Página inicial Colunas Coluna do Torcedor Coluna do Torcedor: “O que precisamos para fazer uma campanha digna na...

Coluna do Torcedor: “O que precisamos para fazer uma campanha digna na Libertadores?”

485
22
COMPARTILHAR

Desde 2007 o Flamengo participou de 5 edições da Copa Libertadores da América, em 10 anos (contando com o ano que vem) o fla esteve presente em 60% das edições. Muitos dizem que a Libertadores é diferente, que precisa se acostumar com ela, mas o Flamengo é prova viva de que não basta apenas “participar”.

Nessas 5 participações dos últimos 10 anos, nossa melhor participação foi uma quartas-de-final, em 2010, quando caímos para o Universidad de Chile. Mais que eliminações foram vexames, pois uma coisa é você ser eliminado da Libertadores, outra é passar vergonha (nem toda eliminação é vexame!).

Retrospecto

2007 – Eliminado nas oitavas para o Defensor-URU (perdeu o jogo de ida por 3×0, um dos piores jogos do Flamengo no século)

2008 – Eliminado nas oitavas América-MEX (precisa contar a história?)

2010 – Eliminado nas quartas para a Universidad de Chile (perdemos o jogo de ida em casa por 3×2, na volta ainda vencemos por 2×1, mas não foi suficiente)

2012 – Eliminado na fase de grupos (caímos para Lanús, Emelec e Olímpia)

2014 – Eliminado na fase de grupos (caímos para Bolívar, Emelec e León)

O que fazer?

1 – DESMITIFICAR A LIBERTADORES

A competição é diferente? Sim, mas calma. Não é só a pancadaria, não é só o carrinho com grito de EEEEEUUUU!, não é só pedrada na cara jogada da arquibancada e também não é só altitude. A competição tem mostrado à cada edição que quem se planeja tende a chegar longe, exemplo, Indep. Dell Vele-EQU (finalista 2016), Bolívar-BOL (semi 2014), Nacional-PAR (finalista 2014). Citei apenas três exemplos recentes de clubes que não possuem grande tradição em competições internacionais, mas que JOGANDO BOLA, chegaram longe. Agora, falando de tradição, não precisa nem explicar muito para falar do título do Atl. Nacional-COL, em 2016. Eles bateram? Ganhou jogando pedra? Ganhou gritando? Não! Apenas jogaram bola.

2 – PSICOLÓGICO

Outro tema batido, mas que precisa ser lembrado. A Libertadores é realmente diferente (mas não como gostam de falar, igual ao tópico acima), caldeirões, jogos com escolas diferentes, onde priorizam mais a marcação e até mesmo a tal da catimba. Algumas das nossas eliminações fomos adversários de nós mesmos, seja pela soberba (2008), por respeitar de mais todo esse “mito da Libertadores” (2007), entre todos os outros fatores que englobam a parte psicológica. Isso se resolve com experiência, com “casca de Libertadores”, esses jogadores temos no elenco.

3 – SOBERBA

Muitos torcedores pegam a tabela antes do sorteio e dizem “É, não tem Boca, só fugir do Atl. Nacional e River Plate que dá pra levar!”. Não é assim amigo, as últimas edições  mostram várias equipes de menor expressão chegando nas fases decisivas, essa história de que “o futebol brasileiro tem uma superioridade econômica” e “temos que passar por cima”, não pode entrar em campo, pois já colocamos isso em campo e vimos os resultados. Nosso grupo é bem complicado, mas vejo com positividade já que San Lorenzo-ARG, Univ. Católica-CHI e Atl.-PR ou Milionários-COL poderiam ser perfeitamente nossos adversários em um mata-mata, além de que enfrentando esses clubes o time terá que entrar em campo e se prepara com um poder do concentração enorme.

4 – OPÇÕES NO ELENCO PARA DIFERENTES ESCOLAS

Talvez esse seja o fator mais avançado em relação a solução. Nossa diretoria vem trabalhando bem no quesito contratação, peças pontuais que estão sendo especuladas são de qualidade. Já perdemos muitos jogos por não ter jogadores que se adequam para um determinado estilo de jogo. Exemplo (NÃO IREI CITAR NOMES DE JOGADORES), talvez em um jogo na altitude um cara com mais experiência talvez aguente mais que um garoto, já que ele vai saber dosar o seu ritmo, um jogo com chuva e campos com péssimas condições exigem jogadas aéreas, times que rodam muito a bola exigem uma maração forte e veloz. Estamos próximos de solucionar esse problema que já nos eliminou de Libertadores passada.

5 – PACIÊNCIA

Mais uma vez vamos citar a já batida frase “Libertadores é diferente”. Ela é tão diferente que exige aprendizado, como já disse temos peças experientes, mas fazer uma campanha digna nesse ano pode nos levar como favorito em outros anos. Obviamente queremos o título, porém lembre-se, nem toda eliminação é vexame, largue a soberba de “Flamengo é muito grande pra entrar pra fazer boa campanha”, “aqui é Flamengo! Só entra pra ganhar”. Sim, somos muito grande e sim entramos pra ganhar, mas calma, se perdermos não é tragédia, fazer uma campanha digna ajuda a nos colocar como candidatos à título em outras edições, além de melhorar a nossa marca no continente, pois o pote 3 não é o nosso lugar.

Paulo Henrique Moreno


Quer ver sua coluna publicada aqui também? Envie para o e-mail redacao@colunadoflamengo.com, com o assunto “Coluna do Torcedor“. O texto será avaliado e, se aprovado, publicado no site.

Comente pelo Facebook

  • Bruno Martínez

    Essa é muito fácil de responder:
    Só o zé ruela rueda tirar o caramujo e gabriel do ELENCO.
    Ta rolando uma mobilização da torcida nas redes sociais pro mancuello continuar no clube, a diretoria tem que ouvir a torcida…não pode cagar no pau denovo como a renovação do caramujo.
    Tamu junto bandeira mestre dos magos.

  • Junior_Capacete

    Um bom 1°volante.
    2 bons atacantes.
    Ajuda de Deus.
    Fé na vitória.

  • silasT

    A Libertadores se divide em duas fases:
    1 (pontos corridos): exige um time forte tecnicamente
    Temos:Muralha//Jorge//Diego//Conca

    2 (mata-mata): exige um time cascudo, experiente
    temos:Rever//Arao//Diego//Everton

    obs: faltam atacantes melhores tecnicamente e talvez mais 1 jogador cascudo/experiente. Quanto ao tecnico ser inexperiente vamos perder justamente no quesito 2.

    • lanzinho

      Silas vc esqueceu no quesito 2 Mancuello, Donatti, Trauco, Guerrero

      • silasT

        Donatti e Guerrero concordo!

        • Ruan Pedro

          Guerrero tão experiente em libertadores que tomou um vermelho e deu um baita desfalque no Corinthians

          • Yan Balduino

            Se ele fizer isso no Flamengo será reforço rsrs

    • kenywats

      Isso se não der pra alguns jogadores acabarem tomando as rédeas do time. Por exemplo: o Conca é reconhecido na China como uma celebridade (ganhou até um prêmio nunca ganhado por jogador) por ser um influenciador (praticamente um professor full-time) além de ótimo jogador, o que é raro. Então, poderá ser o personagem guia que o time tanto necessita, independentemente do técnico. Parece ser o cara humilde que convence naturalmente sem se impor, só no sapatinho pela experiência.

  • Junior Vinicius

    Tem uns pontos que gostaria de ressaltar como importante na disputa da liberta:
    * Mando de campo forte, ter um estádio e torcida que deixem os adversários incomodados, e o seu time conhecendo os atalhos do campo e crescendo com o apoio da massa flamenguista.
    O Flamengo não tem esse estádio, vamos penar sem essa casa.
    * Elenco na reapresentação completo, sem indefinição de peças, pra que tenhamos um elenco bem treinado e entrosado, pronto pra voar baixo na competição.
    Isso o Flamengo pelo 4° ano consecutivo sobre a administração desta diretoria não tem, ta ficando repetitivo os erros desta diretoria.

    • Lucas Mengao.

      VERDADE,demoram demais pra contratar….

  • Diogo Mattos Figueiredo

    Boas colocações. Concordo com muito do que foi falado, por isso torço para que Romulo (caso venha) seja o titular, ou então o gringo Cuellar entre 2017 com o pé direito e assuma a titlaridade…. SRN.

    • Douglas Galvão

      Verdade Diogo, mas é preciso dedicação e luta pela bola nos 90 minutos porque a maioria dos jogos não são jogos de se ganhar só na qualidade técnica, na bola, pois, muitos jogos são vencidos na vontade, são os “jogos brigados”!

      Aquele abraço

      • Evandro Caldeira

        Essa barca do Flamengo precisa de um marujo ousado, o ZR não vai conseguir um bom trabalho se não mudar sua ideologia tática, ele está apenas se defendendo, isso é fácil, o que precisa ser feito é gols, um time competitivo ele tem, mas está perdido no meio e na parte ofensiva! O time é totalmente dependente de um jogador que não é matador(Guerrero) E os outros que formam a trinca tem a prioridade de marcar, se manter um meio com o Ma é só goleada na libertadores, temos Cuéllar e Mancu, se ele fizer um meio com esses 2 mais o Diego, Arão e Everton em um 4-5-1, 4-4-2,4-1-4-1 e 4-2-3-1 pode funcionar melhor do que o falido 4-3-3 dele! Fazendo um rodízio geral com estes 5 jogadores no meio, ora Mancu e Everton chega no Guerrero, Diego livre girando no campo e Cuéllar e Arão revesando como 1° volante, tanto na ofensiva como na defensiva! Esses caras juntos e com muita movimentação, podem dar certo e confundirem os adversários!

  • YesIcanmyfriend Brasil

    Muitos veem libertadores como uma das maiores competicoes , depois da champions é sim o torneio mais disputado e equilibrado do mundo e ai me vem na cabeça seguinte , sempre que entramos com times que no papel é bem melhor do que o time adversario os caras entram com o salto alto enquanto os caras entram com uma gana de final de campeonato contra o Fla , se vc reparar sao todos kkkkkk pois jogar contra o mengão é uma honra e se vc se destaca em um jogo que tem uma visibilidade monstra é claro que outros times irao estao de olho e quando o assunto é esquema tatico eu vejo o zeh ricardo mt atras da maioria , pois ele so tem um esquema ao meu ver , das vezes que tentou mudar fez merda e na liberta nao sera diferente , pois ira encontrar momentos de muita dificuldade e tera que fazer mudanças , ai esta o grande problema do nosso cabeça , ele nao tem muita experiencia em jogos importantes e que demonstre um jogo de cintura e uma forma de ver e mudar o time , sempre critiquei o zeh sem dar maiores enfases , mas me vi obrigado a dar um pouco de luz para os fãs do zeh doidera , pois bem , em um grupo extremamente disputado vejo nao como torcedor e sim analisando o grande momento q vive os outros times , se nao tiver uma grande mudança no zeh ricardo , sera muito mais dificil que cada um imagina . E pelo amor de Deus diretoria , vamos tirar a mao do bolso e contratar um cara para por no lugar do caramujo e um lateral esquerdo para fazer sombra pro Jorge e poe o Donatti pra jogar. SRN !!

  • Vinícius Presto

    A primeira coisa a se fazer é contratar logo com um primeiro volante bom, Rômulo mesmo tá ótimo. Se isso não acontecer nosso treinador vai com o pereba do caramujo, aí já era. Também precisaremos de um atacante que caia pelas pontas e ao mesmo tempo seja bom definidor. E no mais é jogar com inteligência, raça e foco no psicológico. Nossas últimas eliminações foram meio decepcionante, assim é preciso utilizá-las como aprendizagem e não fantasmas aterrorizantes.

  • Evandro Caldeira

    Com a atual formação e ataque a gente vai sofrer, na libertadores o time deve jogar para cima. Vi alguns desses adversários do Flamengo, temos condições de passar tranquilo, mas com esse 4-3-3 o time deixa um buraco no meio e 3 atacantes que não se movimenta para confundir a marcação, é um esquema de fácil marcação, falido! Os pontas do passado eram dribladores, iam para cima em diagonal, linha de fundo, entravam na área! Mas os do Flamengo parecem pontas de time de futebol de mesa!

  • Ltom Macêdo

    Treinador… nas últimas edições que fomos ou faltou elenco ou faltou treinador…

    Nessa temos elenco, mas não temos treinador.

    • Silvio Marcelo

      Macêdo você foi perfeito na sua colocação. ..eu penso da mesma forma..simples assim !

      • Ltom Macêdo

        Obrigação de ser campeão ninguém tem. Mas com esse time o mínimo aceitável é quartas de final.

  • Silvio Marcelo

    Kkkkk. ….teríamos que voltar no tempo e demitir o zé ruela quando passa vergonha contra o palestino e demitir o merdaraujo quando comemorou a eliminação porque assim teria mais tempo pra descansar…fala sério …Vou falar a mesma coisa que falei quando ainda estávamos em segundo no brasileiro e fui massacrado aqui na coluna. ..”que só iludido acredita que seremos campeões de uma libertadores com esse zé mane. ..esse merda de técnico já foi desclassificado pelo poderoso palestino..Já perdeu o título do brasileiro …Já perdeu a merreca que a segunda colocação daria pro clube..esperando só esse merda cair pra ver o que vão falar seus defensores. .essa eu quero ver…

  • Carlos Campos

    Enquanto o Flamengo apresenta a Carabao…
    Apresento-lhes o que apurei sobre Crefisa e F A M que patrocinam a Porcolândia…
    Reportagem de março de 2016, muito recente ainda.

    Abram a pesquisa do Google.
    E digitem:
    istoe dinheiro
    noticiaseconomia2016
    lamacchia-bilionario-encrencado.

    E conheçam “um pouco” da situação dos “Grandes Patrocinadores do Palmeiras” e avaliem por si próprios o “Risco Parmalat” a que estão novamente expostos.

    Madruguinha, obrigado pela dica,

    Mengão sempre.!

  • Alberto Siqueira

    A libertadores não tem uma formula mágica, vejam as últimas edições da competição, vejam os dois finalistas do ano passado, o que eles tem que qualquer time brasileiro não tem se tratando de elenco? vejam os dois últimos times brasileiros que chegaram longe, o Inter(2015) com a base que foi rebaixada esse ano, e o São Paulo(2016) que passou boa parte do ano brigando contra a degola, ganha a libertadores o time que arregaçar as mangas e jogar todo jogo como final, ganha o time que se encaixa durante a competição, só pra se ter idéia só 4 times brasileiros ganharam o brasileirão e a libertadores no ano seguinte, por isso, alguns times gastam todo o seu dinheiro contratando para ganhar, outros mantém a base e investem pouco, outros não tem dinheiro e não investem, quem está certo? só no final que veremos.