A pá de cal

Definhamos a cada dia que passa, é bem verdade. Em um país que não se acha nem se encontra, o Rio sofre mais e particularmente. Se uma Federação corrupta e anacrônica, e um símbolo do futebol mundial abandonado já eram um grande problema, tivemos ontem uma decisão que pode ser a pá de cal no futebol terminal do Rio de Janeiro.

O Estado sofre, a Cidade agoniza e nosso futebol, que já vinha doente, recebe aquele tipo de notícia que desengana o paciente. O Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos do Rio, decidiu em caráter liminar, que a última coisa que mantinha o futebol carioca de pé, está proibida. No que depender dessa decisão, nós perdemos.

Minha tarefa por aqui, pelo menos por hoje, é dividir com vocês a minha decepção e a minha revolta. Uma decisão como essa prejudica o futebol e as pessoas que o amam com sinceridade e civilidade. Torcedores que brigam e se matam, não são torcedores, são bandidos!

A justiça, refletindo aquilo que vemos todos os dias, adota postura preguiçosa e demagógica. Não é preciso sair do Brasil para perceber que medidas como essa não resolvem o problema e punem torcedores que sabem torcer com paixão e conviver com respeito, basta atravessar a Dutra. Minas comemorou a volta de um clássico divido, como tem que ser.

Também podemos lembrar dos países que não resolveram seus problemas “vendendo o sofá”, mas acho que não faltam exemplos, o que falta é vontade. Resolver problemas reais e profundos demanda seriedade e MUITA vontade. Soluções simples não resolvem problemas complexos, mas tapam buraco e acalmam o ego de quem acha que matando a essência de algo belo, tudo ficará bem.

Enquanto o mundo se preocupa com o convívio, com o respeito e com a tolerância, nossa justiça entende que os problemas se resolvem através da separação. O recado nas entrelinhas de uma decisão como essa é triste, pobre e muito claro: problemas de convivência se resolvem impedindo a convivência. Acho que o mundo discorda.

Punições mais duras, cadastramento e fiscalização severa das Organizadas e torcedores e medidas que também atinjam os clubes que seguem apoiando financeiramente as TO’s dá muito trabalho. E isso não se restringe apenas aos estádios, já que grande parte dos absurdos recorrentes acontecem longe dos estádios.

Nosso maior problema é que isso dá trabalho e interessa a muita gente que odeia, não entende e não vive o futebol. Isso interessa a quem quer que o Maracanã siga como está, isso interessa a quem acredita que o futebol deva ser cada vez mais entretenimento frio e cada vez menos paixão.

O futebol carioca está nas últimas, caso essa decisão se mantenha e se sustente, no futuro, olharemos pra trás e saberemos quem e quando lançaram sobre ele a pá de cal.

Thigu Soares
Twitter: @thigusoares

  • Ltom Macêdo

    Embora ache triste ter que chegar a esse ponto de torcida única, não vejo outra solução enquanto existirem as torcidas organizadas.

    Colocar o nosso poder público pra resolver isso é complicado em um país com inúmeras outras possibilidades.

    Espero que a longo prazo seja resolvido. Mas a curto prazo é a melhor solução.

    • Ednei P. de Melo

      “Embora ache triste ter que chegar a esse ponto de torcida única, não vejo outra solução enquanto existirem as torcidas organizadas.” — A grande maioria está questionando, mas o principal estão deixando de lado: ela funcionar… &;-D

  • Will Black

    Seria tão simples identificar e punir os mesmos “torcedores” de sempre que estragam o espetáculo!! Um milhão de câmeras espalhadas, na televisão a gente vê nitidamente os arruaceiros estragando a diversão de quem quer só apreciar uma partida de futebol… mas claro, pra eles é mais cômodo uma só torcida!!!! RIDÍCULOS!!!

    • Ltom Macêdo

      Difícil é punir. Identificar é fácil.

      • Will Black

        Não é nada… basta querer!! Punição de verdade e não ficar um meses sem poder ir aos estádios… joga na cadeia!!!

        • Ltom Macêdo

          Isso não existe…

          • Will Black

            o que não existe??

          • Ltom Macêdo

            Não existe esse tipo de punição.

            Deveriam ser punidos pelo crime que cometeram. No caso assassinato, briga e etc…

            Mas nem isso acontece.

            Existem outras prioridades e aqui não é a Europa

        • alexon breda

          Aí o juiz teria que trabalhar né….. Não é o forte por aqui.

    • alexon breda

      Bah, mas para isto o MP e a Justiça teriam que trabalhar……Aí não né….

      • LeandroMgaJP

        Ministério Público e Justiça estão gordos, morbidamente obesos, de tanto mamar tanto privilégio, depois aparecem com campanhazinhas contra corrupção.

        • alexon breda

          Perfeito.

        • Sidney Araujo da Silva

          Irei moldurar esse comentário.

    • Thigu Soares

      A falta de vontade e a preguiça em resolver são os maiores problemas.
      Resolver demanda trabalho, como muito bem disseram por aqui. SRN

  • Madruguinha

    Thigu, eu levo fé que será derrubado isso aí.

    • Thigu Soares

      TOMARA!!!!! SRN

  • Vinícius Quintanilha

    No mais, bom texto!

    • Thigu Soares

      Obrigado, Vinícius!

  • Vinícius Quintanilha

    Acabei de fazer um comentário aqui, condizente com a proposta do site e da coluna do autor, que acabou sendo excluído por algum moderador. Respondi o texto de maneira cordial e ilibada, sem prejudicar ou hostilizar qualquer pessoa nesse fórum. Mesmo assim, senti que meu direito de liberdade de expressão no site foi violado.

    Se querem excluir esse também e me banirem do site pouco me importa. O canal de vocês no YouTube continua sendo excelente. Mas a moderação deixou a desejar ao meu ver por aqui. Me desculpem, mas essa é minha indignação pessoal.

    • Carlos Campos

      Vinicius…

      Todo meu apoio a você.

      Não me lembro de vê-lo escrever nada de desonroso ou maledicente contra o Flamengo ou a Coluna.

      Tu é um cara de que sabe se comportar nos comentários e até mais tranquilo e comedido muitas vezes que eu…

      Já “Censuraram” coisas minhas aqui e já fiquei puto também…

      Então…

      Aí galera da MODERAÇÃO… Cadê o comentário do Vinícius !!!!

      Liberem aí… !!!

      Mengão e bom senso sempre !!!!

      • Vinícius Quintanilha

        Obrigado, amigo!

    • Olá Vinícius, você tem a mensagem que escreveu? Pode ter sido algum problema dá ferramenta do Disqus.

      Abraço.

  • Fabricio Schleder Dantas

    A Inglaterra tinha sérios problemas com as ditas torcidas organizadas até meados dos anos 80. Chegou um dia e as autoridades resolveram implantar uma política de tolerância zero aos arruaceiros que se transvestem de torcedores. Hoje, com toda a tecnologia que existe, tais medidas tomadas como exemplo deles, seriam ainda mais fáceis se serem implantadas aqui. Neste caso, o torcedor que participar de brigas dentro ou nos arredores dos estádios, sofre com processo criminal, com penas geralmente de prestação de serviço comunitário, porém a pior pena é outra: proibição perpétua de assistir a qualquer outro jogo na vida no território nacional, seja qual for o estádio ou jogo. E não somente do seu time de coração. São de TODOS os jogos. Ainda, a extinção sumária de toda e qualquer torcida organizada, que na verdade são meras quadrilhas recheadas de inconseqüentes e fanáticos. Basta a vontade do poder público, porém o Brasil e, com o agravante de ser o RJ, sabemos que é o que mais falta.

  • Vinicios Mendes

    A torcida do borrusia se envolveu em briga recentemente, o próprio time identificou 61 torcedores é jutando outros, num total de 88, foram banidos dos jogos, isso e tão complicado em se fazer em um país que um dia foi o país do futebol (SIM, UM DIA FOI NAO E MAIS)? Isso é o mínimo que deveriam fazer, tem trocentas câmeras nos estádios e arredores, ao invés de proibir que um clássico seja realmente um clássico deveriam por exemplo aumentar o grupo de PM e da gepe, no clássico contra o Botafogo botaram mais guardas municipais que pessoas especializadas em segurança de estádio.

    • Thigu Soares

      Não é difícil. Falta VONTADE!

  • Flamaster_Canada

    Eu gosto muito de todos vocês, acho que mandam bem no que mais nos importa aqui, o Mengão!

    Só que isso é a pura verdade.

    Deixem só L. H. Amorim escrever até vocês se acharem com a gramática. Isso é obrigação.

    Então acordem para mexer suas bundas em ordem de corrigir isso.

    Só assim vocês estariam hábeis para atigir vôos mais altos. Respeitabilidade.

  • Moises Leocardio

    Cada país tem o seu jeito de sofre uns sofre com fome,guerras,pobreza,ditadura, e o nosso infelizmente é questão sociais. Um branco não consegue ficar perto do preto, não conseguimos conversar e entrar ne um acordo, sempre que tem um problema a solução é resolver ele na politica que a cada dia que passa um vai preso.. enfim nunca resolvem os problemas

  • Eduardo de Freitas

    Na minha humilde opinião nosso problema vem de cima para baixo, esses criminosos travestidos de torcedores nada mais são do que reflexo de uma sociedade doente; doença essa causada pela negligência, incompetência e anuência dos nossos governantes, magistrados e dirigentes . Uma sociedade passa a produzir criminosos quando deixa de investir em uma qualidade de vida melhor para os seus cidadãos, principalmente nos seus direitos básicos como educação, saúde, segurança. O futebol não é uma bolha, portanto não haveria como ficar imune a tanto descaso público, que foi o que aconteceu no domingo.

    OBS: Vocês viram ou ouviram algum pronunciamento da CBF sobre o caso? Ou algum tipo de trabalho da bancada da bola para tentar resolver esse problema com os nossos nobres deputados em Brasília? Enquanto o fedor da merda não chegar no alto eles vão cagar e andar para a gente, e enquanto isso o Del Nero se esconde atrás do sucesso da seleção do Tite, contando é claro sempre com o seu apoio e a sua audiência.

    SRN #IssoAquiéBrasil

    • Marcello

      Perfeito!

  • Eloilde Lopes

    Muito triste uma notícia dessa.

    Essa justiça do nosso país está podre. Só sabe defender bandido.

    • Marcello

      A justiça é a única coisa que funciona nesse país. É só avaliar o que tem feito o executivo, o legislativo e o judiciário.
      Obs: não sou advogado.

  • Sidney Araujo da Silva

    O problema é social e político. Os mesmos baderneiros fazem as bagunças, não são presos, mas os nossos governantes esportivos e em geral fazem cagadas…em vez de prender os bandidos que usam armas, eles proíbem os bandeirões, sinalizadores e torcida mista. Bem inteligente. Resumindo, se eu tiver uma namorada, pai ou filho vascaíno, é eu ou eles. Patético!

  • Max

    O texto do Thigu foi direto ao ponto.

    • Thigu Soares

      Obrigado, Max! SRN!

  • O Brasil está um lixo em diversas áreas.

  • ALEXANDRE SILVA

    O último a sair que apague a luz…

  • Lorena Brito

    “O Brasil não é um país sério”. A frase é atribuída ao ex-presidente francês Charles de Gaulle, mas quem disse mesmo foi o embaixador brasileiro Carlos Alves de Souza Filho. É uma das três certezas que temos na vida, além de sabermos que todos vamos morrer e que o Robben vai cortar para a esquerda.

    • Thigu Soares

      Hahuahuahauhauhahaha
      Perfeito, Lorena!

  • Rod

    Muito bom texto. Este é mais um exemplo de decisão dos nosso líderes que demonstra total incompetência. Eles não são capazes de cumprir com seu papel e punem os cidadãos de bem. Quem briga tem que ser cadastrado e proibido de frenquentar estádios e, se reincidir mesmo fora de estadios, tem que ir preso, ponto !

    @Thigu Soares: MG vai pela 040 e não pela Dutra. ?

    • Thigu Soares

      Rod, obrigado pela observação, mas a ideia era falar de SP e BH. Vou ajustar um pouquinho para dar um sentido mais concreto.
      Essas decisões não ajudam em nada o verdadeiro torcedor. Quem briga precisa ser banido!
      Abs! SRN

  • DefendaSeuDinheiro

    Ótimo texto!
    Bem por aí!
    A solução provisória em cima do provisório é levar os clássicos em momentos decisivos do campeonato para outras praças como DF, SP, MT, AM, RN, PE, BA,MG, algo por aí…
    SRN