Home Destaque Bandeira de Mello afirma que situação do Maracanã é ‘desoladora’

Bandeira de Mello afirma que situação do Maracanã é ‘desoladora’

613
6
SHARE

Nesta quarta-feira, mais uma vez Eduardo Bandeira de Mello comentou sobre a situação de abandono do Maracanã pelas autoridades. O Flamengo luta para que ocorra uma nova licitação, dando assim a oportunidade de que times de futebol administrem o estádio juntamente com empresas privadas, no entanto, isso pode não acontecer.

Com o ‘empurra empurra’ entre a Maracanã S.A. e o governo, o estádio foi abandonado e sem manutenções, começou o processo de degradação. Desta forma, Bandeira de Mello, durante a reapresentação do time no Ninho do Urubu fez seus comentários sobre a situação, conforme noticiou O Globo.

– Assisto isso consternado. Eu que ia a todos os jogos, morava perto, acompanhei todas as reformas e ver o que estamos vendo é desolador. Estamos em contato com o governo do estado e tenho certeza que vão tomar uma atitude para, pelo menos, interromper o problema de degradação e acelerar a interrupção da concessão, seja criando uma nova ou passando a atual. O que me preocupa é a deterioração e o fato do Maracanã poder ser entregue a atravessadores. Ainda mais com o estádio tendo problemas a longo prazo.

É bom lembrarmos que Bandeira de Mello afirmou em outras ocasiões que o Flamengo não jogará no Maracanã caso o governo repasse o contrato atual que tem com a Maracanã S.A. (Odebrecht e AEG) para a Largaderè e BWA.

Mais uma vez o presidente disse que o Flamengo tem a solução o estádio ser rentável para os grandes do Rio e ao mesmo tempo ser auto-sustentável. Desde o ano passado, o clube buscou parcerias para conseguir administrar o Maracanã, contando até mesmo com o Fluminense.

– O Flamengo tem a solução para nunca mais o estado ter que botar a mão no bolso para manutenção. O Flamengo junto com os seus parceiros, entre eles o Fluminense – disse Bandeira de Mello.

Enquanto esta novela não acaba, o Flamengo busca opções para mandar seu jogos.

‑ Esperamos que a Arena fique pronta até a segunda quinzena de fevereiro. O Maracanã, só Deus sabe. Tudo indica que a estreia contra o Boavista será em Manaus e que a estreia na Primeira Liga será em Brasília, afirmou o presidente.

O rubro-negro terá uma parceria com a Portuguesa, contando assim com o estádio Luso-Brasileiro para realizar partidas nos próximos 3 anos, podendo se estender por mais 3 anos. Até as reformas e adequações ficarem prontas, o clube busca outras alternativas, como as citadas por nosso presidente.

Comentarios

comentário

  • André N Lessa

    O descaso é tão grande que dá a nítida impressão de que o Estado está gostando da situação para poder justificar nova reforma, e mais desvio de verbas, do Maracanã,
    SRN

    • Madruguinha

      dá ideia não kkkk

      • André N Lessa

        Do jeito que as coisas são, e continuam sendo – assim como sempre foram em sua grande maioria -, o PMDB consegue essa reforma e passa, sem licitação, para uma subsidiária da DELTA e com o aval da Carmem Lúcia.
        SRN

        • Paulo Vinícius Siviero

          Acertô Miseraaavi!

  • Fla 2017

    As tricoletes não fazem nada para ajudar. Só vejo o Bandeira lamentando. Pare de chorar Bandeira e comece a construir o nosso estádio, esse será o verdadeiro legado. Esquece o Maracanã ele não é do Flamengo, se fosse estaria pintado de vermelho e preto. Não dá para achar que brinquedo dos outros é nosso. Vai passar mais uma gestão pensando no Maracanã? Comece a construção a Nação te apoiará!

  • mtakh

    A última coisa que o Pezão, que era o vice meliante ex.governador Cabral(preso),quer é aparecer em público.Prefere o anonimato,pra que ninguém se lembre dele na Lava-Jato.Delatores ex governadores cariocas presos não faltam,Cabral, Garotinho.Enfim tirar Pezão da toca é tão difícil como tirar Del Nero do Brasil.Cadeia é pouco. Enquanto isso o povo paga por ter votado ou não no safado.