Diego Dependência?

Quem hoje vê o Flamengo em campo, apresentando o futebol dos últimos jogos, talvez não acredite que é o mesmo time de pouco mais de um mês atrás, Diego Ribas altera totalmente o patamar do clube.

Vimos nas últimas partidas uma equipe muito abaixo do que sabemos que ela pode apresentar, e quando eu digo que o Diego faz falta, não me refiro apenas à sua indiscutível qualidade técnica, que já o levou à seleção brasileira antes de sua lesão; é algo muito mais profundo, sem Diego, perdemos uma liderança imensurável, parte da alma rubro-negra antes apresentada some.

Diego tem a cara do time vitorioso que víamos em campo quando presente, ele é o respeito que por hora talvez não mais tenhamos; e mesmo que eu não queira implantar ou sugerir a existência de uma “Diego dependência” (já fazendo), é indiscutível que o rendimento do Flamengo caiu estupidamente sem o meu príncipe.

A questão é, existindo ou não essa dependência, se a ausência de Diego causa uma queda com tamanha proporção, temos realmente o elenco fora de série que pensávamos?

Acredito que milhares de outros fatores nos fazem questionar a real capacidade das peças que estão à disposição do técnico; somos realmente o melhor elenco do Brasil “junto com Palmeiras”? Zé Ricardo não sabe tirar o melhor das peças que tem?

No fim de tudo acaba sendo opinião de cada um, o que é unanime é a falta que Diego nos trás nesse período de recuperação, não só por Diego ser Diego, mas pela queda de rendimento que sua ausência causa em Muralha, Trauco, Rômulo, esses entre outros que com o nosso camisa 35 em campo rendem um futebol muito acima do que nas ultimas partidas.

Há para nós, torcedores, uma dependência de ter um ídolo em campo e não ter esse cara jogando é frustrante, principalmente num momento que precisamos dele… Por que nesse momento, onde mais necessitamos do Diego jogando, ele não está presente?

Porque se ele estivesse jogando, talvez não estivéssemos passando por toda essa situação, poderíamos ter nos classificado na libertadores com Diego nos 3 jogos, e isso me faz questionar o tamanho da “Diego dependência”, que na minha concepção existe e é monstruosa.

Espero de verdade que essa ausência esteja perto de seu fim, também tenho esperanças na vinda de Everton Ribeiro, recuperação de Conca e, principalmente, crescimento do Vinicius Jr, três acontecimentos que certamente amenizariam essa “viuvez” quando por ventura não tenhamos o craque em campo novamente, mas até lá eu fico nessa ansiedade e na torcida. #VoltaDiego precisamos de você!

Nick Marques

Siga também no Twitter: @TheNickMarques

  • PlayerLEL “tHe ZiK’A dO bAgUi”

    prefiro depender do diego
    do que depender de gabriel

    • Nick Marques

      eu também, mas prefiro dividir essa dependência em mais gente para que possamos não sentir a ausência de um cara só

    • Nick Marques

      mas pra isso tem que ter gente com essa qualidade

  • Mulher do Algures

    Nem li mas resumo o texto: precisamos de mais jogadores decisivos por que nem sempre diego vai poder jogar e guerrero só tem nome

    • Nick Marques

      tipo isso…

  • Ray Dauer

    Normal isso, além de tecnicamente bem acima do restante ele tem muita vontade dentro de campo e isso acaba contagiante o restante do grupo.

  • Yan Balduino

    Isso acontece quando não jogamos um futebol convincente e temos apenas um jogador que desequilibra. Quando ele sai, o time acaba. Isso é pra quem celebra desempenho pífio em campo mascarados por uma vitória mentirosa. E olha que eu acho que poderia manter o esquema de jogo antes do Diego sair, tendo peças mais qualificadas para isso. Poderia não substituir à altura, mas a queda não seria tão brusca. Melhor do que essa postura covarde de jogar com três volantes sempre que jogar fora (primeira vez até deu para aceitar, mas toda vez escancara a covardia do treinador). Matheus Sávio, Paquetá, Mancuello, Cafu, cada um em sua posição, poderiam jogar no meio ou nas pontas, sem precisar de dois velocistas. Um deles já basta. Mais o treineiro tem as suas teimosias e invenções. Prefere improvisar laterais nas pontas do que contar com jogadores de ofício ou alterar o esquema de jogo. Portanto não é atoa o Diego fazer tanta falta para salvar a pele do treineiro que está totalmente perdido.

  • Rodrigo Mourão

    Temos dependência do Gabriel, vem fazendo uma falta….heheheheheh

    • Nick Marques

      #VoltaJamal

  • Marty Mcfly

    Rômulo e Alex já estavam jogando mau quando Diego ainda jogava.

    Achei muito coerente o texto.

    Estou com muita saudade do Diego e desse manto da foto.

    • Nick Marques

      mas ele rendiam mais com ele em campo, o Rômulo conseguia render na saída de bola, mesmo deixando a desejar na marcação, sem um homem de visão e criação a saída de bola dele fica comprometida, o que causa ainda mais a participação do muralha, faz ele participar mais vezes do jogo

  • Alex Silva

    Enquanto o Zé não deixar esse 4-3-3 para um 4-4-2 e acertar o posicionamento de Mancuello, Ederson e outros do meio, vamos ficar dependentes de Diego e jogar com 3 volantes as vezes que é um absurdo.

    • BVZ Top

      Mas ele falou que ia manter esse esquema do Muricy no Brasileiro passado, e que esse ano dava pra ir pra outro esquema (sugerindo usar 2 meias no 4-4-2 clássico). Mas passou pré-temporada, Estadual e estamos em Junho quase e ele não treinou 4-4-2, mesmo sabendo que o time tem e vai ter mais meias de qualidade.

      • Alex Silva

        E ainda ganhamos com um companheiro fixo com Guerreiro na frente. Pode ser Vizeu, Éverton, Ederson até o Vinícius Jr.

    • Lemes

      Pelo que entendi esse esquema de jogo 433 é filosofia do Fla, desde as categorias de base! Tanto que antes de ser implantada o Zé jogava no 4141 na copinha!

  • BVZ Top

    LIDERANÇA! Não só a falta técnica que faz, a falta que faz pra dar equilíbrio, a falta que faz pra manter a bola no ataque quando precisa, faz falta aquela bola de segurança. Mas o principal, é a falta que o Diego faz em LIDERANÇA. Não ia deixar o time parar de marcar em cima nunca. E ia dar um choque nos companheiros no intervalo contras Atlético GO.

    • Ray Dauer

      Exatamente tem a liderança que está faltando além de ser ótimo tecnicamente e também se entrega muito em campo e isso contagia os demais. Volta logo Diego.

  • BVZ Top

    Conca também e E.Ribeiro são outros dois com perfil do Diego, além de serrem bola de segurança e quebrar a defesa adversária, são COMPETITIVOS.

    Precisamos de mais jogadores COMPETITIVOS. Que não aceitam perder, que se perde esmurra a parede.

    • Lemes

      Nos ultimos jogos, senti falta de alguém que procurasse a bola, que quisesse a bola nos pés… O unico que fez isso ontem foi o VJr no pouco que jogou. O Cuellar também tem potencial pra isso, mas mostrou pouco. Com a volta do Diego e a eventual entrada do Conca e possível chegada do Everton Ribeiro, teremos isso novamente.

      E isso é fundamental no estilo de jogo do Flamengo, com posse de bola, não acho que os 5 pontos até aqui conquistados foram ruins não, dado os desfalques que tivemos.

      Podemos ir longe nesse brasileirão!

      SRN!

  • Fla 2017

    Com certeza estaríamos nas oitavas da Libertadores com o Diego. O Patético-PR foi cirúrgico quando escolheu um de seus jogadores para dar uma entrada criminosa no Diego. O golaço que ele fez incomodou e muito o adversário. Segue la pelota.

  • James Howllet

    Sim!!!
    Parabéns, Nick.

  • Bárbara Santos

    Eu estou com medo de quando o Diego voltar floopar.

    Nem o Diego encaixa nesse time sem alma que nós estamos vendo.

    To com medo

  • Caio Sá

    A ausência de Diego como causa da nossa queda de rendimento também me passou pela cabeça. Entretanto, ouvi hoje alguns comentaristas de futebol dizendo que, mesmo com o retorno dele e, ainda que jogando bem como vinha fazendo, o sistema defensivo do time está muito ruim, com MA, vaz, muralha muito inseguro e arão em evidente má fase. É isso mesmo? Pergunto, ainda, não seria o caso de dar uma oportunidade ao Leo Duarte no lugar de vaz, Ronaldo no lugar de MA e Cuellar no lugar de arão? Não seria, ainda, oportuno por o goleiro da base, já tem vinte e um anos e jogou bem nas raras vezes em que teve oportunidade, Thiago, para jogar?

    • jonathan ferreira

      Muito bem colocado seu texto. apenas o Everton Ribeiro está ótimo de reforço, não é necessário contratar outro Zagueiro, levando em conta que, Léo Duarte e Donati supre essa necessidade ( sem contar que iria valorizar o Léo. Veja o zagueiro do galo, o Gabriel, cresceu de rendimento porquê teve sequência breve o galo vende e ganha)

  • Marcio Castro

    Uma andorinha só não faz verão. Esse ditado não se aplica a Diego cuja qualidade altera e muito não só o modo de jogar mas as posturas dos companheiros, a galera ganha confiança. Mas tenho lá minhas dúvidas se na fase que o time se encontra irá surtir algum efeito. Arão vem muito mal, irreconhecível, parece o Berrío jogando, muito estabanado. M.Araújo quando não arma um contrataque para o adversário é responsável por 70% dos passes certos para trás, 55% dos passes na fogueira, 99% dos passes em tabelilhas inoportunas e sem objetividade e 3% dos passes completa errados, só perdendo neste último quesito para o próximo abençoado. Gabriel, esse dispensa comentários. Berrío, corre muito mas quando tem que conduzir a bola parece o Pateta pisando em latas de tinta, Cirino pelo menos não criava nenhuma expectativa na torcida. Muralha, quem sabe daqui a 20 anos aprende a sair certeiro nas bolas aéreas e a fazer uma reposição melhor de bola. Vaz, embora esforçado sofre muitos apagões, adepto das ligações diretas faz 20 lançamentos para acertar meio. E não podemos esquecer dele Zé Ricardo, que embora não entre em campo mas é responsável por dar continuidade ao circo de bizarrices, jogando com 4 volantes, 4 laterais e outras mais.

  • jonathan ferreira

    Acredito que o Diego faz diferença em qualquer equipes do futebol brasileiro. Agora, vale ressaltar que, o plantel tem opções para suprir a carência do mesmo. Acredito que com a vinda do Everton Ribeiro o Diego vai sobrar ainda mais, sem contar o Ederson que é um excelente jogador! Só faltará ao Flamengo ser mais volume de jogo,agredir o adversário, caso isso aconteça, pode vim o galo, Palmeiras entre outros… Veremos o que o técnico irá fazer com tanto material humano em mãos.

  • Adriano Furlaneto

    Claro que jogando esse fim que o levou à seleção brasileira Diego faz muita falta só Falei e faria a qualquer time do Brasil. No entanto, vínhamos fazendo boas partidas mesmo sem ele (embora os resultados em algumas situações tenham sido desfavoráveis) até a vergonhosa eliminação. De lá pra cá só fizemos jogos medianos ou ruins. Então, no meu modo de entender o time ainda sente a eliminação. Ainda não esqueceram, assim como nós também não.

  • roberto

    ZR hoje não é mais o mesmo do ano passado. Aferrado em convicções e critérios, dele ou emprestados, só vê como util uma parte do elenco e só um jeito de jogar. Acho que seja grande desperdício reforçar o grupo e mante-lo no comando. SRN

  • marcondes Alves

    um dia esses blogueiros vão aprender que todo time depende do eu craque, seja no barça com o messi, no real com o CR7 ou no fla com o diego, por isso que se paga muito nesses caras porque eles decidem, vamos acordar.

  • Rodrigo – Depto. de TI

    Diego é o melhor jogador do elenco. Sem ele o time cai e muito de rendimento.