Impacto na região e 2 ‘casas’: Colunistas comentam sobre possível estádio na Gávea

Na última semana, o Prefeito do Rio e o Flamengo assinaram um protocolo de intenção da construção de um estádio acústico para 25 mil pessoas, na Gávea. O documento dá ao Flamengo o aval da Prefeitura para erguer seu estádio no local, mas ainda depende de outras licenças para o rubro-negro poder finalmente construir sua casa.

No Resenha de hoje, nossos colunistas comentaram a possibilidade da construção da nova casa do Flamengo no local e dos imbróglios que envolvem a possível construção (impacto na região, quanto vale o documento de intenção, etc).

Allan Garcia afirma que a carta de intenção assinada pela prefeitura e pelo Flamengo confirma a boa vontade do Prefeito na construção de uma casa pro Flamengo e que o clube tem condição de administrar 2 estádios, um de pequeno e um de grande porte:

– Eu não quero desmotivar vocês, mas essa carta de intenção não vale “quase” nada. Por que quase nada? Porque o que vale ali é a posição do Prefeito Crivella, que está totalmente favorável à construção. Isso sim é o mais importante e não essa carta. […] Eu gostaria muito, acho que seria um passo importantíssimo pro Flamengo. A gente tem a Ilha por 3 anos renováveis por mais 3. Pode ser que, construindo o estádio da Gávea, a gente fique apenas 3 anos na Ilha. E pra terminar: O Flamengo tem sim condição de fazer gestão de 2 estádios. Um de pequeno porte e um de grande porte – comenta Allan

Thigu Soares se fiz favorável ao projeto e questiona o porque dos moradores da região serem contra à construção:

– Sou bem favorável ao projeto, mas acho que do protocolo de intenção até a realidade demora muito tempo. Acho que a única coisa que a gente realmente ganha em relação a isso é que a chance que a gente tinha desse estádio acontecer com os Prefeitos anteriores era nenhuma. A partir de agora existe pelo menos a boa vontade da prefeitura. […] Também tenho certa dificuldade para entender qual tipo de transtorno esse estádio pode causar a região do Leblon, sendo que eu não via essa gritaria toda quando o shopping foi erguido, quando o outro shopping foi erguido. Então parte muito da questão de interesse – diz Thigu

E você? O que acha da Gávea ser de vez a casa do Flamengo? Comente e assista aos comentários completo no Resenha!

Comentarios

comentário




Foco no que importa







Ver mais notícias