Página inicial Esportes Olímpicos Quase perfeito

Quase perfeito

812
0
COMPARTILHAR

Em mais um grande início de temporada, Flamengo fecha ano de 2016 com dez vitórias em 11 jogos e liderança isolada do NBB CAIXA 2016/2017

O Flamengo iniciou o NBB CAIXA mais uma vez de maneira arrasadora. Com a vitória sobre o Banrisul/Caxias Basquete nesta terça-feira (27/12), o clube da Gávea fechou o ano de 2016 na liderança isolada da temporada 2016/2017 do maior campeonato de basquete do país.

Atual tetracampeão da competição, o esquadrão rubro-negros partiu para a pausa da virada do ano com uma campanha praticamente intocável. Em 11 jogos disputados, a equipe somou dez vitórias e a única derrota foi diante do Solar Cearense.

“Quando a gente remonta um grupo ficam algumas dúvidas de como a equipe se comportará. Mas esse começo de campeonato serviu para nos mostrar que temos um grupo muito qualificado nas mãos. Em um campeonato tão duro como é o NBB conquistar dez vitórias em 11 jogos não é nada fácil e isso há de ser enaltecido”, disse o técnico José Neto.

“Temos muita coisa pela frente e sabemos que ainda não conquistamos nada. Nosso foco é estar bem lá na frente, na reta final, e vamos trabalhar muito ainda para melhorar. Mas é claro que um começo como esse nos dá ainda mais moral para seguir na nossa caminhada”, completou o comandante rubro-negro.

Para fechar o ano com folga na primeira posição – o segundo colocado UniCEUB/BRBCARD/Brasília tem oito vitórias em 11 jogos –, a equipe rubro-negra precisou superar alguns obstáculos, principalmente as lesões de alguns de seus principais atletas, e em nenhuma das 11 partidas o time atuou completo.

Grande contratação do Flamengo para a temporada, o armador Ricardo Fischer atuou apenas em seis dos 11 jogos do NBB CAIXA em 2016, por conta de problemas musculares. Outra novidade da equipe, o jovem ala/armador Humberto perdeu o início do campeonato por conta de uma lesão no pé e disputou três partidas.

Na vitória sobre o Caxias, o ala Marquinhos desfalcou a equipe pela primeira vez na temporada. Marcelinho Machado e Ronald Ramon também se ausentaram em uma partida cada. Dos jogadores da rotação do técnico José Neto apenas JP Batista, Olivinha e Rafael Mineiro atuaram nos 11 confrontos.

Lelê, do Flamengo

“É importante, independente da situação, você tem que ter o espírito vencedor. E esse é o grande mérito desse nosso início de temporada”Começamos a temporada com muitos desfalques e até agora não conseguimos ter o time completo em um jogo. Até por isso não encontramos a ‘cara’ desse time e ainda estamos em desenvolvimento”, analisou o capitão rubro-negro Marcelinho Machado.

Diante da rotina de desfalques, o Flamengo vem contando com alguns jovens jogadores em sua rotação. Recém-chegados ao clube, o ala Lelê e o armador Pedrinho Rava passaram a ser efetivos nas trocas de José Neto, assim como o pivô João Vitor, o ala/pivô Léo Bispo e Humberto.

“É uma troca mútua. Nós passamos experiência a eles e eles nos ajudam demais. Muitos deles chegaram ao Flamengo e tiveram que assumir lacunas que não seria para eles ainda. Mas todos estão dando conta do recado e nos ajudando muito”, elogiou Marcelinho.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, o patrocínio da SKY e os apoios do Ministério do Esporte e da Avianca.

Fonte: LNB

Comente pelo Facebook