Página inicial Colunas A abstração da última chance de Zé Ricardo

A abstração da última chance de Zé Ricardo

1416
38
COMPARTILHAR

Zé Ricardo nunca pareceu tão abalado no Flamengo. Se a eliminação da Libertadores parecia significar seu pior momento à frente do banco de reservas, logo os acontecimentos se ajeitaram de tal forma que tudo conspirou para o aprofundamento da crise. Hoje, além da eliminação, o clube soma uma pífia classificação na Copa do Brasil contra o pior time da Série A e uma campanha muito abaixo da crítica nos seis primeiros jogos do Brasileiro.

O discurso da diretoria, porém, é de confiança no trabalho. Admiro essa tranquilidade por ser desacreditado em trabalhos de curto prazo, mas tudo na vida chega a um limite. E, após a desprezível partida contra o Sport, a corda parece se esticar até o jogo do próximo domingo, contra o Avaí. Jogaremos fora de casa, é verdade, mas estaremos acompanhados da fervorosa torcida que esgotou os ingressos em dez horas e enfrentaremos um dos piores times do torneio. É jogo pra vencer e vencer bem.

No entanto, convenhamos que nem é preciso ser brilhante pra ganhar do Avaí com o elenco que temos. É bem possível ultrapassar os catarinenses com um futebol meia-boca e contestado, como poderia ter acontecido contra o Sport e como nos ocorreu em outros certames recentes. E se isso acontecer? Estaremos deixando a casualidade de um resultado definir o futuro do Flamengo na temporada?

A análise deve ser conjuntural e não imediata. Claro que os resultados contam e muito na avaliação do trabalho de um treinador, mas eles por si só não são tudo. E, portanto, olhar somente para o placar da partida não trará relevância nenhuma. Seria um desrespeito com a instituição e uma evidência da falta de planejamento deixar tudo para o pós-jogo. Se a diretoria entende que há argumentos suficientes para a troca de comando, que demita Zé Ricardo. Caso contrário, que permaneça com ele. Espero uma análise profissional em cima da mudança de postura – este sim é o nosso foco, e não somente na mudança de resultado. Isso significa que mesmo uma vitória pode não representar nada a favor do técnico.

Deposito minhas últimas esperanças em Zé por ele finalmente ter dado indícios de que precisa rever as peças da equipe e alterá-la tecnicamente. Ele havia começado este processo com Rafael Vaz, mas, ao meu ver, não teve coragem suficiente para avançá-lo a outros postos. Agora é a hora. Torço por um time bem reformulado na Ressacada, se possível até com variação de esquema. Tudo isso, aliado ao bom conhecimento tático e à pratica estudiosa de Zé, me faz ter um resquício de esperança nele.

Quanto à diretoria, desta deve partir a mudança de postura. Boa administração à parte, dela também espero cobrança e muita hombridade. Batam na portinha do CT e cobrem que cada jogador faça jus ao salário astronômico que recebe. Poderiam, inclusive, dedicar mais tempo a isso do que a filtrar falsos e verdadeiros rubro-negros – esta não é sua função. Espero também que aprendam a lidar com momentos complicados, pois é no mínimo curioso ver o presidente escapando na surdina enquanto o elenco e comissão técnica são apunhalados pela torcida numa saída de aeroporto.

Não nos decepcione mais, diretoria. Agarre sua última oportunidade, Zé Ricardo. Sejamos Flamengo. Não deixem que o medo de avançar lhes prenda na inércia.

Rodrigo Coli

Twitter: @_rodrigocoli

Comente pelo Facebook

  • André N Lessa

    Pessoal,

    Uma dúvida para quem puder esclarecer:

    Essa data FIFA de agora é apenas para amistosos? O Peru ainda tem chances de se classificar para a Copa de 2018? Será que não dava, nesse momento de crise, com o salário que ganha, o Guerrero ter pedido dispensa da seleção para dar a sua contribuição para que quem o paga 12 meses por ano possa dar a volta por cima?

    SRN

    • DefendaSeuDinheiro

      Peru ainda tem chances reais de classificar com última vitória sobre o paraguai em casa.

      • Carlos Campos

        Hummmmm
        Valeu o esclarecimento…

    • Pedreiro do hawaii

      Brasil ganhando os jogos contra Equador, Colombia e Chile, e o Peru ganhando 3 dos quatro jogos que ainda lhe resta, ganhando os dois jogos em casa e do Equador fora, coloca praticamente o Peru na copa de 2018, ou no mínimo na repescagem, classificação está muito parelha e o Brasil está tirando ponto de geral

  • DefendaSeuDinheiro

    O EBM já falou que não é nada de última chance, isto é coisa da mídia papa-defunto que adora pregar discórdia e faturar com desgraça alheia, tudo por um click, tudo por uma page view!!

    • Ltom Macêdo

      Ja vi mil presidentes de clube falando isso e no outro dia mandando embora.

      • DefendaSeuDinheiro

        Também, torcendo para EBM fazer diferente!

  • marcondes Alves

    não quero que o zé seja demitido, caso isso aconteça so tem um que pode substituir seria o jair ventura, ou tem outras opções, não me venha com dorival ou dunga pelo amor de deus.

    • Flavio

      Felipao pow
      kkkkk kkkkk
      Discordo não tem só o jair nao

      • marcondes Alves

        QUAL?

        • Flavio

          Eu disse….kkkkkk
          Felipao
          Kkkkkkkkkkkkkk
          Parreira
          kkkk

  • Ltom Macêdo

    Concordo com o Rodrigo em tudo que disse e o achei ate bem ameno e racional, vendo que no resenha ele é bem mais critico.

    Uma vitoria feia contra o Avai mandando o mesmo time a campo nao muda nada.

    Vamos la. Torcer pra que a sanidade tenha batido a porta do ZR.

    Flamengo sempre.

    • Yan Balduino

      Esse é o Rodrigo Coli. O do Resenha é o Rodrigo Ferreira.

      • Ltom Macêdo

        Pensei que fossem o mesmo kkk

  • Flavio

    É fora Zé Ricardo e Patota do início ao fim.
    Exceto se golear e jogar bem.
    Mas não creio. O atlético ganhou suado e no fim.

    • Lucio Pereira Mello

      isso e fora, dilma, fora fhc, fora collor, fora maia… cara brasileiro adora um fora.. tira o ze e tudo vai dar certo …povo burro

      • Flavio

        Concordo, mas aqui a discussão é futebol e não política.
        Poderia dar 10 motivos tranquilos do porque apoio a idéia do fora zé ricardo, mas acho que você viu o jogo contra o avai né?

  • Almir Ribeiro

    Sob pressão…um choque de realidade bem vinda. Se tivesse ganho do Sport duvido que iria mudar. Bom, é preciso que o Zé separe a parte institucional do CRF para a qual trabalha e o pessoal no trato com os jogadores. Vi cenas em que ele fica se justificando quando faz alguma mudança, como vi com o Vaz (na época em que o afastou para Donatti entrar), isso não existe, jogador não respeita isso, ai que se perde o comando. As suas teimas realmente injustificáveis, talvez tenham essa conotação de (minha turma sabe)…só que aonde está é um clube sério, ele ganha para produzir e não tem espaço para “afagos”.
    Caso Zé esteja mesmo disposto a mudar, o que eu espero, e que venham os resultados claro, as coisas tendem a se acalmar.
    No momento de turbulência como esse é que se deve agir, rever o trabalho, ser humilde. O Zé tem que amadurecer de vez.
    Tudo tem um limite. Era um tal de esta tudo bem e nada muda irritante, e olha que os avisos foram dados dentro e fora de campo. o torcedor se cansou e não quer ver cair por terra um ano promissor. O Zé tem tudo que os antecessores não tiveram: CT, time forte, ambiente calmo até então, salários em dia…não tem como não ser cobrado, mas sem violência. A torcida quer as mudanças e eu espero que venham de forma definitiva e que não durem só dois joguinhos. Domingo é o dia “D”. Boa sorte Zé pelo bem do CRF.

    • Sabe qual o meu medo xará, sinceramente? O Zé nos trair mais uma vez.

      Tira seus cupinchas por um momento, pra acalmar as cobranças, como tirou M. Araújo e Vaz um tempo, pra depois ir voltando com eles aos poucos, como fez com M. Araújo e Vaz, quando a poeira abaixar de novo. .

      • Fernando Roncari

        A maior traição vira dos jogadores caso façam gols irão comemorar com o treineiro paneleiro e darão as costas pra torcida

        • Você lembrou bem!! Eu lembro que queria comentar isso e acabei esquecendo. Esse escroto do Arão que puxou o bonde, chamando os jogadores pra comemorar com o ZR ignorando a torcida, como se tivesse magoado com as cobranças JUSTAS da torcida.

        • Lucio Pereira Mello

          cara, vc é maluco? o jogador comemora com bem quer! gora essa é nova… jogador tem que toda vez comemorar na torcida pra ser legal.. caraca, só tem maluco nesta parada.. cara, releia o que vc leu….

      • Almir Ribeiro

        Perfeito Xará. Penso do mesmo jeito…preocupante.

  • Arthur

    Acho que os cenários pra domingo serão mais ou menos esses:

    Vitória por boa margem de gols e boa resposta do grupo – Ganha um respiro

    Vitória suada sem convencer – Adia a decisão pro próximo jogo

    Empate buscando o resultado na base da vontade – Adia a decisão pro próximo jogo

    Empate entregando o resultado – DEMITIDO

    Derrota – DEMITIDO

    Acho que não vai fugir muito disso… só estou em dúvida no que pode acontecer em caso de empate, aí vai depender da atuação… Se a gente ver raça e vontade novamente, pode ser que haja algum voto de confiança da torcida. Caso contrário, acho que é rua mesmo.

    • Acho que a sua análise foi certeira. Aposto nessas possibilidades também.

    • Ltom Macêdo

      Acho que ele nao sera demitido ainda, salvo uma goleada.

    • rubro negro

      então ele tá bem tem 60% de chances de continuar brincando de treinador

  • Ruan Pedro

    Todo mundo precisa se ajudar nesse momento.

    Primeiro: toda aquela ladainha que todos sabemos, tá batido e chato de falar. Ele sabe quem tem que tirar, dar oportunidades, etc. Se começarem com Muralha, nem vai pro jogo. Tira férias, já vai viajar.

    Segundo: a torcida nunca (leia pausadamente: NUN-CA) estará 100% satisfeita. Ainda mais a nossa, desse tamanho. Se fossem os 40 torcedores do Botafogo, quem sabe não chegassem a um consenso, nós não chegaremos. Cada um tem uma predileção por um jogador ou por outro (2015/2016 Alan Patrick jogou aqui e, pra mim, no tempo que teve, foi muito bem. Pra outros, era morto, lento, cachaceiro etc. Tem que saber conviver, ainda mais que ninguém sabe de treino nem nada).

    Não existe fórmula exata. Se tirar o Muralha e por Thiago, Ronaldo no lugar do Araujo, o time pode não ir bem. É futebol isso aqui, não se esqueçam! Assim como esses perebas podem continuar e ganhar o jogo com sobra (duvido!). Mas que pode, ah se pode!

    Vou olhar o desempenho: mobilidade, raça, entrega. Pressão é enorme. Diego vai chamar o jogo pra ele ainda mais (aliás, imagina se não tivéssemos esse jogador? Pra mim já é ídolo!).

    Não gosto de ficar nessas viagens de escalações e tal, mas dessa vez acho válido:

    Thiago, Pará, Rever, Juan, Renê;

    Cuellar

    Ederson, Arão, Diego, Everton;

    Vizeu.

    Essa seria a escalação dos sonhos pra mim. Um 4-1-4-1 bem definido.

    Chuto que Damião deva entrar na do Vizeu, e tô curioso pra saber quem será o volante.

    Zé Ricardo, entenda: se você tirar o Araujo, a paz mundial estará há centímetros de ser atingida. Durma pensando nisso. É tão difícil?

    • Como você bem disse, é dificil encontrar um consenso na imensa torcida do Flamengo. Por exemplo na minha escalação dos sonhos, o Arão não estaria rsrs.

      • Ruan Pedro

        Kkkkk ele vem muito mal, mas ainda tem crédito comigo. Um banco não lhe faria mal, mas observa-lo nesse time também seria bom, na minha opinião kkkk

      • Ruan Pedro

        Compartilhe comigo Almir, me dê sua opinião: qual time, e o que esperar domingo?

      • Ltom Macêdo

        Particularmente tambem nao gosto do arao jogando mais avancado, o proprio jogador reclamou no jogo contra o botafogo e ai ja tambem é culpa do tecnico. Jogador reclama de ta improvisado e vai pro banco, simples e indolor.

    • LeandroMgaJP

      Tem toda razão colega! SRN!

    • rubro negro

      perfeito, mas se ele mudar alguns jogadores sai Muralha entra Tiago, sai MA entra Ronaldo, sai Arão entra Cuellar, sai Damião entra Vizeu, sai Ederson entra VJ, e o time perder, jogando mal como vem jogando, aí sabemos que o problema não é só jogador, é o Técnico. Ele pode colocar quem ele achar melhor, desde que faça o time jogar, ganhar, não entrar na retranca etc

  • Taí uma postagem bem feita, meus parabéns.

    Não é nosso papel torcer para as coisas irem mal só porque não gostamos dos resultados do Zé Ricardo e algumas de suas teimosias, só pra ver se ele cai logo de uma vez..

    É torcer pra ele rever seus conceitos, mudar seu ponto de vista, dar uma remexida nesse elenco, na escalação, pra gente conseguir uma boa vitória domingo e ele poder continuar. Mas só se fizer realmente tudo isso. Não adianta vencer como venceu o Atlético-GO, escalando as mesmas peças, o mesmo esquema manjado, que aí só estará empurrando sua fatídica queda um pouco mais pra frente.

  • rubro negro

    se ZR mudar alguns jogadores sai Muralha entra Tiago, sai MA entra Ronaldo, sai Arão entra Cuellar, sai Damião entra Vizeu, sai Ederson entra VJ, ACHO MUITO DIFÍCIL, e o time perder, jogando mal como vem jogando, aí sabemos que o problema não é só jogador, É O TÉCNICO. Ele pode colocar quem ele achar melhor, desde que faça o time jogar, ganhar, não entrar na retranca, não utilizar atacantes pontas pra marcar lateral como que um time vai ter contra ataque se os mais velozes estão marcando na linha de fundo, nunca! Ele é tão inteligente que não duvido de ele colocar ER pra acompanhar lateral até na linha de fundo. ER é pra marcar sim até um limite depois é ficar pronto pro contra ataque, hj o flamengo não tem contra ataque, não tem nada, é um bando espalhado em campo.

  • Ailton Souza

    O Zé Ricardo em 68 jogos São 38V 20E 10D, 65,86% de aproveitamento
    Em 2017 33 jogos São 19V 10E 4D, 69,79% de aproveitamento com 60 gols pro e 24 contra
    Em 2016 sem Diego 17 jogos São 9V 3E 5D, 58,82% de aproveitamento
    Em 2017 sem Diego 11 jogos São 6V 3E 2D, 63,63% de aproveitamento
    Sem Diego 28 jogos São 15V 6E 7D, 60,71% de aproveitamento
    Com Diego 39 jogos São 23V 14E 2D, 70,94% de aproveitamento
    Cuca, Roger, Mano e Dorival estão passando ou passaram pelas mesmas críticas, dentro desse principio de cornetagem todos deveriam ser demitidos, afinal o Dorival já foi e se são ruins nos seus times porque serão melhores no Flamengo.
    Esses treinadores, exceto o Roger que não treinou o Flamengo, o que fizeram?
    O Zé Ricardo tem o melhor aproveitamento entre todos os treinadores da Serie A com Diego e sem Diego.
    Zé Ricardo comete erros isto é fato, mas comete erros como todos os outros.
    Agora é só imaginar estes números com um time com Conca, Diego, Everton Ribeiro, Guerrero, Vinicius Junior.
    Do mesmo jeito se tivesse uma Mercedes não dirigíamos um fusca os jogadores acima dentro do numero previsto de 11 jogadores serão titulares, obviamente dentro de um equilíbrio técnico e tático
    Então vamos torcer mais e cornetar menos
    Saudações Rubro-negras

    • Lucio Pereira Mello

      contra números, só outros números… pessoalzinho adora pedir cabeça de técnico.. só não querem ver que o cara é um dos melhores… depois vai sentir falta….. bora zé!!! Faça seu trabalho que vc é o cara!!! Cala a boca destes ignóbeis