O mês da estreia chegou! Qual será o nosso caminho em março?

Encerrado o mês de fevereiro, já podemos observar como estão trabalhando o planejamento do Flamengo. No mês que acaba, pudemos constatar que o clube tem muito cuidado com Diego e Arão. Tem preocupações em dar ritmo a Muralha e nenhum a Thiago, o que me parece um erro grave. E nenhum jogador fez os mais de sete jogos no mês, número de jogos recomendado por médicos para atletas de futebol.

Nota para a utilização da base no período. Cafú, Matheus Sávio e Adryan tiveram oportunidade. Vizeu e Paquetá entraram titulares no jogo contra o Ceará. Léo Duarte e Ronaldo jogaram pouco e fora de posição. O mês passou e o goleiro reserva continuou no banco, o que vai mudar este mês.

O saldo de fevereiro foi muito bom, sete vitórias e um empate. Em relação aos jogadores a certeza de que precisamos olhar com mais carinho para Paquetá e Vizeu. Precisamos dar mais minutos para Matheus Sávio que mostrou muita vontade e repensar a vida de Ronaldo. Cuellar não foi bem como segundo volante, mas como primeiro já jogou melhor. Logo, há quatro primeiros volantes para apenas uma vaga. Melhor seria emprestar o colombiano, e me dói fazer essa escolha, e desonerar a folha e o elenco de estrangeiros. Ganhamos Donatti e Berrio, apenas. Nenhum outro reserva se destacou a ponto de nos deixar despreocupados. Talvez, Rodinei. Talvez.

Entramos no tão esperado mês da Libertadores, mas, calma. Só teremos dois jogos de verdade este mês. O restante do mês será preenchido com o Carioca com jogos interessantes e outros nem tanto.

O mês começa com a semana cheia para treinamentos. Passada a semifinal contra o Vasco, o primeiro jogo do mês já será uma final. Jogaremos contra o Fluminense que tem a segunda melhor campanha e, já que viemos até aqui, temos que vencer. Os jogadores terão muitos dias de repouso e podemos enfrentar os tricolores com força máxima, sem medo de uma lesão por cansaço muscular.

Como adiantado, logo após a final, teremos a estreia em casa contra o San Lorenzo. Time que perdeu Cauteruccio, seu principal jogador, o que não muda o fato de que temos que entrar concentrados e fazer o máximo. Deixar o sangue no campo. Tem que entrar ligado e procurar o gol desde o início, mas sem cair na pilha. Nada além da vitória nos importa. Quantas oportunidades de gol tivermos, tantas devemos aproveitar.

O jogo seguinte é contra a Portuguesa pela primeira rodada da Taça Rio. Neste jogo, em especial, e provavelmente será um dos únicos no ano, que eu defenderei um time completamente reserva. Na quarta seguinte, viajaremos até o Chile para jogar e, neste jogo específico, podemos dar um mimo à equipe que jogará no Chile, lhes dando uma semana cheia até a partida.

A partir daí teremos jogos contra Resende, Bangu, Vasco e Volta Redonda, totalizando oito jogos sem folga. Podemos jogar com misto, leia-se: time titular enxertado de três reservas/jogadores da base. Todos precisam ser testados. Donatti, Thiago, Cuellar e Ronaldo, Matheus Sávio, Paquetá, Vizeu, Adryan, Léo Duarte e Renê.

Aí entra o acordo com a Globo e o objetivo do clube. Tem que ter claro. O Flamengo quer ser campeão da taça Rio também? Já está garantido na final do Carioca! Mas também não pode deixar o time principal sem jogar. Com agravante de que este mês teremos datas FIFA. Então Muralha, Trauco e Guerrero estão fora contra os três últimos adversários. Pena que o Peruano não jogará contra o fraco e velho time da colina. Precisa dar uma resposta em campo para Rodrigo, visto que ela não veio no jogo da semifinal. E por este jogo, penso que Thiago precisa ganhar ritmo. Para não acontecer nada que prejudique.

Devemos ter atenção especial com Guerrero e Trauco que farão jogos por suas seleções e podem estourar aquele número de jogos ideal.

Thiago deve entrar contra a Portuguesa, depois contra Bangu e Vasco. Neste jogo o bacalhau deve vir mordido, com direito a Luis Fabiano e tudo. Não podemos ir mal. No lugar de Trauco, Renê, que ao menos tem melhor defesa. No lugar de Guerrero, Vizeu, que TEM que ser preparado para assumir a nove em médio e curto prazo. Para o Lugar de Muralha, Thiago. Só podemos rezar para que o menino vá bem. O time da colina não é uma grande potência, mas uma derrota pode nos fazer mal, apesar de não valer nada. Problema seria se outro jogador for convocado. Diego? Arão? Rever? Quem sabe. Nestas posições as coisas podem ser mais problemáticas.

Este mês pode ser tranquilo e pode ser complicado. Resta ao Flamengo nos responder, porque no próximo mês o calendário engrena. E os jogos vão ficando cada vez mais importantes.

Anderson Alves, O otimista.

63 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular