Página inicial Colunas Cautela Excessiva + Falta de pontaria = Derrota!

Cautela Excessiva + Falta de pontaria = Derrota!

1357
32
COMPARTILHAR

Salve, Salve, Nação Rubro-Negra!

Hoje vou falar exclusivamente do jogo de ontem à noite, na capital chilena, contra a Universidad Católica do Chile. E reitero que ater-me-ei, exclusivamente ao jogo de ontem, analisando o que apresentamos dentro das quatro linhas. O que vimos foi preocupante. Realmente é temerária uma mudança no esquema com o qual se vem jogando e, diga-se de passagem, ganhando. E nem comecem com o mimimi, me chamando de corneta e tal, pois meu histórico de textos aqui neste espaço democrático me credencia e absolve destas alcunhas tacanhas. Credibilidade e isenção são minhas metas no tocante às crônicas esportivas e se nem Jesus Cristo é imune a críticas, quem seria nosso elenco e treinador para não sofrerem com elas quando as achamos pertinentes?

Muitos defenderão a escalação de 3 volantes na equipe do Flamengo. Dirão que o jogo era fora de casa e que a defesa ficaria mais protegida, etc e tal. Sabe o que eu acho? Balela! O time não precisa de uma muralha defensiva para ser bem guarnecido, principalmente quando almejamos ganhar pontos. No esquema tático que vinha sendo utilizado, nossa equipe ganhava corpo, confiança. A marcação começava bem alta, e com a bola roubada ainda na intermediária adversária, surpreendíamos os adversários seguidamente conseguindo por inúmeras vezes vazar suas metas.

O que vimos ontem foi um temor desmedido. Não repetirei sandices de muitos amigos rubro-negros que subestimam nossos adversários e acham que o Flamengo sempre sofre com o auto-revés. Sei que a UCA é um time limitado tecnicamente, bem diferente do time de outrora, mas não podemos esquecer que é uma equipe rodada e acostumada a jogar a competição. Mas na noite de ontem nosso time foi escalado para não perdermos. Quando se escala um time com esse fim, todos nós sabemos que a derrota é o resultado mais provável.

Jogamos até razoavelmente bem postados no primeiro tempo, mas não fomos agudos como de costume, faltou incisividade. Para que o MA entrasse no time, o ZR alterou as posições do Arão e, principalmente, a do Rômulo que foi muito mal no jogo. Esse fato, além de alijar nossa capacidade criativa ainda ilhou o Diego no meio de campo, ceifando ainda mais nossa produtividade. Fomos muito mal ofensivamente, e estou comparando com os outros jogos deste início de temporada. Além disso, quando tivemos a chance de fazer os gols, displicentemente fomos desperdiçando-os em sequência. E como diz o ditado: a bola pune! E puniu. Numa bobeira defensiva, onde o Berrío não o acompanhou, El Tank fuzilou-nos de cabeça, jogando por terra nossa esperança de levar pelo menos um ponto jogando fora de casa. E o que dizer de Rafael Vaz? Nova falha. E não são falhas pequenas, são pixotadas da maior estirpe, jogo após jogo. Já passou a hora de Donatti ser testado. Chega de sufoco!

Mas não devemos nos lamentar por ontem, pois nosso treinador colheu o que plantou. Abdicando de um esquema que vinha se mostrando eficiente, moderno e efetivo, acovardou-se e quis “reforçar” o meio de campo achando que sofreria menos defensivamente ante aos ataques da poderosa La U. Não meus amigos, mesmo que eu não ache o time chileno uma galinha morta, a diferença técnica dos dois times é grande; e tanto quanto não devemos subestimar nossos adversários, também temos o dever de não superestimá-los. Se tivéssemos jogado como habitualmente temos nos apresentado, provavelmente teríamos vencido. Falo com propriedade, pois nosso esquema tático mais avançado sempre confunde a defesa adversária. Afinal de contas, permitir que o adversário jogue com menos pressão defensiva facilita demasiadamente sua criação de jogadas e, principalmente, a troca de passes. Enfim, não gostei do que vi.

Está tudo errado? Claro que não. Prefiro supor que foi uma decisão equivocada de nosso treinador. Espero que ele aprenda que “estacionar o ônibus” é para casos extremos, coisa que ontem não foi. Vamos ver como o time supera emocionalmente o revés de ontem e como armaremos o time sem o Berrío para a próximas partidas (sim, se for confirmada a agressão pela súmula, a pena é de 3 a 6 jogos de suspensão; e sem julgamento). Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.

O Flamengo simplesmente é!
Saudações rubro-negras a todos!

Fabio Monken.

Gostou? Não gostou? Concorda, discorda? Ótimo!
O Debate sempre será salutar!
Deixe seus comentários e interaja conosco!
Pontos de vista divergentes são essenciais à evolução do homem.
Mas lembre-se: Somos todos Flamengo!
A intolerância e a falta de argumentos são os combustíveis para o fracasso!

Comente pelo Facebook

  • André Rubro Negro

    Perfeito!! assino embaixo!!

  • alfredo

    Único defeito do Zé Ricardo é falta de ambição por vitória! Muito sem sangue. Devia ter mas vontade de ganhar,tipo meio sampaoli,o homem não pilha os jogadores.mas é só um comentário,pra mim é um ótimo técnico.

    • Elton Morais

      Ontem quando ele tirou o Rômulo (pregado) e colocou o Berrío ele não tentou a vitória???!

      • Nick Sousa

        O Rômulo realmente precisa se ligar, a torcida ainda tá achando umas desculpas pras más atuações dele, mas a batata tá assando

        • Fabiano Medeiros

          Falo tudo, MA é ruim, mas por incrivel que pareça, ele ta melhor que o Romulo tartaruga, que cara lento pqp

      • alfredo

        Tentou sim,tentou tambem qdo colocou o Márcio Araujo,mudando o esquema de jogo!!!!!Tá bom pra vc.

  • Kikos 1976

    Muitos vão dizer que ainda é cedo, mas vou dizer uma coisa, o Flamengo corre sérios riscos de ficar na primeira fase!!! Vai ter um jogo duríssimo contra o Genérico, Tomara que o Zé esquece essa merda de Carioca e prepare o time para a liberta, a torcida não vai perdoar a diretoria se cair na primeira fase!! Carioca não vale nada !!

    • BVZ Top

      Que carioca? O cara mandou o time reserva pro Carioca, e antes da Liberta usou para dar ritmo de jogo (diferente do SL).
      E ontem foram 4 bolas na trave na casa do adversário, que pânico é esse.

      • Kikos 1976

        Bola na trave não ganha jogo, o que vale são 3 pontos, Na verdade o Pânico vem das edições passadas, mas deve ser bobagem minha mesmo!!

  • Lucas Abraao

    Descordo totalmente com sua hipótese.

  • BVZ Top

    Foram 4 bolas na trave e posse de bola na casa do adversário, parecia que jogava em casa. Isso indica que não foi problema de tática, foi algo que existe no futebol: variabilidade. Nem sempre jogar com 3 volantes é ser defensivo, até porque liberou o Diego e tinha 2 volantes de qualidade, sendo que um deles pôde fazer o quê não faz há quase 1 ano, que foi o que destacou: as chegadas em diagonal do Arão, que inclusive passou perto uma também.

    • Nick Sousa

      Tem que desenhar pra entenderem…

  • Elton Morais

    Parece que o jogo que vc viu foi o mesmo que eu, mas as análises não são desse jogo não, impossível. -.-”

  • Nick Sousa

    O flamengo criou ontem mais chances do que em outros jogos no outro esquema, jogar com 3 volantes não significa necessariamente retranca, pra mim foi só a falta de pontaria mesmo, é muito fácil dizer que o técnico se acovardou quando perde jogando com 3 volantes

  • Douglas

    Eu simplesmente não entendo esse tipo de texto. O time estava dominando com 3 volantes e piorou ( inclusive o gol) com a volta dlao esquema normal. Voce pode ter 4 volantss e ser ofensivo e ter 5 atacantes e nao ser. Tem que olhar o jogo, observar o que aconteceu e não ficar conjecturando ao acaso.

    • wanderpc82

      A questão é que o Flamengo teve domínio no campo defensivo, respeitando demais o adversário, priorizou a defesa em detrimento do ataque.

      A entrada de 3 volantes denota ausência de gana pra ganhar a partida, e de fato o Flamengo dominou o jogo, pois não deu espaço pro adversário entrar, mas tb reduziu o seu próprio poderio ofensivo.

      É por isso que houve muita cautela, e essa cautela puniu o Flamengo.

      Com 3 volantes são 3 jogadores a menos com plenas possibilidades de se lançar ao ataque pra fazer gols, dadas as suas características, o que seria mias interessante com meias e pontas e apenas 1 volante.

      • Douglas

        O jogo nao demonstrou isso. As melhores chances foram no primeiro. O time perdeu por falhar na conclusao. O time se apresentou mais ofensivvo com tres volantes. A discussao nao pode ser tao rasa. Ainda mais que um VOLANTE teve a chance mais clara.

        • wanderpc82

          Não concordo, pois o poderio ofensivo com 3 volantes reduz drasticamente, pois o domínio acontece no campo defensivo, reduzindo as chances de gols.

          Tanto o é que vc mesmo disse que a melhor chance foi com 1 volante, correto?

          Mesmo que aumente a marcação, pressionando no campo adversário, a qualidade técnica dos volantes, dadas suas características, não se traduzem em gols.

          Basta ver, como exemplo, o jogo do PSG, que preferiu o maior poderio defensivo no jogo de volta e tomou um chocolate do Barça de 6×1.

          Se o PSG tivesse jogado com a mesma disposição tática quando meteu 4×0 não teria perdido.

          Fica a minha pergunta pra vc:

          Se essa formação é tão boa com 3 volantes, pq então o Zé teve de mudar o esquema quando tomou o gol do Católica?

          • Douglas

            Sobre a pergunta parece que você nao viu o jogo. Quando o Flamengo tomou o gol estava com dois volantes e sem criar oportunidades. O que estou querendo dizer que o Ze Ricardo acertou na escalaçao. O time estava mais ofensivo com tres volantes que na verdade se apresentavam como meias no jogo. O Flamengo perdeu porque nao concluiu corretamente, o time estava melhor postado e até mais ofensivo no primeiro tempo. Em tese mais volantes mais defensivo mas o jogo nao apresentou isso, isso não foi demonstrado na pratica, as pessoas nao podem pensar de forma rasa sobre ter mais volantes ou nao. O William Arão jogou quase como um meia. E voce acha que com Gabriel, Everton e Berrio o Flamengo tem mais chances de gols, tem tirar a mente da ortodoxia e ir ortopraxia. Na pratica o time foi melhor e quem finalizou mal foi Guerrero que teve mais finalizações e é atacante. Eu sei de manualzinho de mais volante ou atacante, mas no jogo não aconteceu isso.
            O PSG foi prejudicado absurdamente pelo arbitro. Ele amarelou e isso nao tem a ver com esquema tático, isso é questão de atitude. Citar esse exemplo aqui torna pior a sua concepção de futebol ( um dos jogos mais escandolosos no que tange à arbitragem, em cinco lances ele “interpretou” favoravelmente ao Barcelona.
            O Ze Ricardo mudou o esquema porque havia mas o que fazer, ir na base do abafa. Sobre ele ter tirado o Romulo para colocar o Berrio ele quis ser mais ofensivo mas nao tornou o time mais ofensivo. Entende que em tese um atacante é mais ofensivo que um volante mas não foi. Por isso, a culpa deve recair não sobre o Ze que fez o certo ( lembrando que um empate lá era um bom resultado) e sim sobre o Berrio( marcou erradamente) Diego( fez uma falta desnecessária).
            Há coisas que não estão sobre o crivo do técnico e uma delas sao as falhas individuais.
            Precisa sair dessa caixinha que volante é apenas mais defesa e atacante é mais ofensivo porque o jogo não mostrou isso.

          • wanderpc82

            Volantes em regra deixam o time mais defensivo, e é isso que acontece realmente na prática.

            Se o Flamengo tivesse com 1 volante ontem, mas com a mesma postura de marcação alta, teria muito mais chances de fazer gols.

            Por isso a necessidade de ter mais meias e menos volantes.

            Até pq nossos volantes são fracos ofensivamente.

  • Cara, você acertou na mosca. Cautela em excesso e falta de pontaria.

    O Zé Ricardo me decepcoinou mais uma vez, não sei que diabos que acontece com esse rapaz em jogos decisivos, o cara parece que tem uma formiga no cérebro que diz que é hora de fazer uma cagada.

    O time tava indo bem e disputando o título ano passado até aquele jogo com o morto Corinthians no Maracana e, sem treinamento, o ZR lançou Mancuello de ponta. Um desastre. Agora com o time redondo, inventa um sistema com 3 volantes!!!!!!!!!

    PQP, inacreditável.

  • wanderpc82

    Ótima análise!

    Temos todas as chances de nos classificarmos, e iremos pra cima deles com tudo.

    Por outro lado, vale frisar que o Flamengo é um time grande, gigantesco, e não pode se dar ao luxo de querer entrar pra segurar placar.

    O Flamengo precisa sempre entrar, seja dentro ou fora de casa, pensando em ganhar, tem de impor o jogo no campo, pressionando o adversário no campo de ataque dele.

    Zé optou pela força defensiva e esqueceu de deixar o time com a mentalidade de atacar para ganhar o jogo, pelo contrário, entrou com a mentalidade de empatar e, se desse, alcançar a vitória.

    O Flamengo é um time que tem de pensar grande, pq ele é grande, seja com quem for, tem de impor o jogo sempre e, mesmo que tome gol, deve continuar com a imposição, pressionando e mostrando ao adversário que terá de suar para não tomar gol.

    O receio de atacar tirou a gana de ganhar, acomodando-se com um eventual simples empatar de jogo.

    Isso não coaduna com o Flamengo, pois, como sabemos, o lema é vencer, vencer e vencer.

    Entendo que há a necessidade de ter uma força defensiva, mas 3 volantes denota uma preocupação demasiada com este setor, em detrimento da força ofensiva.

    Se, porventura, o Flamengo iniciar outros jogos com 3 volantes, sem dúvida teremos muita dificuldade de fazer gols, pois Guerrero fica isolado no ataque, pois ele não é um jogador de explosão e corrida pra conseguir se desvencilhar dos marcadores.

    Ficaríamos dependendo da subida de volantes como fator surpresa e das corridas do Éverton.

    Já pensou se em uma final de Mundial o Flamengo entra recuado contra o Barcelona, assim como fez o PSG?

    É isso, vamos pra cima deles!

  • Almir Ribeiro

    Faltou mais “leveza” um time engessado e nitidamente montado para não perder… a entrada de MA deixa o time sem uma saída de bola rápida, Rômulo ficou meio fora, em fim, não gostei apesar de ter criado bem…não gosto de uma postura um tanto conservadora. O Fla tem muito mais time e tinha que ter entrado com o que vinha atuando. Com Rômulo, Arão, Diego. Gabriel?????Everton vinha bem…não entendo essas maluquices do Zé, ai vem o papo de que cansou, sentiu…para mim “kaô”. Bom o time no geral foi até bem, mas eu insisto: Vaz é banco, Donatti (por sinal alto e para mim não perderia para o “tanque”….Gabriel fez um gol “lampejo”, pronto agora já aprece de novo (vive de lampejos, mas não tem regularidade, isso há mais de quatro anos de Fla se sabe)…e novamente voltou a ser uma figura nula…são pontos que tem que ser revistos. MA não por favor. Chega dessa insistência.

  • Fla 2017

    “Mas não devemos nos lamentar por ontem, pois nosso treinador colheu o que plantou. Abdicando de um esquema que vinha se mostrando eficiente, moderno e efetivo, acovardou-se e quis “reforçar” o meio de campo achando que sofreria menos defensivamente ante aos ataques da poderosa La U” Até onde sei La U é a Universidad de Chile, único time que o Montillo realmente arrebentou, quanto ao time que enfrentamos ontem era a Universidad Católica de Chile. Presta atenção no serviço meu garoto! kkk No mais concordo com o texto, o Zé Ricardo abriu mão do que estava dando certo para tentar algo diferente, tentando amarrar o jogo e anular as jogadas do meio de campo do time deles. No mais é vida que segue e o vasco eliminado kkk

  • wanderpc82

    Se essa formação com 3 volantes fosse efetiva ofensivamente, Zé não teria de ter modificado o esquema quando tomou o gol do Católica aos 30 minutos.

    Digo isso pq os volantes do Flamengo não são nenhum Xavi, Busquets ou Iniesta da vida.

    Se os volantes do Flamengo fossem técnicos, rápidos, habilidosos e com poder de marcação, aí a história mudaria.

    • Giulia Vargas

      Obs.: Ele já tinha modificado o esquema antes do gol da Católica

      • Kikos 1976

        Na verdade o Arão já estava na ponta direita desde o início do segundo tempo !!

        • Giulia Vargas

          Ponta direita não, estava como um meia direita.

      • Evandro Caldeira

        Ele é teimoso, e por que de repente mudou um esquema que vem fazendo do Flamengo a equipe de melhor ataque do país? Ao meu ver, deveria ter feito 1 única mudança, Berrío no lugar de Mancu como todos esperavam!

  • Ednei P. de Melo

    Nossa! Da maneira que “falam”, até parece que o time todo jogou na retranca… &;-D

  • Evandro Caldeira

    Concordo!

    Ele é teimoso, e por que de repente mudou um esquema que vem fazendo do Flamengo a equipe de melhor ataque do país? Ao meu ver, deveria ter feito 1 única mudança, Berrío no lugar de Mancu como todos esperavam!

    Tomara que tire o Vaz para que ele não seja sempre o vilão, na hora do gol Réver ficou sem marcar ninguém, assistindo El Tank subir com Pará e fazer gol em vez de ir marcá-lo! Ele não enxergou a estatura do Pará? Quem deveria estar na marcação do El Tank era exatamente o Réver, kd a sua experiência em meio a tantos jogadores pequenos e liderança no setor defensivo? Isso eu só vi um torcedor aqui no site ter visto como vi!

    Eu espero que o ZR improvise o Donatti ou Léo que muitos querem um zagueiro rápido, o Juan é velho, mas quando vejo o Zé Roberto com 42 anos jogando bem em setores de maio vigor, eu descarto sua avançada idade para a posição que exige mais atenção e posicionamento certo do que rapidez!

  • Jhon silva

    Não sei porque criticam tanto alguns jogadores do time e o Zé Ricardo flamengo não tinha padrão de jogo a anos não ficava entre os melhores do brasileiro a anos, venceu 2 jogos com time reserva, não venceu fora na liberta porque pecamos nas finalizaçoes e seguem criticando o cara, se querem o time campeão é hora de apoiar.