Home Notícias Jogadores do Flamengo recusaram troca de camisas com atletas do San Lorenzo,...

Jogadores do Flamengo recusaram troca de camisas com atletas do San Lorenzo, diz jornalista

794
5
SHARE

Com muita luta, o San Lorenzo, que começou mal a Conmebol Libertadores Bridgestone, conseguiu na rodada final a classificação às oitavas de final da competição, na última quarta-feira (17 de maio), quando venceu o Flamengo por 2 a 1. E o clima entre argentinos e brasileiros não foi dois melhores após a partida. É o que revela o repórter do FOX Sports Argentina, Juan Carlos Pellegrini.

Durante o Central FOX, o jornalista afirmou que os jogadores do Flamengo, irritados com a eliminação precoce na fase de grupos, acabaram recusando as camisetas dos atletas do San Lorenzo. Em muitos jogos de futebol, é bastante comum que os jogadores troquem os uniformes das partidas. No entanto, os cariocas não fizerma essa ‘gentileza’. Após o apito final, foi nítido ve atleta sem acreditar no resultado que acabara de acontecer.

Outra cena curiosa também da partida foi o pedido de Réver ao atacante Nicolás Blandi. Em entrevista ao programa 90 Minutos de Fútbol, do FOX Sports Argentina, o capitão rubro-negro queria propor um jogo de compadres, quando um empate classificava os dois times. Blandi diz que o zagueiro tentou enganar naquele momento, já que os atletas do time do Papa sabiam que apenas a vitória interessaria, para não depender de ninguém.

Fonte: Fox Sports

Comentarios

comentário

  • Almir Ribeiro

    SE isso for verdade, é o fim mesmo. Que vergonha, quanta soberba….isso é feio. Saibam perder, foi merecido sim. Se fosse ao contrário? Não pode agir como time pequeno…

  • sangue fla

    que bonito hein…mais vergonha ainda!

  • Lemes

    Vindo da Fox Sports não tem a menor credibilidade! Mídia sensacionalista, vive às custas de matérias inventadas sobre o Flamengo!

  • Daniel Felix

    Não tinha que trocar a camisa, tinha que aposentá-la e não mais usá-la. pessoas sem personalidade não devem vestir o manto sagrado.

    Sabe o que acontece? Chega uma hora em que você deve ignorar determinados comandos advindos do técnico e fazer aquilo que é o correto, pela lógica.

    Não tínhamos contra ataque, definitivamente não tínhamos um jogador apto para contra golpear as investidas do time adversário tampouco tínhamos um jogador que prendesse a bola no meio de campo. Guerreiro tem essa característica mas é atacante e não tínhamos um jogo.

    Podem questionar as escolhas erradas na escalação, o que de fato houve mas o grande questionamento é a mentalidade. Independente do adversário, todos os 3 jogos fora de casa do Flamengo na Libertadores tiveram praticamente o mesmo enredo: recuávamos, não tínhamos contra ataque de time e o time recuava exageradamente sem nenhum escape, constatação óbvia: o adversário pressionando e o Flamengo chutando pra longe, cada vez mais encolhido atrás, não teve ninguém com atitude comportamental de sair da zona comum e prender na raça. Tivemos erros graves do nosso técnico e um problema estrutural do time, ter uma mentalidade apática e adestrada dos jogadores, sem um real comprometimento com o clube.

  • Flamaster_Canada

    “…, foi nítido VE atleta sem acreditar no resultado…”

    Anarfabitismos comendo solto na Fox!