Página inicial Destaque O maior campeão nacional se despede de cabeça erguida do NBB

O maior campeão nacional se despede de cabeça erguida do NBB

352
4
COMPARTILHAR

Não foi uma noite fácil. Quem ama, acompanha, se emociona com o FlaBasquete certamente não está acostumado a perder, tão poucas foram as vezes em que o Orgulho da Nação não se viu à frente do placar ao estouro final do cronômetro. Mas esta sexta-feira (5) aconteceu. O Flamengo lutou, jogou nos braços de uma incansável torcida que lotou o Tijuca Tênis Clube, mas não conseguiu vencer o Pinheiros no Jogo 5 da série de quartas de final do Novo Basquete Brasil CAIXA 9. Foi por pouco, apenas três pontos (75 a 78), que a vaga na semifinal escapou. Esta foi a primeira vez na história da competição que o Rubro-Negro ficou fora desta etapa. Mas o maior campeão do NBB, o Campeão de Tudo, o Maior do Brasil, sai de cabeça erguida e com a certeza de que segue enchendo a Nação de Orgulho.

Destaques da partida
Olivinha foi um monstro em quadra. Além da vibração – de sempre – que contagiou a arquibancada, o craque marcou 25 pontos e anotou nove rebotes, chegando bem perto de mais um duplo-duplo na competição. Ele é o recordista do quesito no NBB. Seu companheiro de garrafão também foi destaque em quadra, com 13 pontos e quatro rebotes. Já Marquinhos anotou dez pontos, seis rebotes e seis assistências.

Fala, professor
Após o final da partida, José Neto lamentou o resultado, mas destacou a hombridade dos atletas. “O resultado pesa muito. Mas acredito que temos que ver o que a gente sofreu nesta temporada, tudo que a gente passou. Eu falei a eles (atletas), que a gente sai daqui com hombridade. Tem que ser assim. O esporte é isso e a vida segue. A torcida fez a parte dela. Eu me sinto em débito com a torcida e quero reparar isso o mais rápido possível”.

A equipe de basquete adulto do Clube de Regatas do Flamengo é patrocinada pela Uber Brasil. Também conta com aporte direto de recursos de seu patrocinador Estácio além de investimentos da Tim via Lei Estadual de Incentivo ao Esporte/Secretaria de Estado de Esportes, Lazer e Juventude (ICMS).

Reprodução: Site Oficial do Flamengo

Comente pelo Facebook

  • mtakh

    Uma reformulação é necessária.Marcelinho de 42,merece uma estátua, agradecimentos e uma aposentadoria honrosa.Marquinhos, Neto,o dominicano,podem e devem ficar, o resto a ser avaliado.Fischer teve muito tempo lesionado, pode ajudar,enfim perder Benite,Laprovitola.Mellynse,e se reinventar foi mérito. Marcelinho já não faz a diferença a anos.

    • Jr

      Afirmar que há anos Marcelinho não faz diferença nao é válido. Ele destruiu na final ano passado. Jogou bem algumas partidas esse ano. Mas, apesar da moral que ele tem comigo, se for continuar que seja como reserva.
      Acho que Marquinhos e Ronald dificilmente continuam. Tem salário muito elevado e sem patrocínio forte não vamos conseguir manter. O mesmo vale para o Olivinha.
      A torcida sente falta do Jerome mas ele foi muito irregular na sua última temporada aqui.
      Nico, sim, faz falta. Assim como o Benite.

  • Gladston F. Nogueira

    Não se pode ganhar sempre, faz parte do esporte, mas o basquete rubro-negro tá de parabéns pelos últimos anos.

  • nilton

    Eu so sei que a audiência sem o Flamengo vai de 30 para 5