O que esperar do Flamengo na fase de grupos da Libertadores?

O Flamengo estreia hoje na principal competição do continente. No primeiro jogo enfrenta o San Lorenzo, às 21h45 em um Maracanã abarrotado de torcedores.

O que esperar dessa estreia e dos próximos jogos do grupo nessa primeira fase de Libertadores? Leia a análise de nossos comentaristas:

LEONARDO RESENDE

O grupo é forte, mas o Flamengo possui qualidade mais do que suficiente para passar sem maiores sustos, já que é a melhor equipe do grupo.
Acredito que é possível garantir pelo menos 12 pontos, ganhando todas em casa e do Univ. Católica (equipe mais fraca do grupo e que vive péssimo momento) fora.
Os jogos mais complicados serão contra Atlético PR na Arena e contra o San Lorenzo na Argentina, onde empates podem ser considerados bons resultados.

WESLEY PAULO

A expectativa nessa fase de grupos é muito alta, o Flamengo tem o seu maior desafio em muitos anos. Para avançar, o Rubro-Negro precisa de todo foco e concentração além de tentar sempre elevar o seu nível de jogo pois os adversários são muito fortes e em uma Libertadores, qualquer erro pode ser fatal.

ANDERSON ALVES

A chave de grupos do Flamengo, de fato tem times tradicionais, mas as informações que chegam são de que os adversários não estão mais tão fortes como outrora. Isso quer dizer que podemos relaxar? De forma nenhuma! Somos o maior time do continente e já provamos diversas vezes o amargo sabor do time que joga o jogo da vida contra o Mais Querido.

O San Lorenzo é uma incógnita. Só fez amistosos, treina a portões fechados, mas com o poder de reação que o Flamengo demonstrou diante do Fluminense, se usado de forma proativa então, teremos vitória. Já o jogo contra a Católica é a oportunidade de o Flamengo mostrar trabalho. O adversário se encontra mal, tendo perdido quatro das cinco partidas que disputou. Tomou 10 gols. Tem seu principal goleador “El Tanque”, porém o ataque só marcou 4 gols. O empate é o mínimo, podendo beliscar essa vitória. O Furacão virá ao Rio buscar um empate se garantindo no segundo jogo em seu gramado artificial. Levando em conta o retrospecto do ano passado, uma vitória para cada lado. Depois o Católica vem ao Rio, lembrando que esse jogo é em Maio e até lá o time já pode ter se ajustado, mas o compromisso é com a vitória. Já no jogo que encerra a fase de grupos, o Flamengo, já classificado, poderá até poupar jogadores. Jogar para empatar não é nada mal. Portanto com vitórias em casa e um empate o Flamengo garante 10 pontos e se classifica. E tudo começa amanhã!

THIGU SOARES

Flamengo estreia na Libertadores e encabeçará o temido “Grupo da Morte”. Mesmo com nosso histórico recente sendo desfavorável, estou muito otimista quanto ao trabalho que vem sendo feito e ao grupo de jogadores que temos à disposição.
Creio em uma classificação em primeiro lugar do grupo, terminando essa fase com algo entre 11 e 13 pontos conquistados. Atlético Paranaense e UC disputarão a segunda colocação do grupo, com leve vantagem para o clube de Curitiba.
Ao contrário de outros carnavais, vejo o Flamengo qualificado, focado e em um grupo que nos obriga a respeitar e procurar vencer os adversários na bola, não apenas na camisa.

FABIO MONKEN

Está chegando! Amanhã iniciaremos a disputa da maior competição futebolística do continente, a Copa Libertadores da América de 2017. Espero que o Flamengo entre com o espírito competitivo que o torneio exige e que nosso jogadores enverguem a mística camisa rubro-encarnada de maneira honrada, entregando tudo e mais um pouco em campo e, principalmente, sendo inteligentes na disputa dessa copa tão distinta de qualquer outra competição mundial.

Caímos num grupo fortíssimo. E não me venham dizer que o San Lorenzo está fraco, em início de temporada e que perdeu jogadores e o Universidade Católica isso ou aquilo… É tudo balela, pura especulação! Os caras são fortes e serão sempre fortes, afinal de contas esses times têm um histórico de participações frequentes num torneio que você tem que ser acostumado a disputar se almeja chegar a conquistá-lo. Além dos dois, ainda teremos pela frente um adversário nacional que costuma ser uma carne de pescoço duríssima, principalmente quando os enfrentamos na Arena da Baixada.
Dito isso, vamos às contas!

Cenário Otimista: 3 vitórias em casa e 1 vitória fora; 1 empate e 1 derrota fora – 13 pontos. Acredito que esta seja uma pontuação excelente para nos classificarmos inclusive com uma das melhores campanhas, visando o mando de campo no mata-mata.

Cenário Realista: 2 vitórias e 1 derrota em casa e 1 vitória, 1 empate e 1 derrota fora – 10 pontos. Acho que ainda nos classificamos bem com essa pontuação, mesmo que em segundo lugar do grupo.

Cenário Pessimista: 1 vitória, 1 empate e 1 derrota em casa e 1 vitória, 1 empate e 1 derrota fora – 8 pontos. A classificação seria na bacia das almas e dificílima se nossa pontuação fosse essa.

Cenário Catastrófico: A não classificação, com qualquer pontuação que seja. Não devemos descartar essa possibilidade. Ela existe e é mais real do que muita gente imagina.

Sendo assim, acredito que nos classificaremos. Mas não tenho plena convicção, eu não cravaria. Vamos ver como o Flamengo comportará a partir da bola que rola amanhã às 21:45 no Maracanã lotado, cenário ideal para que comecemos com uma boa vitória e, fundamentalmente, demonstrando um bom futebol!

Concorda com as opiniões acima? Deixe a sua também!

Comentarios

comentário



Insubstituível








Ver mais notícias