Página inicial Colunas Coluna do Torcedor: “Zé Ricardo e a Reatividade – O prisma de...

Coluna do Torcedor: “Zé Ricardo e a Reatividade – O prisma de um OFF-RIO”

1179
38
COMPARTILHAR

Salve, amigos rubro-negros. Hoje tomei uma dose de coragem e resolvi materializar nestas poucas linhas alguns pensamentos que me cercam. É de longe que escrevo uma pequena reflexão sobre o nosso amado Flamengo. Na verdade, é de muito longe, mais precisamente de Belém-PA, a cidade das mangueiras.

Em primeiro lugar, quero destacar que esta humilde manifestação é mais um exemplo da onipresença do Mengão. Não tem essa de torcida terceirada. Isso é argumento para os pequenos. Sou torcedor, sócio-torcedor, também conhecido como ‘OFF-RIO”, apaixonado desde os 8 anos de idade pela magia do manto sagrado, mais um integrante da chamada “Nação”, mas a minha história de flamenguista fica para uma próxima vez. Hoje, o objetivo é discutir com vocês a postura do nosso atual treinador e o reflexo na mística rubro-negra.

Para isso, de início, fixei uma premissa: a reatividade, que de acordo com o dicionário significa “ação oposta a outra”. Pois bem, partindo deste conceito e o aplicando ao comando técnico do professor Zé Ricardo, nota-se que o referido treinador pauta a sua
escalação de acordo com os adversários.

Alguns poderiam argumentar que se trata de estratégia, assim como numa partida de xadrez, espera-se o movimento do rival no tabuleiro para definir a sua forma de atuar. Em contrapartida, outros poderiam analisar pela perspectiva de uma falta de identidade na formação do time, pois se ele confiasse na capacidade técnica e tática do seu estimado esquadrão, seriam os adversários que deveriam se adaptar ao consagrado, mais amado, e não o inverso.

Então, depois de apresentar estes dois prismas, prefiro perfilhar o segundo. E o motivo caro rubro-negro? É óbvio, porque isso aqui é Flamengo (ou essa frase só serve para mosaico?) e agir de outro modo foge completamente das raízes e identidade do time da gávea, construídos ao longo de décadas na base de muito suor, sangue e, sobretudo, coragem.

Sei que tal afirmação pode parecer soberba da minha parte, mas me perdoe quem  pensa diferente, porque falar de torcedor do Flamengo e soberba numa mesma frase é um pleonasmo.

Voltando ao centro da questão, o ponto que quero destacar é que o nosso treinador raramente age, via de regra, ele reage. Não estou aqui querendo discutir os métodos de trabalho e treinamento, mas sim as suas ações na beira do campo durante os jogos, especialmente nas substituições.

No fatídico jogo de ontem à noite contra o “time do Papa”, que marcou mais um vexame nas nossas odisseias em torneios sul-americanos, ficou bem claro, que toda substituição feita pelo “Zé” resultou muito mais da preocupação com o adversário, do que em tentar explorar as virtudes técnicas do próprio time.

E isso não é apenas uma opinião. Passou a ser um fato, uma constatação, principalmente depois da entrevista coletiva do nosso treinador quando ela tenta explicar as justificativas para as suas malsucedidas intervenções no decorrer da peleja: “Entrou fulano, para combater a saída do ciclano” e por aí vai.

O grande problema dessa conduta é que com isso, o Flamengo deixa de ser Flamengo, pois a partir do momento em que a maior preocupação é simplesmente neutralizar o adversário, deixando de tentar propor o jogo, de pelo menos tentar incomodar, deixamos de ser grandes e nos aprisionamos dentro de um covil de covardia.

No final do jogo de ontem, o Fla era uma balança completamente desequilibrada, de um lado do pêndulo: Guerrero, jogando sozinho na frente; na outra extremidade, o resto do time pesando para dentro do próprio gol, com o medo estampado na cara, na certeza de que estavam se suicidando.

Definitivamente, o “Mais Querido” não foi feito para substituir atacante por zagueiro, isto é uma blasfêmia. Atenta contra toda a nossa mística, viola a nossa sacrossanta história de vitórias e títulos. E meus amigos, sempre e para sempre que o Flamengo, ao menos por um minuto, tentar não ser Flamengo, fugindo das suas eternas características, podem ter certeza que o tal Deus do futebol vai nos punir.

Saudações Rubro Negras!!!

Geomar Brito


Quer ver seu texto também publicado na Coluna do Torcedor? Envie para redacao@colunadoflamengo e aguarde nossa resposta!


A coluna acima é de responsabilidade de seu autor e não reflete necessariamente a mentalidade do Coluna do Flamengo.

Comente pelo Facebook

  • Paulo Bernardo

    Falou tudo o que sinto, só que com muito mais clareza de ideias!! Parabéns pelo texto! SRN

  • Sabrina Abrams

    Concordo que o mengão fugiu as características de ataque, e que o Zé é reacionário, mas o jogo em si pode ser considerado como jogo de xadrez, esquemas táticos e etc, senão vira pelada de final de semana que voce chama sua galera. Po… quando você escolhe um time e vai com ele pra todas as situações, você mostra pros outros que eles não tem a mesma qualidade, e desmotiva. Isso é gerenciamento de pessoas.

    Voce usa bota para correr?, não né, voce troca por um tênis, certo?, mas e se você não tem um tênis, como faz?, vai de bota mesmo né… isso é o que eu vi do time ontem

    Detalhe que o melhor argumento foi “isso aqui é flamengo”, quis dizer nada com isso.

  • Léo Faria

    Ze Ruela Ricardo fez ontem o que sempre fez.
    Saiu na frente,recuou o time e entregou a bola pro adversário.
    Isso aconteceu na maioria dos jogos do brasileiro e vem se repetindo este ano.
    Lembro que contra o poderoso América MG ,que estava uns 9 ou 10 jogos sem fazer um gol, depois de achar um 2×0 recuou o time todo ,tomou um gol e quase sofreu o empate jogando como time pequeno.
    Esse técnico é medroso e ruim faz tempo.

  • marcondes Alves

    ja repetir varias vezes, o ze ricardo vai morrer com certos jogadores, isso aconteceu, quantas vezer disse que o everton, berrio, mancuello, mateus savio, marcio araujo, vaz, gabriel e muralha eram jogadores fracos, e ele conseguiu em um jogo ganho complicar, primeiro tempo foi bem, foi, mas não deveria ter colocado o romulo, era o cuellar, o mateus nem era pra ter ido, era para colocar o romulo no final do jogo e olhe la, somente isso, ou o rene que marca bem e não da mole, porque o mateus mostrou ontem que não tem condição de jogar bola em lugar algum, e novo mas ja deveria saber que bola pro mato que o jogo e de campeonato se aprende na escolinha.

  • Orlando Maia

    Texto muito bem escrito.Parabéns!!!! Eu o elogio pelas palavras de carinho e de amor,sincero, ao Flamengo.Seus argumentos são , de certa forma, polêmicos, tanto que vc, expôs os dois tipos diferentes, para ajudar na sua própria definição.E, realmente, isso melhorou a substância de sua opinião e a embasou, mais.Fica parecendo que é sempre achar uma forma de culpar o técnico, mas eu concordo com vc. Embora seja, vamos deixar claro, um técnico inexperiente, o Zé Ricardo tem um potencial fantástico.Contudo, concordando com vc, é fato que além da forma de nunca propor o jogo e, assim, ser mais destemido e corajoso, eu ainda incluo 2 características que ele deveria se aperfeiçoar:1)Sempre condiciona o time a um esquema , somente.Este esquema com dois meias-alas, vou chamar assim, e um jogador organizando e criando pelo meio, e dois volantes que flutuam.A questão é que vejo que, em determinados jogos, que se precisa propor mais um jogo com criação de meio de campo, este esquema fica fadado ao fracasso;2)Neste esquema único que ele gosta de propor, é preciso que os meias-alas e o armador de meio, tenham forte poder ofensivo, também.Saibam marcar gols e finalizar muito bem ao gol.Senão, acontece o quê aconteceu, ontem.O time domina ataca,ataca,mas não finaliza bem , desperdiçando as chances.Éverton, Gabriel e Bérrio(este ainda se adaptando), não sabem finalizar bem ao gol.Desperdiçam chances ótimas e se precipitam na hora de fazer a jogada certa.Não ocorreu só, ontem, não, mas na maioria dos jogos.O Guerrero é que tem se destacado muito.Voltando ao seu assunto principal, O Zé não poderia ter deixado de levar para um jogo desse um jogador como o Mancuejo,que se encaixaria muito bem como armador de meio, e é experiente, com personalidade e finaliza bem ao gol, sem falar que conhece como ninguém o futebol argentino.Tanto é que o jogador se mostra insatisfeito e quer sair. PARA FINALIZAR, QUERO DEIXAR UMA COISA PARA REFLEXÃO: O MENGÃO É GRANDE DEMAIS E , CONCORDO COM A FRASE FLAMENGO É FLAMENGO, PORÉM VIRAR OBA-OBA SEMPRE NOS PREJUDICA.É SÓ UM ALERTA!!!!! obs:SEM ARRUMAR DESCULPAS, COMO OS ÁRBITROS ROUBAM NESTA COMPETIÇAO.INVERTEU 6 LATERIAS, NÃO EXPULSOU UM JOGADOR NUM LANCE CLARO E NÃO DAVA FALTAS A FAVOR DO FLA.MAS, CONTRA, ATÉ AS MAIS SIMPLES ELE MARCAVA.ENTÃO, É MAIS UM MOTIVO PARA O TIME MANTER O FOCO E EVITAR O OBA-OBA.O 1º GOL DELES FOI UMA FALHA DE M.SÁVIO, POR DISPLICÊNCIA( TEM GRANDE FUTURO , MAS FOI OUTRO ERRO DO ZÉ TÊ-LO ESCALADO, POR SER INEXPERIENTE) E O 2º GOL, TAMBÉM , UM VACILO DA ZAGA.

    • Thiago

      SAbe o que é pior, que muitos dizem que o ZR é estudioso, que todos os times do mundo jogam no 4231 ou 433 e por ai vai….

      O botafogo ta se classificando, e o time ta jogando no 4321, com 3 volantes, um meia armador e dois centroavantes (Roger e pimpão). O ZR até tentou isso contra o U.C. la no chile, mas como que faz com um jogador a menos, que no caso é o MA que nao sabe fazer saida de bola, é omisso.

  • Thiago

    “Relaxem, tudo esta ótimo”, foi apenas “um erro”, “vamos deixar o ZR trabalhar”, “vocês são modinhas”, “o técnico treina o time todo dia, deve saber o que é melhor pro time”, “a mais foram poucas derrotas que o time sofreu no comando dele” , ” mas se tirar, vai por quem” e tantas outras desculpas que eu posso ficar o dia todo escrevendo, pois como aparece argumentos pra defender o ZR.

    Enquanto isso, a chapecoense com um a menos conseguiu ganhar do Lanus dentro da Argentina e decide em casa a classificação. Enquanto isso, o ATP venceu o U.C. la no chile. ENquanto isso o botafogo esta garantindo a vaga nas oitavas. ENquanto isso, SAntos, palmeiras e Gremio tem suas vagas quase que garantidas. OU seja, o flamengo vai ser o único clube brasileiro que vai ser eliminado da libertadores, nao conseguindo conquistar nenhum ponto fora de casa.
    Eu queria saber aonde os seus defensores arrumam os números falando que com ZR o time so perdeu 5 jogos kkk que conta é essa. O ZR assumiu a equipe na 4 rodada, sendo que tinhamos perdido apenas pro Grêmio, e terminamos com 7 derrotas no campeonato, só ai foram 6. Na Sul americana, de 4 jogos perdemos 2. Esse ano o flamengo perdeu 3 jogos na libertadores, e nem vou contar amistoso. Então foram 11 derrotas durante seu comando. O problema não e o numero de derrotas serem poucas, perdemos 3 na libertadores e fomos eliminados, perdemos 2 na sul americana, e fomos eliminados precocemente tbm. E durante o brasileirão, as derrotas foram pra times que a gente nao podia perder, por exemplo, o Inter.
    Eu time pode passar o brasileirao inteiro sem sofrer uma unica derrota, supomos que vença 19 e empate 19 jogos. Se o outro time vencer 26 e perder 12, adivinha quem vai ser campeão ????

    Então, essa pra mim é a hora de procurar outro técnico. Daria uma chance pro Marcelo Oliveira ou o Levir Culpi, ambos sao experientes e ja ganharam titulos importantes. Antes do Muricy sair, quem era ZR, um desconhecido, alguém tinha fe nele antes de assumir ?? .. então, parem com esse papo de que não existe binguem melhor e que ele é insubstituível. A torcida alerto sofre seus varios erros, mas por teimosia nao quis ouvir, agora vai pagar com seu cargo.

    • Neilton Lima

      Thiago, parabéns! Seu comentário foi PERFEITO. Assino em baixo e concordo com cada linha que você escreveu.

    • Helton

      Thiago, colocaste o dedo na ferida!
      Infelizmente, não é de hoje que se ouve dizer que “o pior cego é aquele que não quer ver” e entre os mais fervorosos admiradores desse técnico incompetente perfilam-se o diretor-executivo RC e o presidente EBM.
      Assim, embora a solução para os problemas de desempenho da equipe, já tardia, seja a imediata substituição do ZR, esta deverá ser protelada ao máximo, porque o rapaz é um bom companheiro e a insatisfação majoritária da torcida rubro-negra com o seu pífio trabalho, para os “donos” do Flamengo, não passa de um mero detalhe.
      Talvez, se terminarmos este ano sem conquistar qualquer das competições que disputarmos e sem conseguirmos a classificação para a próxima Libertadores, eles se animem, enfim, a discutir se será o caso de dispensá-lo ou se tal decisão será ainda precipitada, em face de sua potencial genialidade, que um dia, num futuro próximo, certamente nos proporcionará grandes alegrias.
      SRN!

      • Douglas Galvão

        Falou e disse tudo!

      • Thiago

        Relaxa … pela sua lista de relacionados contra o atletico-go, de duas uma:
        OU ele vai colocar o time com 3 volantes, colocando o romulo e Gabriel na ponta direita;
        Ou vai colocar o Renê de lateral e colocar mais uma vez o Trauco de meia armador pra queimar o cara;
        E durante o jogo, vai por o Rodinei na ponta direita, deslocando o Gabriel pra meia armador, ai depois de ver a cagada, ele tira o Gabriel e poe o Ederson.

        Atletico perdeu do Curitiba, mas o goleiro ajudou eles e muito kkkk e o tecnico mudou ele. Sem falar que na CB, o atletico estava sem o Walter.
        Ja vou até falar mais outra coisa, do jeito que o flamengo gosta de tomar gol de jogador com nome esquisito ou ruim, walter vai fazer um gol, escuta.

        • Helton

          Todas essas possibilidades que você listou são plausíveis, mas como ele foi muito criticado pela ausência de Mancuello entre os relacionados para o jogo contra o San Lorenzo, não me espantaria se ele o escalasse para iniciar a partida contra o Atlético/GO, naturalmente substituindo-o por algum suplente ainda no decorrer do primeiro tempo ou, no máximo, no intervalo do jogo.
          Kakakakakaka!

          • Ltom Macêdo

            Para mim se ele colocar o Mancuello de titular é um atestado de incoerência sem tamanho.

            Eu acho que ele vai colocar na ponta, porque Gabriel na cabeça do Gênio é o substituto natural do diego (Palavras dele).

            Enfim, mandaria ele embora. O grupo com certeza perdeu boa parte da confiança que tinha nele na última partida.

            Errar todos erram, mas errar uma em 3, 4 partidas e errar em uma é o mínimo que um treinador de nível faz e o ZR erra jogo sim e jogo não.

          • Helton

            É bem por aí…
            A incoerência do ZR é corolário de sua evidente insegurança, a qual, por sua vez, deriva da falta da experiência e do conhecimento necessários ao exitoso exercício da função de treinador da equipe de futebol profissional do Flamengo.
            Definitivamente, ele não está a altura do cargo que atualmente ocupa.
            E tenho fundada dúvida de que, algum dia, estará…
            SRN!

    • Douglas Galvão

      Concordo contigo, Thiago, pois, quem está satisfeito com o trabalho da comissão técnica e dá razão aos erros constantes do treinador que nos tirou de competições importantes e que nos deu prejuízos de dezenas de milhões, deixou uma nação de mais de 40 milhões de torcedores tristes e frustados com mais derrotas em jogos fáceis de ganhar, como foi esse contra o mediano time do San Lorenzo em que saímos na frente do placar e poderíamos ter feito mais gols, se o treinador covarde não tivesse recuado o time e feito substituições equivocadas mais uma vez – NÃO É TORCEDOR DO FLAMENGO – é torcedor do treinador e da sua panela!!!!!!!

      Aquele abraço

      • Ltom Macêdo

        Perderam uma chance de ouro de se livrar de um aprendiz de treinador.

        Está provado que quando o caldo entorna ele não sabe o que fazer.

  • Almir Ribeiro

    Boa reflexão. Acho que as tradições convivem com a modernidade que o futebol de hoje exige: velocidade e marcação. O futebol “romântico” é passado…até ai tudo bem, mas eis a questão: os equívocos nas substituições são reflexos da falta de lastro de Zé. Nitidamente ele não é um técnico pronto nesse quesito. Parece que o adversário já sabe o que vem e de fato são as mesmices na maioria das vezes é isso. O coletivo não funciona e o individual está definindo, quando não o time para. EQUILÍBRIO. Isso está faltando. Zé tem que rever seus conceitos, fazer ajustes no time e quando falo em ajustes me refiro ao abandono com : Gabriel, dando a Ronaldo mais chances tirando MA e fazendo um rodízio, montando o “time do flamengo” com um padrão de jogo definido e não ficar vivendo como “um Camaleão”. Isso não está funcionando.Então MUDA ZÉ O QUE CUSTA. Eu como torcedor do CRF quero muito que tudo dê certo, mas do jeito que está não pode continuar. Se insistir não vai durar muito. Seria uma pena, pois Zé é um técnico novo, tem potencial, mas peca e muito pela teima e preferências de valor duvidoso.

  • Marcus roberto rodrigues perei

    Temos que vaiar o Gabriel toda partida para que o empresário dele desista de empurrá-lo na nossa goela abaixo. Esse pseudo jogador não dá mais.

    No tocante ao Zé Ricardo digo que ele errou nas substituições!!! Isso é muito claro. Mas vamos ser sinceros. O real problema do Flamengo, meus amigos, é que não sabemos fazer gol. Isso é o problema central desse time.

    Como sofremos toda partida vendo a bola rodar a área e a bola não entrar. Isso é trágico.

  • Marcus roberto rodrigues perei

    A outra verdade que me vem a cabeça é que o time do Flamengo não tinha casca para levar essa libertadores, pois faltam jogadores com raça nesse time.

    Porra, não tem jogador que faça um drible. Parece que esse fundamento é proibido no Flamengo.

    Os caras chegam perto da área, e, ao invés de partirem para cima, driblando com a raça rubro-negra. Eles param e recuam para o goleiro. Taqueopariu!!!!!!!!!!!

    Realmente faltam-nos jogadores cascudos. Esses estrangeiros parecem dementes e frágeis. É impressionante!!!!!!! Parece que o Flamengo não acerta uma contratação. Também né, o Centro de Inteligência é formado por garotinhos universitários gaúchos que são um bando de bundão cartoleiro que ganham dinheiro do Flamengo para trazer o lixo da América do Sul.

    Tem que botar uma galera entendida nesse centro, tendo em vista que já queimamos 50 milhões com esses estrangeiros que não servem para nada. Não tem um com raça. Isso é fabuloso.

    A contratação do Berrío foi um erro. O cara não tem o fundamento do domínio e drible. Logo não serve para jogar futebol. Infelizmente!!!!!!

    • Ltom Macêdo

      Você está em um jogo, relativamente sem preocupações, com 1 a 0 no placar e precisando empatar.

      Tem um atacante de velocidade (que estava mal na partida), mas que prendia os jogadores do outro time na defesa, você tira a válvula de escape do time e põe um volante sem ritmo, o outro time cresce em cima de você. Não é meio óbvio isso?

      E realmente, considerando os times Europeus o Flamengo ainda é meia boca, mas considerando os times que enfrentou nosso time é muito melhor, não tem desculpa se o treinador prefere Gabriel e MA, que não tem saída de bola embora esteja marcando razoavelmente bem.

      Outra coisa o nosso treinador foi um dos da serie A que mais levou a serio o campeonato carioca, isso porque ele era cabaço de títulos, então tivemos uma sequencia de jogos grande com o time titular, estourando a maioria deles, ele chegou ao cúmulo de colocar o Rômulo pra jogar 4x em 2 semanas, sendo que o cara não estava bem fisicamente. A culpa disso é dele e da comissão.

      Ele errou demais e nos proporcionou mais um vexame. Como apagar esse vexame? Classificando pra libertadores de novo? Pra ele entregar na primeira fase de novo?

      Só apaga esse vexame com um título e sinceramente se você vê nele esse potencial pra isso você é muito otimista.

      Preferiria não arriscar.

  • Marcus roberto rodrigues perei

    Quanto ao Zé Ricardo devemos esperar até o fim do ano pelo menos. Não vamos, por ora, pirar o cabeção. Vamos dar um tempo a ele, pois tem mais coisas positivas do que negativas.

    Aí no final do ano fazemos um balanço do Zé Ricardo e também uma barca com esse monte de jogador enganador.

    • Francilucio Feitosa

      Esperar o que amigo? esperar sermos rebaixados e eliminados das proximas competições para ser feito alguma coisa.

      • Ednei P. de Melo

        Lá vem essa falácia de novo… &;-D

    • Francilucio Feitosa

      Quantas vezes passamos por eliminação com esse técnico. SEMPRE SABEMOS QUE O FLAMENGO É TIME DE CHEGADA, SEMPRE USAMOS A FRASE DEIXOU CHEGAR JÁ ERA, E AGORA CHEGAMOS E NADA DE SER CAMPEÃO….HÁ NÃO SER DO CARIOQUINHA QUE SE NÃO GANHA TBEM.
      PRECISAMOS DE RESPEITO SAMOS FLAMENGO PRRA.

    • DefendaSeuDinheiro

      eu também penso por aí, mesmo por que as opções de mercado são pífias… o menos ruim, mas que também não me agrada é o burro com sorte, ex-cruzeiro e ex-palmeiras.

      • Ltom Macêdo

        Se o MO e o Levir Culpi são pífios o que´o ZR?

        • DefendaSeuDinheiro

          Futuro

          • Ltom Macêdo

            Põe futuro nisso…

    • Douglas Galvão

      Marcus, não seria melhor dar um tempo de uns 10 anos pra ele???????

  • Geomar Brito

    Bom dia Amigos. Agradeço o feedback de todos. A intenção do texto é provocar discussão mesmo, concordar ou não faz parte. SRN

  • DefendaSeuDinheiro

    Bom texto, mas bem exagerado!!
    Tem jogo que é preciso sim trocar um atacante por um zagueiro ou um zagueiro por um atacante, enfim, vão das circunstâncias.
    SRN

    • lucasrf8

      Exato.
      A obrigação do Zé é analisar o adversário e variar, mesmo que pouco, para melhor encaixar o nosso time contra o adversário.
      Não estamos na Europa para sermos refém de um único esquema de jogo por ter os melhores em cada posição!

      • Thiago

        Errado … isso é atitude de gente covarde, que nao confia no seu trabalho e nos seus jogadores.
        Se você tem um bom sistema de jogo, onde tem um equilibrio defensivo bom e ofensivo tambem, vc nao precisa variar o time de acordo com o adversario, vc tem que substituir para manter o mesmo ritmo de jogo.
        Vc coloca um zagueiro, quando o zagueiro se machuca, lateral qdo o lateral se machuca. Talvez qdo se precisa de fazer gols seja um momento de arriscar e mandar o time pra frente, tirando um volante e pondo um atacante, mas jamais mudar pra segurar resultado, se fechar, isso é atitude de covardes.

        • lucasrf8

          Então agora variar o time dependendo do adversário é atitude de gente covarde?
          O 7×1 é a maior prova dessa besteira que vc disse!
          Concordo que precisa ter um esquema equilibrado, mas que seria interessante fazer uma pequena variação dependendo de cada adversário, até pq nem todos os adversários jogam iguais.

          • Thiago

            “O 7×1 é a maior prova dessa besteira que vc disse!”
            Mudou a forma de jogar, entrou com medo da ALemanha e tomou a maior goleada e vexame de uma COpa.
            Por acaso vc assisti futebol Europeu ???? vc ja viu o Real madrid, PSG, Bayern, Atletico, Juventus mudar a forma de jogar ?? Vc muda qdo não tem peça pra isso, sai alguém por exemplo o real que o bale machucou e mudou pq não tem um ponta corredor, mas mudar por causa do adversário, se acovardar que nem fez o ZR ????

          • lucasrf8

            Manteve a mesma formação quando todos sabiam que precisava anular o meio da Alemanha. Colocou Bernard para substituir o Neymar e todos viram a tragédia que foi.

            Essas equipes que você citou possuem os melhores jogadores do mundo em todas as posições. Não se compara com o futebol sul-americano.

            Respeito a sua forma de achar como deve ser o futebol, mas não concordo.

  • Douglas Galvão

    Excelente texto, muito real com o atual comportamento do Flamengo do Zé.
    Quem está satisfeito com o trabalho da comissão técnica e dá razão aos erros constantes do treinador que nos tirou de competições importantes e que nos deu prejuízos de dezenas de milhões, deixou uma nação de mais de 40 milhões de torcedores tristes e frustados com mais derrotas em jogos fáceis de ganhar, como foi esse contra o mediano time do San Lorenzo em que saímos na frente do placar e poderíamos ter feito mais gols, se o treinador covarde não tivesse recuado o time e feito substituições equivocadas mais uma vez – NÃO É TORCEDOR DO FLAMENGO – é torcedor do treinador e da sua panela!!!!!!!

  • André Santoro

    Zé, quer se salvar? Temos 37 finais pela frente… Ganhe 80% dos pontos. Ponto.