxa… Agora o Everton Ribeiro vai dividir as atenções dos adversários com ele… Vai sobrar um pouco mais de espaço… E Vamos rezar para que tudo de certo… Precisamos sim de um Técnico e um goleiro (apesar do Thiago não estar decepcionando 10x melhor que o mureta!)… SRN!

  • Entendido do Assunto

    Falou merda do cara, eu não vejo o scarpa voltar pra marcar como o diego. Se ele recebesse a bola nas mesmas posições onde o scarpa recebeu e também contasse com a movimentação dos companheiros para confundir a defesa, faria o mesmo.

  • João Felipe Moraes

    3a partida inteira depois de lesão parado por 60, já fez 1 gol e 1 assistência. Claro que ainda não está 100%, mas esse tipo de matéria é ridícula.

  • Roy Parker

    ZZZZZZZZZZZZZZZZZzzzzzzzzzzzzz

  • El3ment

    Prefiro não comentar.

  • Felipe Trindade

    Ninguém falou mal do Diego, parem de rotular e reclamar por mania, galera.
    O Diego realmente sofre, fica sobrecarregado, os pontas não ajudam, não correm em balada pra dar essa opção, mas custa aceitar que o Diego não é esse cara!?
    Alan Patrick, em 2016 e 2015, deu grandes passes, com pontas piores do que esse, isso é questão de característica, Diego é excelente jogador.

  • Tiago Teófilo

    Concordo com cada palavra! Vejam bem, não estou questionando a importância que o Diego tem no time, ele é dinâmico e dá intensidade ao meio de campo, mas… ele não é um construtor de jogadas no último terço do campo. Qualquer um que preste o mínimo de atenção aos jogos percebe, desde o ano passado, que ele não faz um lançamento longo, muita das vezes retarda contra-ataques e dificilmente dá aquele último passe que deixa o centroavante na cara do gol. Costumo dizer que o meia ideal para o Flamengo seria uma mistura da intensidade do Diego e da qualidade do último passe e finalização do Mancu. Sei que a maioria vai me esculhambar pela a minha opinião, mas é bom que entendam que isso não diminui a importância do cara pro time.

    • boltguitar

      Nada mano, a sua opinião está certíssima. E digo mais, acho o Diego um excelente condutor de bola e preenche muito bem os espaços, é aquele cara que dita o ritmo da partida. Sendo assim, num sistema 4-1-4-1 ele faria tranquilamente a função de 2o homem de meio de campo, mas para o sistema ter equilíbrio precisaríamos ter um volante nível A, tipo Luiz Gustavo. Exemplo de escalação com 2 jogadores que não temos: Tiago – Rodinei (Pará) – Réver – Rodolfo – Trauco – Luiz Gustavo – Diego – Lucas Lima – Evérton Ribeiro – Geuvânio (VJR) – Guerrero (precisa jogar mais bola).

      • Tiago Teófilo

        Hoje em dia é complicado dar opinião quando ela contraria o que a maioria pensa. Mas desde o ano passado eu questiono a utilização do Diego como o nosso “armador de jogadas”. Acho que ele dá dinamismo ao time e tem peso e liderança no grupo, mas falta alguém que jogue com ele que dê passes mais verticais, seja capaz de um lançamento em um contra-ataque, possa dialogar em tabelas pelo meio e enfiar bolas pelas costas dos zagueiros. Também me dá a impressão que a necessidade de certos jogadores funciona com muleta para a falta de organização tática da equipe.

    • Ramos Raminho

      Tiago, seu comentário é bem coerente. O Diego realmente segura bastante a bola e em momentos onde seria preciso um passe de prima, não deixando de ser um grande jogador, contudo necessitando de rever seu posicionamento, acho que se ele recuasse mais como um segundo homem da volancia e o Conca numa condição técnica física ideal jogando mais a frente seria perfeito. Isso se o ZR ajudar.

  • crazy-fla

    O Everton deveria ajudar o ataque pois é um meia atacante, mas parece quando vc joga veneno na barata, o Everton não faz um cruzamento q presta, não dá assistência, qual foi o último chute perigoso do Everton??? o Diego distribui bem o jogo, é super importante para o time, faz mais o papel d um 2ºvolante e não tem características d meia armador, quando o MA joga ele fica super carregado, pois tem q fazer a saída d bola ea criação, se o Arão jogar bem e junto com o Cuéllar, já vai melhorar, quando tivermos jogadores d mais qualidade no time para dividir as tarefas com o Diego irá melhorar pois ele está sobrecarregado, SRN

  • Tiago Simas

    Defecou pelos dedos. O papel do meia criativo, do clássico camisa 10, é distribuir a bola, fazer a bola girar. Não é necessariamente o cara que dá o passe vertical para gol, até porque o meia criativo só fará um passe assim se tiver alguém rápido para aparecer nas costas da defesa (e não temos esse jogador).

    O articulista citou lances do Scarpa, porém são lances de contra-ataque. Não é a mesma coisa de avaliar o posicionamento do meia criativo quando o adversário está com sua defesa montada atrás esperando. Assisto jogos de vários clubes neste e nos brasileirões anteriores, “passe vertical” como quer o articulista, geralmente é contra-ataque.

    Nesse brasileirão mesmo, a citada “dificuldade” do Fla em penetrar em defesas montadas, é a mesma de outros clubes no BR. O que falta no Fla também falta em outros clubes, jogadores rápidos e inteligentes que façam triangulações para desmontar o posicionamento das defesas adversárias.

    • SylarK

      Exato, como vai comparar o lance do Scarpa que tinha espaço pra caceta para enfiar a bola com o Diego tentando jogar sozinho no meio de campo contra um time com 11 jogadores atrás? A que nível de jornalismo esportivo chegamos…

      • Tiago Simas

        Colega, a Coluna do Fla ainda é pior em nível de jornalismo, pois os colunistas NÃO SÃO! Um é funcionário da Prefeitura Municipal de Caxixó do Oeste, o outro advogado, o outro não sei o quê, ninguém especializado no esporte, ou seja, a opinião deles não é melhor do que a nossa, somos todos leigos.

  • joão dias

    Nossa…kkkk mandou muito mal.

  • Amigo Flamenguista

    Não entendo porque não vi nenhum desses “especialistas”, falarem qualquer coisa do tipo sobre o Diego durante o brasileiro do ano passado, e na atual temporada antes dessa sequência ruim do Flamengo. Irrelevante se o repórter aí está errado ou certo, o que eu acredito que esteja errado, mas parece mais oportunismo, ficar pregando o pandemônio quando o time está mal. Acho o maior problema do Diego os homens da frente que não dão opção, os pontas não variam, correm sempre perpendiculares a linha de fundo, fica o ataque totalmente previsível, e o guerrero estático na área. Não acho errado criticar, acho errado esperar 1 ano, onde o cara jogou bem nesse tempo todo, onde o time caiu bruscamente com a saída dele, para mostrar esses “defeitos” que ele aponta no Diego.

  • Lucas Ramos

    André está certo…. e ele já javia falado o mesmo antes… Diego é carregador de bola… não que seja o problema do time ou dispensável… mas n ajuda na criatividade no time e sim melhora a contundência do time, pois é o melhor finalizador do elenco…

  • SylarK

    Quanta besteira. Diego não cria porque o Fla não tem meio de campo. É a defesa lá atras, o ataque lá na frente, os volantes quando chega procuram as laterais e o pobre do Diego tem que fazer o papel de 3, que é o que precisa para um meio de campo criativo. Compacta mais o time, e descobre que não se vive só de cruzamento para ver se ele não começa a criar muito mais

    • Urubu nunca rebaixado. Chupa.

      Na Turquia é o q nao gostavam nele, ser um carregador de bola.

  • Urubu nunca rebaixado. Chupa.

    DIEGO NUNCA CRIA. ELE É IMPORTANTE PRA OUTRAS COISAS PQ ASSISTENCIA DELE É ZERO. Q CONCA SE RECUPERE LOGO.

  • Agnaldo mengão

    Que matéria de bosta…Scarpa joga solto,sem compromisso de marcar, Diego joga buscando a bola, marcando a saída e chegando na frente. Tivéssemos volantes mais participativos talvez nosso jogo rendesse mais, mas só tem pereba nesse meio do Flamengo,aí fica difícil.

  • wanderpc82

    Diego tem de ficar mais recuado e CENTRALIZADO, tendo outro meia tb habilidoso mais à frente, levando a bola da zaga ao ataque, igual como ocorria em 2016, a maneira de jogar do Diego é essa, ele não pode ficar flutuando nas pontas, em hipótese alguma.

    4-1-4-1 com meio-campo mais compacto e 2 meias habilidosos (Diego e Éderson/M. Sávio/Conca), pois os VOLANTES NÃO TEM CAPACIDADE PRA DISTRIBUIR JOGADAS e FAZER TABELAS quando recebem a bola dos zagueiros.

  • Hymerfla

    Cagou no pau ai! scarpa, lucas
    Lima, jadson e rodriguinho nao jogam nem a metade do que Diego joga! Procurado pelo em ovo! Está
    Voltando aos poucos e muito bem! Diego é oq faz esse time jogar, meia de qualidade impar!

  • Felipe Trindade

    Texto muito correto, Diego tá longe de ser o camisa 10 que resolve o jogo em um passe desconcertante, em um passe que quebra qualquer setor defensivo.
    Ele é organizador, ajuda na marcação, ajuda na saída de bola, um excelente jogador, mas cria noite pouco, da poucos toques de primeira.
    Agora, é os nossos atacantes, ajudam ele pra que esse passe saia? Não, não ajudam em nada.
    Ele já não é esse cara pra achar um espaço, e o time não ajuda.
    Mas o testo tá certo, ele não é esse cara, Everton Ribeiro ainda tem mais isso do que ele, mas com Everton Ribeiro e Geuvânio, o rendimento do Diego vai subir e muito.
    Um jogador dedicado e determinado, indispensável, apesar de ser pouco decisivo num último passe, ou numa finalização, que vem finalizando muito mal.