Página inicial Destaque Bandeira reforça esperança em nova licitação do Maraca: “plena confiança”

Bandeira reforça esperança em nova licitação do Maraca: “plena confiança”

992
11
COMPARTILHAR

Depois que Paolo Guerrero parou de falar com a imprensa no Ninho do Urubu, foi a vez de Eduardo Bandeira de Mello aparecer na sala das coletivas. Na entrevista, o presidente do Fla afirmou que está confiante para que o governo do estado realize uma nova licitação do Maracanã. Segundo ele, seria melhor que o clube participasse desse processo, principalmente por causa da força econômica que o clube tem.

– O Flamengo sempre foi esse trem pagador, respeitando todos os outros clubes que sempre foram atrações dentro do Maracanã. Todo mundo sabe que 80% do movimento financeiro do Maracanã, ao longo dos 67 anos de existência do estádio, sempre foi da torcida do Flamengo. Agora, acredito que isso nos leva ao fato de que o futuro do Maracanã não pode ser dissociado do futuro do Flamengo. Nós estamos aguardando e temos plena confiança de que o governador vai anunciar muito em breve uma nova licitação em que os clubes possam participar com seus parceiros e a gente poder inaugurar uma nova fase no futebol, sem confusões, sem problemas e com a torcida do Flamengo, além da dos outros clubes do Rio. Já deixamos claro que se o Flamengo fizer parte da concessionária, o Maracanã sempre vai estar aberto a todos os clubes cariocas que ajudaram a construir a história do estádio – afirmou o presidente.

O presidente aproveitou o espaço que teve para comentar a confusão envolvendo o departamento médico do clube. Para ele, o chefe do DM, Márcio Tannure, tem toda liberdade para escolher os médicos, assim como Zé Ricardo tem para definir quem vai para os jogos.

– Queria reafirmar nossa confiança total e irrestrita no doutor Tannure, no trabalho do nosso Departamento de Excelência em Performance, que tem resultados para apresentar que vocês todos conhecem. Acho que hoje, pelas estatísticas das contusões, pelo tempo que os jogadores contundidos ficam fora dos treinamentos e pelo próprio interesse que o nosso Centro de Excelência em Performance desperta de outros jogadores para virem se tratar aqui, acho que está mais do que claro para todo mundo que evoluímos muito neste aspecto e o trabalho deles só pode ser classificado como excepcional. Acho que não tem crise nenhuma. O doutor Tannure é o chefe do departamento e assim como o Zé Ricardo tem autonomia total para escalar o time dele, o doutor Tannure também tem para escalar os médicos para as missões que ele achar que deve.

Fonte: globoesporte.com

Comente pelo Facebook

  • João Pedro Macedo

    ESQUECE o Maracanã e parte logo pra um estádio próprio de 50-60 mil pessoas logo!!! Quanto mais se fica esperando a “boa vontade” do governo do Rio em fazer uma nova licitação mais vai prejudicar o clube em termos de ter onde jogar. Já era pra estar trabalhando a todo vapor pra conseguir o terreno, patrocinios, arrecadação pra começar a contrução!

    • Douglas Pedro

      Esquece nada.
      Não existe isso de esquecer o maior palco do Flamengo.
      Estadio proprio só foca pronto em 3 anos.

      Maracana sempre lota, rapidinho voces torcedores nutella de presidente não vão a estadio, por isso voces querem que esqueçam Maracanã
      Tem que negociar com a lagardere sim

      • BVZ Top

        Não confunde as coisas. Pressionar na imprensa e nos bastidores por nova licitação é justamente para não ficar dependente da Lagardère. E rubro-negros tem direito a opinião aqui, se o João acha que deve-se construir Estádio próprio não significa que é “torcedor nutella de presidente” (sic)

        • João Pedro Macedo

          Exatamente. Tem gente que adora rotular os outros só por que tem uma opinião contrária a dela.

      • Bruno Correia

        Cara, acho que em 3 anos não sai nem as licenças pra começar a construção.

    • Henrique

      Só não tem dinheiro para isso.

    • André N Lessa

      João,
      Acredito que o Flamengo deveria pensar em um projeto de estádio que pudesse acomodar uns 40k torcedores rubro negros e pensar em alguma forma de colocar em uma “fatia protegida” 2k para a torcida adversária.

      O que não pode é perder capacidade de arrecadação porque tem de deixar não sei quantas fileiras de cadeiras vazias para tentar isolar e proteger a torcida adversária.

      Um outro ponto que o Flamengo tinha de liderar, novamente, o protagonismo é pelo fim dessas gratuidades. O negócio futebol não mais comporta “gentilezas com o chapéu alheio”;

      Sei que coloquei um número conservador para a capacidade do Estádio, mas é só ver o que tem sido construído em média pelo mundo que o número não foge desse não – exceção ao Borussia Dortmund – e ajudaria a bombar o programa sócio torcedor.

      SRN

  • Eduardo de Freitas

    Já sabia que o governador arregaria né, provavelmente já foi informado e por isso se dirigiu a sala de imprensa. Mais um ponto para diretoria; Boa Bandeira!

    SRN #NovaLicitação

    • André N Lessa

      Eduardo,
      Só acho que nessa frase abaixo ele, EBM, não foi totalmente sincero:

      “…assim como o Zé Ricardo tem autonomia total para escalar o time dele…”

      Como para toda regra existe pelo menos uma exceção, no Flamengo as exceções são Gabriel e Cirino.

      SRN

      • Carlos Campos

        Nota dez na leitura das “Entrelinhas”…
        Grande abraço André.

  • Manoel Correia Cruz

    Parabéns pelo “Flamengo” trabalhando sempre com honestidade e transparência :;
    Sempre lutando pelo um pais melhor “Brasil “em meio de tanta “corrupção” Vamos dizer não a corrupção!!
    Saudações “senhores ”