Página inicial Destaque Ederson e Conca próximos de vestirem a camisa do Flamengo

Ederson e Conca próximos de vestirem a camisa do Flamengo

4718
53
COMPARTILHAR

O Flamengo não dá prazo para a volta de Ederson e Conca, mas ambos estão em contagem regressiva para jogar novamente. É assim, em cinco etapas, que o processo de recuperação é organizado pelo clube em sua nova metodologia. Nela, Conca está na fase quatro, ainda controlado de perto. Sua volta depende de finalizar essa etapa e chegar à próxima, que prevê jogos-treinos e condicionamento. É neste ponto que está Ederson, que treina normalmente e já foi monitorado em jogo-treino. Sua participação contra o Botafogo, domingo, é improvável, pois ainda precisa evoluir em algumas questões físicas.A avaliação é diária e tem a voz de todos os profissionais do Centro de Excelência em Performance, liderado pelo médico Márcio Tannure com auxílio de um lado do preparador físico Daniel Gonçalves e do outro do fisioterapeura Fred Manhães.

Ederson é um exemplo de atleta percorreu a transição do método antigo para o atual, entre 2015 e 2016. Segundo Tannure, a cirurgia no joelho esquerdo do atleta lhe causou atraso.

— No inicio do ano passado pegamos ele de uma lesão muscular, detectamos desequilíbrio, que foi corrigido. Depois teve outra lesão, uma pancada no joelho, e após a cirurgia teve intercorrências que atrapalharam o processo — explicou o médico.

Conca, por sua vez, iniciou do zero a recuperação no joelho esquerdo ao chegar da China. Fez a fase um, curando as dores na fisioterapia, a dois, com os primeiros movimentos, a três, transição para a preparação física, até ir a campo, na fase quatro.

— Quanto se está na fase quatro, liberado com bola, ainda tem restrições a atividades intensas, que aumentam a imprevisibilidade. E normalmente tem déficit motor, muscular, que requer recondicionamento — analisa Daniel Gonçalves, detalhando a fase seguinte:.

— A fase cinco é de polimento, do ajuste fino, para gradativamente atingir os últimos aspectos do jogo.

METODOLOGIA PREVENTIVA E TRANSDISCIPLINAR

Em um ano, o CEP Fla estabeleceu procedimentos que previniram o time de lesões. O protocolo é baseado nas cinco etapas de recuperação, para não liberar o jogador para campo antes da hora, “no olho”, como acontecia antes. Para melhorar o método, os treinamentos são individualizados.

— Criamos alguns critérios para passar de uma etapa a outra, por isso não damos prazo. Tem atletas que podem cumprir em prazo menor e não tem porque segurar. E se demorar um tempo a mais não nos preocupa, porque não abrimos mão de que cumpra todas as etapas — explicou Marcio Tannure, há 15 anos no clube.

Para ele, em um ano foi corrigido o grande problema no departamento médico.

– Queremos criar uma linguagem comum, vemos em outros clubes mutidisciplinar e não transdisciplinar. Esse era um dos grandes problemas que detectamos no Flamengo, que era principalmente de comunicação. A gente trabalha em conjunto. Todos sabem o que acontece em cada área. Tem fase que fisioterapeuta e preparador físico participam ao mesmo tempo. Temos tido sucesso, os números mostram, mas temos sempre que melhorar porque buscamos a excelência – completou.

As reuniões diárias contam com todos os profissionais. Eles reúnem informações e debatem os trabalhos com os jogadores. A cada etapa cumprida, a orientação pode mudar, por isso não há prazo.

– Temos reuniões diárias para saber que fase está cada atleta. Isso é feito por avaliações, percepções que a gente tem. Por isso é difícil falar em tempo. Cada atleta reage em velocidade diferente. Não tem data. Primordial é cumprir cada fase inteira, para não reincidir – explica Fred Manhães.

Este ano, o Flamengo recolheu atletas como Réver, Rômulo, Everton para treinamentos específicos. Mesmo sem lesões, o clube detectou desgaste e recolocou os jogadores em treinamentos para corrigir os problemas. Diferentemente das cinco fases, esse procedimento não é para atletas machucados e requer menos tempo, pois é complementar.

– A gente consegue detectar o desgaste do atleta em função do treinamento. Mas tem lesões imprevisiveis. Algum sinal de alerta, a gente reúne todas as áreas, todos são escutados, e pensamos em custo-beneficio. Poupar em um momento ou expor e poder ficar sem ele por mais tempo? Algumas dessas decisões são preventivas. Fazemos uma investigação sobre a carga de treinamento. Se tiver algum desequilíbrio isso vai ser corrigido. Tem que tratar a consequência e a causa. O atleta pode ser retirado do treino ou ter treino especifico – detalha Tannure.

Em uma fase mais aguda de treinamento, o critério da liberação é por exame de imagem, a ultrassonografia. Além disso, a prevenção se dá com termografia, utilizada para ver a fadiga. É uma câmera usada na indústria para ver se há dutos com temperatura elevada, e foi importado para área clinica para detectar aumento da temperatura local que indicaria um processo inflamatorio.

– Essa avaliação é feita no pós-jogo sempre, ou na fase de recuperação – lembra Daniel Gonçalves.

O preparador pega a partir da fase três e para passar da fase quatro para a cinco o jogador precisa atingir 90% do que já produziu. O trabalho diário é dosar para não exceder a carga de treino nem diminuí-la demais, para não “destreinar” o atleta.

– Uma coisa é lesão, quando tem as fases de um a cinco. Mas o atleta não lesionado também tem etapas a cumprir em função do padrão de desempenho. Quando está abaixo, podemos ter intervenções individualizadas. Se esta tendo fadiga exagerada, desempenhoo abaixo, deficit muscular, faz um programa e avalia a conduta, com calculo de risco, se vale a pena tirar de sessões de treinos e jogos para ter ganho na frente. Não tem um protocolo estabelecido. Tem o quanto pode tirar do atleta e em relação ao controle de carga. Isso auxilia que tenhamos menos lesão. Se ele sobretreina pode ter lesão, e sub-treino o deixa abaixo do potencial. A faixa é pequena. Sao controles diários para trinta e poucos atletas – conta o preparador físico.

Fonte: O Globo

Comente pelo Facebook

  • Marty Mcfly

    A Paciência é uma bela virtude.

    • Ibsen Perdigao

      Que 95% da galera nao tem. Hauahaua

  • Ednei P. de Melo

    É nessas horas que adoraria ler as opiniões do Fred (ex-atacante do Flu)… &;-D

    • Gol D. Roger

      oq tem ele?

      • Ednei P. de Melo

        Adorava reclamar de departamento médico… &;-D

  • Gol D. Roger

    esses 2 jogando….

    • Raffael Humilhando Ricardetes

      O Conca e bom , esse Ederson e um pereba , já está aqui a dois anos e não faz nada , e um come e dorme.

  • Luciano Pereira

    Pelo andar da carruagem, Conca vai estrear antes do retorno de Éderson.

  • Marcel

    Conceitos muito interessantes!
    Não sei a origem (criados ou copiados de alguém), mas mostram uma evolução ímpar na área de recuperação de atletas.
    Resumindo: o tempo vai mostrar a eficácia desses métodos “transdisciplinares”.
    Espero que estejamos na vanguarda, como sempre!

  • Felipe lopes

    Qta novela. Ederson já era para estar joga do de acordo com o Runco. E Conca já estaria pronto agora final de abril inicio de maio. Agora já até ouvi o caso do Conca para junho ou julho. N dá pra entender.

    • Gol D. Roger

      oq o runco sabe se ele nem trabalha la?

      • rafa

        Pois é, como o cara critica um trabalho sem conhece-lo

    • Junior_Capacete

      Runco não disse isso.
      Disse que não é por problemas com a operação no joelho

      • Ltom Macêdo

        Exato, tirou o dele fora…

  • Marcio Castro

    Evolução ou involução? Difícil em um cenário moderno, onde aliada a tecnologia desenvolvida na área da fisiologia do exercício e fisioterapia esportiva sejamos forçados a entender como normal uma recuperação de um atleta de mandar tanto tempo assim. De fato o birrento chororo do Dr. Runco que para proteger sua prole largou merda no ventilador trouxe a tona esse tipo de questionamento. Será que o DM segue a melhor linha da medicina esportiva e estaria realmente fazendo um trabalho de ponta? Difícil responder, mas esse vagaroso processo de recuperação liga esse alerta.

    • Gol D. Roger

      axo q o ano passado provou isso em….

    • Thiago Diniz

      É bem possível que tenha havido algum erro no caso do Ederson, mas não existem trabalho sem erro algum nem na NASA.
      O fato de termos sido a equipe com menos lesões ano passado comprova que o trabalho é muito bem feito e merece ser elogiado. Mas sempre dá pra melhorar sim.

  • Fla 2017

    Fosse em outra época o Ederson e o Conca já estariam jogando.

    • Eduardo Moreira

      Com ctz. Tudo isso que a reportagem falou é frescura e o Flamengo não foi o time que menos sofreu com lesões em 2016.

      • Adriano Furlaneto

        qual foi o time? fiquei curioso!…

        • Thiago Diniz

          Foi de fato o Flamengo, Adriano.

      • Gol D. Roger

        né….

    • Gol D. Roger

      estariam jogando reclamando de dores e tomando infiltração né kkk

  • zarakem

    o problema do Ederson não é o departamento medico e sim ele mesmo que e feito de vidro, de 2010 a 2017 em nenhum ano o cara fez 30 partidas sempre machucado, jogador de vidro eu sou capaz de apostar que não fará 10 partidas e se machuca novamente

    • Gol D. Roger

      pensamento positivo sempre cara…..

      • zarakem

        pensamento positivo por um cara que não joga a proticamente 7 anos, que esta a 9 meses parado e recebendo em dia, Edeson já esta no flamengo a 2 anos e se bobear não tem 30 jogos em 2 anos, o que me faria pensar que agora vai? que motivos tenho para isso?

    • Ibsen Perdigao

      Fechado. Apostado 50,00. 10 partidas

    • Ltom Macêdo

      Vc está sendo precavido.. 10 partidas!! kkkk

  • wanderpc82

    Com essas mudanças no Flamengo, na filosofia de trabalho, na infraestrutura, fico aqui pensando quando algum desses atletas saírem pra outro time aqui do país.

    A primeira coisa que eles vão achar MUITA diferença vai ser justamente todo esse cuidado na preparação física, seguindo por etapas e supervisão da equipe médica, tendo cada um uma dieta nutricional específica.

    Vão sentir muita diferença.

    • Gol D. Roger

      difícil um atleta nosso ir pra outro clube do brasil, a não ser q seja um q nos estejamos descartando claro

  • Guerrero

    Eu tô ouvindo que o Ederson está próximo de voltar a jogar já faz uns 5 meses kk

    • Nielson campos bastos

      Bom dia
      Rs
      Ele bateu todos os recordes 9 meses de uma mulher gravida.Putz

  • Raffael Humilhando Ricardetes

    Esses jogadores MEDIOCRES , de hj em dia são umas moças qualquer coisinha se machucam , tem uma esteira do caramba e nada. O DM tem sua culpa tbm. E esse Ederson e um chinelinho a carreira dele foi só ganhar grana , futebol nada, tem mais tempo no DM do que no campo

    • Eduardo Moreira

      Esse daí chamaria até o Zico de bichado e chinelinho.

      • Nielson campos bastos

        Bom dia
        trás
        Com ctz. Tudo isso que a reportagem falou é frescura e o Flamengo não foi o time que menos sofreu com lesões em 2016.(Vc critica a opniao do raffael e escreve essa sua opniao no texto acima no minimo vc foi mt contraditorio ou nao)
        Abracos

        • Carlos Teixeira

          Em 2017, está sofrendo com lesões.

        • Eduardo Moreira

          Eu fui irônico. O Flamengo foi o time que menos sofreu com lesões em 2016. O DM está de parabéns pelo trabalho que vem sendo feito.

    • Nielson campos bastos

      Bom dia
      Apoiado

  • Almir Ribeiro

    Ederson já está liberado para jogo. Conca ainda segue na recuperação. Ederson tem que voltar aos poucos, sem a menor pressa, e acho muito improvável que seja em um jogo decisivo e com pressão. Torço muito que volte voando e dê a volta por cima. Conca, que venha logo, o time precisa e um “cérebro” nesse meio “confuso”.

    • Carlos Teixeira

      se tiver mas calma com o Ederson, ele só vai jogar o jogo de despedida dos gramados. kkkkk

  • BVZ Top

    —–Arão—Ronaldo—
    ———-Diego———–
    –Conca——-Vinicius Jr
    ——-Guerrero

    • Adriano Gomes

      Provavelmente vc terá mais uma opção aí para a próxima janela: Éverton Ribeiro.

      • Carlos Teixeira

        Seria um sonho o Zé escalar um time desse…

  • Junior_Capacete

    Vamos canela-de-vidro, força ossos-de-velha, estamos com você todo-quebrado.
    Acho q contra o Atlético seria uma boa levá-lo.

    • Nielson campos bastos

      Bom dia
      Kkk

  • Adriano Gomes

    Infelizmente só os melhores​ jogadores é que estão no DM: Conca, Everton, Ederson e agora para piorar o Diego.
    Tomara que o Everton Ribeiro continue bem até a próxima janela.kkkkk

    • Nielson campos bastos

      Bom dia
      Amigo
      Melhores senhor everton e ate ederson?

    • Carlos Teixeira

      Se fosse o Marcio Araujo, o DM teria liberado em uma semana, o jogador é imprescindível. kkkk

  • Edson Mattiuzzi

    Bicho,
    Eu vi aquela confusão do runquinho de uma forma diferente. Pra mim é um punhado de gente querendo aparecer e outro tanto achando que é especial.
    Pelo trabalho do ano passado, por ser referência mundial em tratamento de atletas e pelo respaldo profissional do Tanure, eu prefiro acreditar no CEP MENGÃO. Acredito que as coisas funcionem como tem que funcionar. O trabalho vem sendo feito beirando a excelência, na minha visão.
    De resto, é só aguardar pra conferir……
    Isso aqui é FLAMENGO!!!!

    • Carlos Teixeira

      Esse ano o CEP está movimentado.

  • Carlos_Mengão

    Vai chegar o fim do contrato do Enderson e ele não volta. Quando acabar espero que lembrem de não renovar. Mas como quem está lá é o Rodrigo Caetano, provável que renove por 3 anos.

    • Elder

      Engraçado que é o mesmo que trouxe Guerrero, Diego, muralha, Arão, Trauco, Rever etc…

  • James Drisck

    ……………………………………Muralha…………………………
    . . . .
    . . . .
    . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
    Para Rene
    . .
    . Rever……………………………R Vaz .
    . .
    . .
    . …………. Marcio Araujo……………. . . .
    . …………..Romulo……………… . .
    . .
    . ……………. Arao………….. .
    . .
    .
    Rodinei Trauco
    …. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
    . . ……Guerrero….. .
    . .
    …………………………………………………………………………………………………….