Bandeira se explica em relação à expressão ‘falsos rubro-negros’

Após a derrota por 2×1 para o San Lorenzo, que desencadeou na eliminação do Flamengo na Libertadores, o presidente Eduardo Bandeira de Mello, com nervos a flor da pele, acabou se exaltando durante uma entrevista, e lançando a expressão “falsos rubro-negros”, o que deixou uma parcela de torcedores irritados.

No início da tarde de hoje (19), o presidente foi à sala de imprensa Victorino Chermont e, em uma breve participação, falou sobre o caso, buscando ‘se entender’ com a torcida.

“Quando falei a expressão falsos rubro-negros houve quem interpretasse que eu estivesse me referindo a todos que estivessem criticando a derrota do Flamengo ou quem não gosta de mim. Seria um absurdo isso. Falo de minoria, de um número mínimo. É gente que lamenta quando ganhamos e celebra quando ganha. São pessoas que interesses pessoais se sobrepõem à paixão pelo clube, se é que a paixão existe”. – Disse Bandeira

Além do presidente, o meio-campista Matheus Sávio e o técnico Zé Ricardo foram os mais criticados após a eliminação, e precisarão, desde já, tomar atitude para recuperar o moral. A primeira oportunidade para isso será no próximo sábado (20), quando o Fla enfrentará o Atlético-GO, pela 2° rodada do Brasileirão. Clique aqui e confira os relacionados para a partida.

Comentarios

comentário











Ver mais notícias