Flamengo de cabeça feita

Iniciando a temporada entre o campeonato de uma Federação falida e um torneio pós embrionário que ainda engatinha, podemos notar nossa evolução, mas não nos colocamos à prova. Na realidade, apesar da invencibilidade, apesar de convencermos, nossos primeiros cinco jogos oficiais serão jogos perdidos.

Podemos e devemos concordar que o time reserva do Grêmio tinha mais experiência e qualidade técnica que os primeiros miúdos que enfrentamos. Também é verdade que o clássico contra o Botafogo demanda mais atenção do que os três primeiros enfrentamentos do brasileiro.

Acontece que o maior problema desse tipo de jogo é a expectativa que se cria, a obrigação da vitória que é criada por meras escalações. Acreditem ou não, vi algumas pessoas reclamando da atuação contra o Grêmio, dizendo que o Flamengo se acomodou com o resultado, além de outras tantas queixas.

Considero essa sede de vitórias perfeitamente natural, mas é preciso, pelo menos na minha opinião, que lembremos que nossa prioridade é preparar nossos jogadores fisica e tecnicamente para quando a temporada tiver seu verdadeiro início, no dia 8 do próximo mês.

Enquanto isso, sigo pregando, que prefiro resultados adversos que nos mostrem deficiências a serem corrigidos à vitórias sem crescimento e evolução.

Hoje, no clássico, mais do que a consistência tática que temos visto, precisaremos de uma dose um pouco maior de equilíbrio emocional. A “obrigação” na busca pelo resultado funcionará como um primeiro teste mental, além de outras surpresas que podem aparecer no FERJÃO 2017.

Vencer é fundamental. Mas também é fundamental manter nosso elenco fisicamente saudável. O início da temporada, pra nós, é logo ali. Que a inteligência vista dentro de campo até agora continue no jogo de hoje. Sob todos os aspectos.

Mais do que três pontos estão em jogo. A possibilidade da folga na última rodada e um maior fôlego para o nosso planejamento importam mais ainda.

Vamos com tudo! SRN!

Thigu Soares
Twitter: @thigusoares

  • Madruguinha

    Pô Thigu, peça para os caras colocarem o layout antigo, pois este está muito ruim

    • Bernardo T

      Pior que é mesmo… passei a copiar e colar os textos em um modelo de documento pré-pronto no word pra melhorar a leitura

    • Max

      O problema é na programação do site. Quando aparece o CADEADO DE SEGURO na barra de navegação do navegador ele fica bugado, com as imagens esticadas. Quando não aparece o cadeado na barra de navegação do navegador ele fica normal.

      • Madruguinha

        Pelos dizeres, ou você é webdesigner ou cientista da computação.

    • Evandro Caldeira

      O meu também está assim!

    • Thigu Soares

      Vou pedir! Consegue me mandar um print pra eu encaminhar pra parte técnica?
      Valeu! SRN!

  • Ednei P. de Melo

    “Enquanto isso, sigo pregando, que prefiro resultados adversos que nos mostrem deficiências a serem corrigidos à vitórias sem crescimento e evolução.” — Gostei! &;-D

  • Evandro Caldeira

    A gente não critica por negatividade, a gente critica porque estamos assistindo, acompanhando o nosso time do coração que vence, mas não convence! O time pode e deve melhorar, o elenco é um dos melhores do brasil, por isso que a torcida cobra! Vc deixa de colocar os melhores para colocar os piores! Como se calar ou aceitar!