Home Notícias Separando o joio do trigo: compare os grandes em jogos contra rivais...

Separando o joio do trigo: compare os grandes em jogos contra rivais da elite, internacionais e diante de pequenos

268
2
SHARE

Estamos cada vez mais próximos do início do Campeonato Brasileiro e, com isso, a cresce a expectativa para ver como cada time se sairá na maior competição nacional.

Muitos afirmam que os estaduais, por seu nível técnico inferior aos outros torneios do ano, não serve como parâmetro para dizer se um time está jogando bem ou mal.

Por isso, o ESPN.com.br fez um levantamento dos resultados dos 12 times mais tradicionais do Brasil, levando em conta o retrospecto em partidas internacionais, quando enfrentam outro “grande” e contra os times de menor expressão. Confira!

Melhor classificado do Campeonato Paulista, o Palmeiras perdeu quatro vezes no ano, entretanto, três delas para equipes do interior (duas para a Ponte Preta, que disputa a série A do Brasileiro). Por outro lado, não perdeu nenhuma partida internacional e foi derrotado em apenas um clássico, para o Corinthians – vale lembrar que a equipe de Eduardo Baptista ainda não jogou pela Copa do Brasil.

Contra os grandes, o Corinthians não perdeu nenhuma partida, mas foi eliminado nos pênaltis para o Internacional, após dois empates. Por outro lado, todas as duas derrotas da equipe foram para times “menores”. Já o São Paulo aplicou a única derrota do Cruzeiro no ano, entretanto foi eliminados pela equipe mineira na Copa do Brasil. Dentre os paulistas, os comandados por Rogério Ceni são os que mais empataram: seis vezes.

O Santos é o único do quarteto que perdeu todos os clássicos. Na Libertadores, são dois empates e apenas uma vitória.

Vale lembrar que nenhuma destas quatro equipes disputa a Primeira Liga e que, portanto, todos os confrontos contra “grandes” são clássicos estaduais.

Corinthians contra times
Internacionais: 1V
Grandes: 3E, 3V
Pequenos: 8V, 5E, 2D

Palmeiras contra times
Internacionais: 2V, 1E
Grandes: 2V, 1D
Pequenos: 8V, 3E, 3D

Santos contra times
Internacionais: 1V, 2E
Grandes: 3D
Pequenos: 9V, 1E, 2D

São Paulo contra times
Internacionais: 1E
Grandes: 2V, 2D, 1E
Pequenos: 9V, 2D, 5E

Apesar de soberano nos últimos Campeonatos Gaúchos (venceu as últimas seis edições do torneio), o Internacional perdeu todas as suas três partidas no ano para equipes interioranas. Contra times mais fortes, são três empates (dois com o Corinthians, pela Copa do Brasil) e apenas uma vitória, contra o Fluminense pela Primeira Liga.

Já o Grêmio está invicto em confrontos internacionais: são duas vitórias e um empate na Libertadores. Por outro lado, conseguiu apenas um ponto nas duas vezes que enfrentou equipes tradicionais do país.

Grêmio contra times
Internacionais: 2V, 1E
Grandes: 1E, 1D
Pequenos: 7V, 6E, 2D

Internacional contra times
Internacionais: não disputou nenhuma partoda
Grandes: 3E, 1V
Pequenos: 12V, 4E, 3D

No Campeonato Mineiro, Atlético-MG e Cruzeiro são soberanos até o momento. Apenas os atleticanos perderam no torneio, duas vezes em clássicos e mais uma derrota para o Caldense, por 2 a 1.

Enquanto isso, a única derrota da equipe de Mano Menezes na temporada foi para o São Paulo, por 2 a 1 no jogo de volta da Copa do Brasil – mesmo com o resultado adverso, os cruzeirenses avançaram na competição.

Em âmbito internaiconal, o Cruzeiro (que joga a Sul-Americana) venceu a única partida que disputou. Já o Atlético-MG (que participa da Libertadores), tem uma vitória, um empate e um revés.

Atlético-MG contra times
Internacionais: 1V 1E, 1D
Grandes: 2D
Pequenos: 10V, 1D, 2E

Cruzeiro contra times
Internacionais: 1V
Grandes: 1D, 3V
Pequenos: 5E, 12V

Entre as equipes do Rio de Janeiro, apenas o Vasco não joga torneios internacionais. O Botafogo passou pela fase preliminar da Libertadores e, até agora, perdeu apenas para o Olímpia (mas se classificou, nos pênaltis), enquanto o Flamengo tem duas vitórias na competição. Já o Fluminense, pela Copa Sul-Americana, tem 100% de aproveitamento.

Contra arquirrivais, as equipes de Jair Ventura e Zé Ricardo ainda não perderam na temporada, mas o primeiro amargou um revés contra o Madureira, na estreia do estadual, enquanto o segundo não sabe o que é perder em âmbito nacional.

Contra equipes tradicionais, o Fluminense tem duas vitórias, dois empates e duas derrotas. Já o Vasco triunfou em apenas uma ocasião contra grandes, tem três empates e foi superado duas vezes.

Botafogo contra times
Internacionais: 1D, 2E, 4V
Grandes: 3D, 1V, 1E
Pequenos: 1D, 6V, 1E

Flamengo contra times
Internacionais: 2V, 1D
Grandes: 4E, 2V
Pequenos: 9V, 2E

Fluminense contra times
Internacional: 1V
Grandes: 2D, 2E, 2V
Pequenos: 11V, 2D, 3E

Vasco contra times
Internacionais: não disputou nenhuma partida
Grandes: 1V, 3E, 2D
Pequenos: 8V, 2E, 2D

Fonte: Espn

Comentarios

comentário

  • Wagner Alves

    O que me incomoda nesse time do Flamengo é o número de empates com o jogo na mão, ou pelo menos sendo melhor que o adversário. Isso em clássicos e jogos contra adversários tradicionais.

    O time tem intensidade até um certo ponto do jogo e depois para, principalmente se fizer o primeiro gol, e dificilmente conseguimos golear outros grandes também.

  • Ltom Macêdo

    É a prova que estadual não conta.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com