Página inicial Destaque Após primeira derrota em playoff pelo Flamengo, José Neto diz: “Esporte é...

Após primeira derrota em playoff pelo Flamengo, José Neto diz: “Esporte é isso”

253
7
COMPARTILHAR

O semblante carregado e a cabeça baixa em nada lembravam o José Neto dos últimos anos. Multicampeão pelo Flamengo, o treinador sentiu a dor da derrota pela primeira vez no Novo Basquete Brasil desde que chegou ao clube. Contratado em 2012, ele emendou quatro títulos seguidos,e com a virada por 3 a 2 para o Pinheiros, com o Ginásio do Tijuca lotado, perdeu pela primeira vez uma série de playoffs pelos cariocas. Após o revés, nenhum jogador do Flamengo falou com a imprensa. A assessoria de imprensa do clube trouxe o técnico, responsável por ser o porta-voz da frustração depois da eliminação na série quartas de final do NBB.

Em nenhum momento me preparei para falar sobre a derrota, então tudo que sair aqui está saindo do coração. Está vindo muito pelo sentimento e pela emoção do que pela razão. Eu não pensava em falar nesse momento, nessa situação. Fui sincero com eles. Falei para eles que eu não tinha nada preparado para falar com eles no vestiário sobre uma derrota, sobre sair nessa fase agora, porque não merecíamos isso como time, como proposta de trabalho principalmente, mas o esporte é isso. E a gente sabia que ia encontrar muita dificuldade aqui – disse José Neto.

Ao fim da partida, a torcida do Flamengo compreendeu a luta do time. Abraçou os jogadores, aplaudiu e gritou o nome do técnico José Neto. Carregado emocionalmente, Neto elogiou o Pinheiros, mas lembrou a luta do Rubro-Negro em uma temporada cheia de lesões que impossibilitou que o time jogasse a fase regular com sua força máxima.

Eu não gosto de justificar nada, mas acho que a gente, durante essa temporada, o resultado pesa muito, mas temos que ver o que sofremos nessa temporada, tudo que passamos. Falei para eles que saiam daqui se sentindo homens, com hombridade, porque o esporte é isso, e é vida que segue. A torcida fez a parte dela, lotou o ginásio, fez o que tinha de fazer. Eu me sinto talvez, não gosto da palavra frustrado, porque não representa aquilo que sou, mas me sentido em débito com a torcida. E espero reparar isso o mais rápido possível – explicou José Neto.

Ainda no calor da derrota, Neto não conseguiu encontrar palavras para explicar o que faltou ao clube na série contra o Pinheiros. Após estar vencendo por 2 a 0, o Flamengo levou a virada por 3 a 2, perdendo três jogos seguidos.

Não estava preparado para falar sobre isso, temos que ver bem onde pecamos, e não podemos achar que o Pinheiros é um time qualquer, ganhar três partidas da gente mostra que eles têm um time capaz. É um jogo de detalhes. Pecamos no final. Se a bola de três pontos caísse, tínhamos ido à prorrogação, e com a moral que a gente tava… Mas não existe essa coisa do “se”.

Reprodução: Globo Esporte

Comente pelo Facebook

  • Wagner Alves

    Essa comissão técnica, os jogadores e todos os envolvidos no basquete do Flamengo estão de parabéns e não precisam se desculpar por nada. Todo ano o Flamengo muda o elenco mas mantém a competitividade, isso sim é um trabalho a longo prazo que deu e está dando certo.

    Vitórias e derrotas fazem parte, tenho certeza que o time vai se reforçar e treinar ainda mais forte pra ganhar ano que vem.

  • mtakh

    Acho que aposenta o Marcelinho, com seus 42,já nos ajudou muito,porém os últimos anos,tem um rendimento pífio, um “chutador de 3”, mais novo é fundamental. Marquinhos joga muito, Neto,nosso comandante,Ronald Ramon,ficam.O resto a ser avaliado.

    • Dieki

      O marcelinho é um grande lider do grupo. O que tem atrapalhado sao as lesões, seguidas. Merecia a aposentadoria com título, não fe forma melancólica saindo numa quartas de final.

    • Cookiller

      Tá na hora de aposentar mesmo, na próxima temporada com o hexa pra ter uma retirada gigante.

  • Borgerth

    têm mó crédito. verdadeiro time de campeões.

  • Dieki

    Depois de 4 anos seguidos mandando. Uma hora perde. Espero que eles descansem bem, porque nos ultimos anos, n rolou nem um mes inteiro de folga.

  • Fla 2017

    Merecem todo o crédito. Carregaram o esporte do Flamengo nas costas enquanto o futebol​ estava pífio. SRN