O que Fevereiro nos reserva

Conversando com alguns companheiros colunistas do Coluna do Flamengo decidi fazer uma pequena análise do calendário mensal do nosso Mais Querido. Passado o mês de Janeiro, devemos olhar sempre em frente visando uma adaptação ao que teremos a seguir. Claro que o Flamengo sabe os jogos que teremos, mas podemos aqui ponderar friamente quais os nossos objetivos na temporada, quais jogadores estão jogando mais ou menos e quais jogos/resultados devemos correr atrás.

Antes de mais nada tenho que esclarecer que vou tentar ao máximo ser objetivo em minhas análises, coisa muito difícil, mas vocês já esperavam de um colunista com o epíteto de O otimista. Ainda assim, me ajudem nos comentários e vamos avaliando ao longo do ano.

Para começar, um aviso bastante útil para todos nós: Só haverão 10 datas Fifa em todo o ano para nós. Visto que não temos nenhum Chileno no elenco, não perderemos jogadores para a copa das confederações. Temos muitos selecionáveis e isto precisa ser levado em conta na hora de montar o calendário, mas deixemos isto para o mês em que tivermos jogos de seleções, não é o caso de Fevereiro.

Com o nosso infame calendário, teremos jogos no meio e no final de semana no mês inteiro, à exceção do final do mês na semana da quarta-feira de cinzas. Aí teremos uma semana para nos preparar para a final  da TG e estreia da Libertadores contra a nossa maior pedreira em casa, mas voltaremos a falar disso em março.

Macaé, Nova Iguaçu, Grêmio, Botafogo, América-MG, Madureira, Ceará, Semifinal do carioca. Esta é a nossa sequência que começa amanhã. Começamos bem o campeonato, Zé Ricardo parece ter escalado o melhor Flamengo à disposição, mas temos que avaliar bem quem joga para não quebrar os jogadores lá na frente. Não dá para esperar o exame apontar que o jogador está com cansaço muscular.

Num cenário ideal, o Flamengo jogaria contra Macaé e Nova Iguaçu com o time que vem se preparando para ser o titular. Dar rodagem ao time, encaixar os onze, a marcação, os chutes de longa e média distância de Diego e Mancuello que ainda estão muito tímidos. O grande problema é que depois virão dois jogos contra grandes. Grêmio e Botafogo.

Talvez fosse boa ideia rodar o elenco contra o Nova Iguaçu. Descansar o Diego, Réver e Arão. Testar Adryan, Donatti e Cuellar. Não gosto do Colombiano como segundo volante, mas a alternativa seria mudar o posicionamento ou do Rômulo ou do Mancuello e não acho uma boa por hora. Deixe-os se ajustarem ao time. A não ser que haja algum jogador com problemas e, neste caso, o CEP precisa estar muito atento.

Sobre os jogos contra grandes temos que ir com força total. Estes serão os nossos maiores testes antes da Libertadores, depois das finais da taça Guanabara. Uma grande questão é saber se o Botafogo vai levar o confronto a sério ou não. Os alvinegros estarão concentrados nas decisões se vão ou não jogar a Libertadores. Eles não terão vida fácil na pré libertadores e, dependendo de resultados no carioca, poderão nem ir para as finais da TG, talvez nem joguem com time principal contra nós. Caso isso aconteça, temos que rodar novamente o elenco e descansar outros jogadores. Rômulo, Guerrero e Trauco são candidatos, mas nem tanto.

Nos outros jogos teremos um pouco menos pressão, podendo também rodar. Principalmente contra Madureira, que podemos enfrentar já classificados para as fases finais da TG e, Ceará e América-MG, que são grandes, mas talvez possamos vencê-los com a promoção de jogadores ainda não utilizados. Note, que a nossa sugestão é rodar o elenco fazendo no máximo três trocas por jogo, possibilitando aos que entrarem estar num time competitivo e minimamente entrosado.

Há no elenco jogadores que precisam ser apresentados à torcida rubro-negra. Casos de Paquetá, Ronaldo, Thiago, Cafú e Moraes, que treinou com os profissionais e deve ser o substituto do substituto do Jorge. Para não correr riscos desnecessários, seria bom ver dois, talvez três deles contra Madureira, Ceará e América-MG. De novo, note que não quer dizer modificar todo o time. Um time com Muralha, Pará, Réver, Vaz e Moraes; Rômulo, Arão e Diego, Everton, Paquetá e Guerrero é bastante competitivo. Da mesma forma se trocarmos Muralha e Rômulo por Thiago e Ronaldo e devolvermos Trauco e Mancuello para a equipe titular.

As inserções dos garotos do ninho devem ser feitas assim. Paulatinamente e não como soluções para buracos que não podem ser tapados de última hora.

Anderson Alves, O otimista.

  • Vinny Dunga

    Ótima análise!!

    • Anderson

      Beleza, Vinny! TMJ

    • thiago

      Vai aprendendo, Vinny Dunga (O Mito).
      Kkkkkkkkkkkkkkk
      SRN!!!

  • Rique Concurseiro

    Velho…tu tem que ir pro departamento de futebol do Mais Querido!
    Excelente análise! Penso exatamente como vc…que este rodízio tem que ser feito paulatinamente…e, não dá forma que foi feito ano passado contra o figueirense…todo o time reserva…
    Análise muito inteligente e bem completa. Parabéns!

    • Anderson

      Obrigado, Rique. Vamos ver o que a comissão técnica fará. Srn

  • Rodrigo Alves

    Macaé, Nova Iguaçu, Grêmio, Botafogo, América-MG, Madureira, Ceará, Semifinal do carioca.

    Eu iria de titular,reserva,titular,titular,titular,Reserva,Titular e titular

    • Anderson

      Você não acha que um time de resevas, nesse caso, não vai agregar valor? Digo isso porque se colocarmos todos os reservas, a falta de entrosamento pode atrapalhar a avaliação dos jogadores que podem entrar e ajudar quando for preciso.

      • Rodrigo Alves

        Vai depender do CEP, queria reservas pra pegar ritmo!

  • Nick Sousa

    O problema e que se roda o time na primeira liga ja comecam a dizer que o flamengo nao ta valorizando a competicao

    • Anderson

      Mas é que infelizmente é a experiência que o Flamengo fez ano passado. Eu sou mais interessado na liga que no carioca, mas as fases finais vão ser um problema lá na frente. O que não quer dizer que não a jogaremos. Mais a frente vou comentar sobre isso, mas já adianto que serão jogos em data fifa.

  • Nick Sousa

    O Moraes treinou com os profissionais e ja estao achando que ele foi integrado, mas ele nem esta inscrito no carioca

    • Anderson

      Será que pode ser inscrito no lugar do Jorge?

  • André N Lessa

    Anderson,
    Apenas para complementar a sua análise, se você assim me permitir, o sul americano sub-20 termina no dia 11/02, então MA, LP e FV poderiam ser usados com mais qualidade à partir do dia 22/02 de forma que possam fazer todos os exames e se prepararem para um novo ciclo de esforço físico.
    Aproveitando a lembrança do forista Nick Sousa, seria interessante cruzar os dados contra a lista de inscritos para cada competição.
    SRN

    • Anderson

      Pensei nisso também, aí quis encaixar só o Paquetá, porque é o que penso que ainda precisa ser testado. O Vizeu já é do elenco mesmo, no sentido que não é mais uma incógnita. Não tem que ser testado. Merece chances na frente do Damião, e fazer a rodagem com o Guerrero regularmente. Já o Matheus Sávio deve estar na lista com Paquetá, Ronaldo etc. Estou totalmente de acordo.

  • Berrío

    #Megão Real Madrid das Américas

    • Anderson

      Ainda não chegamos aí. Nem sei se quero chegar. Acho que uma postura como o Barcelona seria melhor. No sentido que valorizaríamos a base e contrataríamos cirurgicamente, jogadores top para posições que não tivermos um prata da casa melhor.

  • Marcelo Miranda

    Caramba, você só fala besteira. O ano nem começou e está falando em descansar.
    Tem que botar esses caras pra jogar, para com esse papo de Muricy.

    • Breno Silva

      Nao simplesmente descansar mas dar oportunidades nestes campeonatos de pré temporada. Isso eh bem diferente.
      SRN

      • DefendaSeuDinheiro

        O elenco tem que rodar, aguentar o ano todo e o plantel inteiro ter ritmo de jogo, ou seja, trocar peças durante as partidas e manter o mesmo nível de competitividade.

        • Anderson

          Tamojunto. SRN

      • Anderson

        Para não chegar no fim da temporada como jogos contra SP, Grêmio, Cruzeiro e ter dúvidas se coloca ou não o Paquetá, como foi em 2016.

    • LZKSB

      Deixe de ser imbecil. Tu vais machucar um Diego, um Macuello contra um Madureira sua ameba? PQP

      • Marcelo Miranda

        Imbecil e ameba é a senhora sua mae!

        • LZKSB

          Ihhh A Mocinha apela pra mãe. Não seja nojento, já és insignificante. Não Preciso xingar a senhora sua mãe, ter um filho como você é pior que qualquer xingamento.

          • Marcelo Miranda

            Vai procurar um macho meu camarada, ta afim de arrumar alguém para te comer deve ir em outro site aqui se discute futebol. Panaca!
            Pelo jeito você nem mãe deve ter, pois um merda igual a voce deve ter sido criado pela avó!

    • Anderson

      Eu entendo isso. Mas você não acha que é melhor prevenir num jogo de pouca importância e guardar esses jogadores para grandes jogos. Eu não falei em poupar todos os jogos, embora fosse a minha primeira ideia. Por hora estou tentando ser o mais isento possível, observando o calendário que temos em mãos. Mês que vem os jogos vão aumentar. Aí a exigência vai subir.

      • Marcelo Miranda

        Entendo que não se pode abrir um guarda chuva para resultados ruins.
        Ano passado ficamos fora da primeira liga, Copa do Brasil e Sul americana por causa desse “cansaço”.
        Precisamos buscar títulos esse ano, acho que o Flamengo está deixando escapar oportunidades por erros na utilização do elenco.
        Acho que uma ou outra peça possa suplantar jogadores como Diego, Arão, revezar as laterais, alternar os jogadores de velocidade, mas não podemos entrar em competições com times completamente reservas e sem ritmo de jogo, acho que no máximo 3 titulares fora. A não ser em vésperas de jogos decisivos, aí sim podemos usar todos os reservas.

        • Anderson

          Essa é a proposta. Pensando nas eliminações do ano passado, podemos lembrar que perdemos para o cap, porque tínhamos muitos desfalques, alguns deles por cansaço muscular e isso no início da temporada. Srn

  • D’Rocha

    Ótima análise. A hora de rodar o elenco, fazer testes, é agora. A Libertadores já começa, para nós, dia 08 de março.
    Mas também não adianta colocar o jogador por 15min e depois descartá-lo. É necessário que haja sequência. Não precisa testar todos ao mesmo tempo, o importante é que o cara tenha oportunidades para mostrar se pode ou não contribuir com o grande ano que, espero, teremos pela frente.

    • Anderson

      Isso mesmo. E isso não quer dizer que nossos principais jogadores tenham obrigatoriamente que atuar 90 minutos de todas as partidas. Hoje mesmo contra o Macaé, o Flamengo abrindo alguma vantagem, dá pra fazer alguma mudança. O Adryan, pode entrar no lugar do Diego, por exemplo, no segundo tempo. Não é nem perto do mesmo nível, mas o jogador não pode reclamar que não está tendo oportunidades… SRN

      • D’Rocha

        Prefiro o Adryan atuando pelo meio. Ele não tem poder de marcação para jogar pelas pontas como no jogo anterior. Ainda acredito que ele, se tiver mais oportunidades, poderá nos dar muitas alegrias, desde que jogue na armação das jogadas.

        • Anderson

          Também prefiro, apesar de achar que ele precisa provar a nossa expectativa.

  • Ruan Pedro

    Parabéns pelo seu texto, Anderson!

    Além de fazer uma análise fria dos nossos compromissos, indiretamente, você forma uma opinião que nossa torcida carece:

    VALORIZAÇÃO DO ELENCO, E NAO DO TIME.

    Jogadores aptos. Se precisar do Paquetá por característica de jogo do adversário? Ele precisa estar pronto. Assim como Sávio, Cuellar, Donatti..

    Resta ao Zé Ricardo realizar realmente essa rodagem e dar oportunidades aos garotos.

    Estamos de olho!

    • Thiago

      Essa rodagem é boa, principalmete pra colocar o Thiago, Michael e moraes pra jogar, pra ver se realmente é nescessário a contratação de um goleiro e um LE já de imediato… Eu particularmente até o inicio de brasilerão não contrataria ninguem, daria oportunidade a esses garotos e caso não venha a corresponder, possa contratar jogadores bons sem gastar tanto, além de esperar uma grande “chance” de mercado pra trazer um jogador nivel A, assim como foi Guerrero (2015) e diego (2016).

      • DefendaSeuDinheiro

        Concordo, também não vejo necessidade de contratar mais ninguém, exceto se forem ótimas oportunidades para jogadores que venham sem custo e salários não tão altos.

        • LeandroMgaJP

          Sim, a rodagem do elenco no primeiro semestre tem também isto como saldo positivo: saber quais as posições em campo são de fato as mais carentes para que se possa melhor investir na janela de meio de ano;
          acaso não se rode o elenco todo, então sempre ficará a dúvida se fulano ou beltrano daria ou não conta do recado se viesse a ser requerido;
          por outro raciocínio, nunca poderão dar plena conta do recado se nunca são postos a jogar.

          • Anderson

            Fora o fato de preservar a saúde dos atletas. SRN

      • Anderson

        Isso é mais uma coisa que eu penso. O que esperar dessa janela de meio de ano que sempre traz oportunidades e o Flamengo tem se notabilizado em trazer jogadores de ótimo nível neste período. Vamos ver o que se tem pensado, visto que ainda não gastamos grandes quantias para trazer ninguém e já fizemos caixa.

    • Anderson

      Vamos aguardar. A primeira oportunidade é o Nova Iguaçu. Caso ele opte por não rodar para dar corpo ao time principal, vai ter que repensar as atuações contra Botafogo e Grêmio, ambos na libertadores.

  • Thiago dos Santos

    Muito boa a análise, daria oportunidade aos jovens sem queima-los, testaria nomes que a torcida tanto quer ver terem uma chance sem joga-los numa fogueira de time desentrosado e por fim daria pra ter uma base se precisamos ainda de alguma peça de reposição no elenco (lateral-esquerda e goleiro)

    • Anderson

      Exatamente. Espero que o Clube faça algo no mínimo parecida. Temos bons valores a serem testados.

  • danilo

    boa ideia. temos que fazer essa rodagem.

    • Anderson

      Será que eles ficam de olho aqui? Bem possível, hein

  • Fabio Monken

    Fala Anderson!
    Excelente análise. A inserção destes atletas, tanto os da base quanto os da reserva, deve ser pensada para que eles rendam quando requisitados e embasada nos dados do CEP para não os perdermos por lesões inoportunas. Em tempo, concordo integralmente com você sobre a utilização dos garotos, que devem ser colocados num time pronto e sem ter a obrigação de serem protagonistas. Mas devem mostrar personalidade, afina de contas se não aguentarem a pressão jogando no Mengão, não servirão pra envergar o Manto mais pesado do Brasil!
    SRN! TMJ!

    • Anderson

      É isso aí, Monken. Não me debrucei sobre os reservas com mais afinco, porque o momento de colocar a base é esse. Sem contar que há as substituições durante o jogo para encaixar os suplentes. Uma vez que os garotos do ninho já foram testados, passam a fazer parte integrante do elenco e são encaixados como qualquer atleta.

  • DefendaSeuDinheiro

    Perfeito, belo texto, estou plenamente de acordo, o time está com a faca e o queijo na mão para deixar todos o plantel competitivo.

    • Anderson

      Isso aí. Tmj

  • Igor Nonno

    Também gostei da análise. Dar a semana cheia para treinos e evitar jogos “fúteis” para a equipe titular é um bom caminho, porém deve haver cuidado com essa questão para não afetar o entrosamento do time e nem tirar o ritmo de jogo de alguns jogadores. Falo isso porque o Brasileirão não haverá vida fácil a ponto de se rodar tanto o elenco, a não ser por lesões, cartões ou desgastes físicos, mas somente por preservação acho perigoso.
    Outra questão a ser avaliada seria a incorporação de alguns garotos da base ao time profissional. Eu preferia lançar aos poucos um ou outro jogador prata da casa junto com titulares e não com os reservas (que tecnicamente são inferiores ao titulares), pois levando em conta que há também alguns jogadores questionáveis e ruins no elenco, misturar esses garotos “à parte podre da cesta” pode queimá-los em vez de explorar seus respectivos talentos. Creio que a comissão técnica esteja ciente há muito tempo desse debate que começamos hoje. Só precisa ter cuidado e planejamento.

    SRN!

    • Anderson

      Opa. Entendo sua posição, mas você não acha que um time com Moraes e Ronaldo é o restante dos titulares passa problemas no brasileiro? Claro que não jogariam contra o Palmeiras, contra o Atlético GO?
      Agora me falta o artigo, mas certa vez, li que não é saudável um jogador atuar em mais de 7 partidas por mês. Ou seja, vai ficar de fora um jogo só. Mudando dois em alguns jogos, basta.