Renê ressalta sonho de jogar pelo Flamengo: “eu vim para ser hepta”

Hoje foi feita a apresentação oficial do lateral Renê, ex-Sport, no Ninho do Urubu. O jogador concedeu uma entrevista falando sobre sua chegada ao Fla. Confira abaixo os trechos completos da coletiva:

PROJETO

O projeto que o Flamengo ofereceu, eu entendi que é o melhor para mim. Acho que é um clube que está se preparando para brigar por títulos, pra chegar nas finais dos campeonatos e isso me incentivou a vir pra cá. Quem não sonha em jogar no Flamengo? Minha mãe falou que sempre vai me ver nos jogos do Flamengo (risos).

Minha família e muitos amigos me falaram para vir para o Flamengo. Falava que primeiro teinha que esperar eles me quererem. Agora o Whatsapp não para desde a oficialização. Que eu possa dar alegria pra ele e pra torcida

DISPUTA COM TRAUCO

Acho que é uma disputa sadia, todo grande clube tem jogadores pra disputar posição, espero conseguir meu espaço. Trabalho agora é o mais importante. Mostrar para que eu vim e deixar nas mãos do treinador quem vai jogar. Respeito o Trauco, que vem jogando bem e agora é trabalhar esperando para quando aparecer uma chance, eu aproveitar.

CARACTERÍSTICAS E JOGAR NO FLAMENGO

Alegria muito grande, sou um cara que quando comecei era mais ofensivo, hoje sou mais defensivo. Mas venho trabalhando para igualar e espero ajudar com desarmes e ajudar meus companheiros com jogadas e gols.

Acho que sempre passa um pouco de medo quando o negócio vai ser bom pra você, podendo dar certo e poder dar errado. Eu tava confiante, minha esposa fez aniversário hoje e queria estar parabenizando ela que me apoiou bastante.

O jorge é um cara que fez história, um grande jogador. Mas agora é a hora de pensar em mim e fazer a minha história que é mais importante.

JOGADOR SÉRIO

Eu não gosto muito de dar entrevista, convivência com o Durval. Eu aprendi um pouco com ele a ser sério, mas quando estou na sala de entrevista procuro ser alegre, mas jogando vai ser difícil não fazer cara feia.

Procuro trabalhar não pensando em quem vai jogar. Se Trauco está jogando bem tenho que pensar o que é melhor para o time. Também espero fazer grandes jogos e cair nas graças da torcida

ESPANHOL NA PONTA DA LÍNGUA?

Até o português ta difícil, imagina o espanhol (risos). Procuro falar com os gringos por meio de gestos.

MOMENTO DA CHEGADA AO FLA – MUDANÇA DE VIDA

Eu acho que é mais um salto na minha carreira. Eu sou um cara que sou grato pelo Sport, desde que eu sai do Piauí, mas eu acho que jogar uma Libertadores, jogar por um clube da grandeza do Flamengo não tem preço e espero dar muitas alegrias.

RIVALIDADE COM O SPORT

Eu vim para ser hepta, vou fazer meu trabalho e não tenho nada para responder sobre esse assunto.

RÔMULO

Até ser jogador de futebol foi difícil, virei jogador da vontade de Deus. Nunca passei por base, joguei no juniores do Sport por 1 ano e subi ao profissional. Não conhecia o Rômulo, mas depois que ele tava no Vasco, no Spartak, nós costumamos jogar juntos nas férias, convivo com ele e sou um amigo. Torci muito para ele vir para o Flamengo e agora que possamos dar alegria para nossa cidade.

OUTRAS PROPOSTAS

Eu acho que, muitas propostas foram boatos. O clube que se interessou foi o Flamengo e chegou a conversar comigo. Queria minha contratação e acho que fiz a escolha certa. A Libertadores, a grandeza do Flamengo e a torcida ajudarão minha carreira e vida pessoal.

ADAPTAÇÃO

Eu acho que o que o professor precisar eu estarei pronto para fazer. Eu sou obediente, se for pra ser ofensivo vou ser, se for para ser defensivo vou ser. O momento é trabalhar e entrosar com a equipe para aparecer a oportunidade e aproveitar.

COMUNICAÇÃO DOS GRINGOS

Muito adaptável, são tranquilos. Nem todos chegaram juntos e isso facilita bastante, principalmente quando o Guerrero chegou, ele é o mais antigo e ajudou bastante, todos eles são entrosados, puxam as brincadeiras. Agora o Berrío chegou recentemente, ta procurando entender rápido e eles vão se adaptar.

27 Comentários
Carregando comentários...