Home Notícias “Não dá para fazer qualquer tipo de avaliação”, diz colunista sobre estreia...

“Não dá para fazer qualquer tipo de avaliação”, diz colunista sobre estreia de Vinicius Jr.

366
7
SHARE
A estreia de Vinícius Junior - Análise

A tarde de sábado marcou a estreia de Vinicius Junior, maior joia do Flamengo e do futebol brasileiro, nos profissionais do rubro-negro. O garoto entrou aos 38 do segundo tempo e pouco participou da partida.

Vinicius teve seu nome gritado por mais de 50 mil presentes no Maracanã e entrou numa partida grande, contra o Atlético Mineiro, no momento em que o jogo tava empatado. Muitos torcedores acharam que ele devia ter entrado mesmo no jogo, já outros acham que foi precoce sua estreia.

Nossos colunistas comentaram o assunto no Resenha deste domingo. Thigu Soares diz que não dava para esperar uma grande partida do garoto de apenas 16 anos, mas que vê coisa boa no futuro:

– Não dava para esperar que a estreia do Vinicius Junior, ainda mais se fosse ocorrer num jogo grande, o que foi o caso do jogo de ontem, contra um adversário também grande, tradicional e com um placar que, se não era adverso, não era o melhor placar do mundo […] Eu vejo muita coisa boa. Acho que o Vinicius Junior não só promete muita coisa, como ele tende a entregar tudo aqui que ele promete – comenta Thigu

Allan Garcia afirma que gostou da estreia do Vinicius que, mesmo não tendo ido bem, já quebra o nervosismo de estrear nos profissionais:

– Não se saiu bem, mas não dá pra fazer qualquer tipo de avaliação. Trata-se de uma criança ou adolescente, um menino de apenas 16 anos, que vai precisar adquirir ainda muita musculatura, se acostumar ali com o elenco profissional, mas foi muito boa a estreia dele, porque quebra aquele nervosismo. Eu gostei muito de como aconteceu a estreia – diz Allan

O que você achou da estreia da joia? Comente abaixo e assista as analises completas no Resenha!

 

Comentarios

comentário

  • DefendaSeuDinheiro

    Assustado, avaliação é esta e uma estreia em jogo grande é para assustar qualquer um mesmo.
    SRN

    Foco agora é no empate com San Lorenzo.
    Diego volta??

  • James Howllet

    Boa rapaziada do Coluna!!!
    Agora, olhando para o outro lado, já tem neguinho afirmando que a galerinha do sub-20 do ano passado já deu.
    Que M. Sávio, Paquetá, Ronaldo etc, etc… Não são craques e por aí.
    Pera lá…Por mais que a preparação física esteja avançada é prematuro esperar que todo mundo estoure com a idade da rapaziada citada. Aliás…Foi esse um dos motivos para lá atrás Djalminha, Marcelinho, P. Nunes, Leonardo e outros serem mandados embora com apoio irrestrito da maior parte da torcida.
    Djalminha não cansa de explicar que ele foi campeão da Copa do Brasil, Carioquinha 91 e Brasileirão 1992 mas não fez muita coisa não.Foi muito mais um aprendiz do que qualquer outra coisa. Lá naquele tempo quem arrebentava segundo ele era o (palavras minhas) marrento Nélio, Zinho (mais velho) e a galera mais velha a começar, claro, pelo Maestro.

  • pw

    Se és um fora de série, não tem essa de idade …minha opinião …

    • Glauco

      O psicológico do jogador influêncía demais o jogador, ontem era a estréia dele no profissional, todo jogador recem chegado ao profissional costuma oscilar entre partidas boas e ruins, ontem ele jogou 10 minutos, não tem como tirar nenhuma conclusão.

  • NETOFLA

    É isso aí mesmo, não dá pra desacreditar de um jogador que fez o que ele fez na copinha contra adversários 4 anos mais velhos que ele. Foram só 10 minutos e estreia pra qualquer um é tenso mesmo. Precisa de confiança e uma encorpada pra aguentar o tranco no profissional, mas o “muleke” é bola, isso não têm como negar…

  • rubro negro

    um jogo contra um dos melhores elenco do país, jogou 12 minutos, estréia aos 16 anos, 50 mil público, no maracanã, e tem torcedor reclamando putz

  • João Paulo Aciole

    baita de uma cagada do ze ricardo colocar o mlk no fogo num jogo dificil e faltando 5min… jogou um cara de 16 anos como salvador