Home Colunas Contratações comprovam o novo Flamengo

Contratações comprovam o novo Flamengo

419
49
SHARE

Essa semana chegamos ao fim da novela da contratação de Diego Ribas, fechando o pacote de reforços do time para a temporada. Só nas últimas semanas o Flamengo fez 3 contratações de peso, Donatti, Damião e Diego, todas elas consideradas grandes para o futebol brasileiro, fato que deixo muito jornalista bairrista maluco tentando entender como o mengão pagaria isso.

Não só o fator “condições” chamou a atenção, como o fator “vontade” fizeram esses jogadores escolherem o Flamengo. Por mais grana que seja oferecida, a vontade de jogador sempre vai prevalecer, os casos mais específicos de Diego e Donatti, foram exemplos nítidos do novo cenário do Flamengo no futebol Brasileiro, o do: “Eu quero jogar no Flamengo”, Diego e Donatti fizeram esforços pessoais para virem para o mengão, logicamente isso influenciou toda a negociação, e comprova que a imagem do Flamengo mudou completamente e radicalmente nos últimos anos.

As novelas das contratações

A primeira novela foi a contratação de Donatti, o Flamengo ainda em busca de mais uma opção na zaga, foi buscar o prometido xerife no mercado sul-americano, o zagueiro queria tanto jogar no Flamengo que deixou a concentração do Rosario Central para pressionar o clube a aceitar a oferta, após muito drama e várias negociações, ele foi contratado.

A segunda e com maior glamour foi a chegada de Diego, teve todos os ingredientes, emoção, suspense, drama, tentativa de golpe, alegria, romance, namoro no Twitter e enfim, a festa da chegada após ele conseguir a liberação aos 45′ do segundo tempo da janela de transferência, sem dúvidas a torcida foi peça chave, nas redes sociais a torcida rubro-negra feliz com a possibilidade, mostrou ao Diego que ele era muito bem-vindo “Vem ser feliz no mengão”. Diego aceitou reduzir o salário, que não é baixo, e foi pessoalmente rescindir o contrato com o Fenerbahçe, apesar de todos saberem que Diego não vem da sua melhor fase na carreira, a torcida festeja não só sua chegada, como também a prova de que o Flamengo hoje colhe frutos de sua boa gestão financeira, e pode se dar ao luxo de ter jogadores como Guerrero, Damião e Diego, jogadores caros.

A fama rubro-negra sempre foi negativa, vamos concordar que havia razão para isso, milhões em dívidas, contratações loucas, péssimas estruturas e a famosa bagunça, esse era o fantasma que pairava a gávea, quem não lembra de quando Guerrero chegou muitos não davam 3 meses para começarem os salários atrasados, ou mesmo quando Muricy chegou diziam que devido a “bagunça” que era ele não ficaria muito tempo, porém, não foi o que aconteceu, pelo contrário, tanto Guerrero quando Muricy, já afirmaram que haviam até propostas melhores em outros lugares, porém, acreditavam no potencial e no projeto rubro-negro. Outro caso também foi Willian Arão que chegou a entrar na justiça para poder jogar no mengão, e as evidências não param por aí.

Apesar de não termos títulos no futebol ainda, nas finanças podemos comemorar vários, o Flamengo vem limando suas dívidas e enterrando diversos ossos do passado, temos a melhor gestão financeira do Brasil, mesmo com o país em crise, que sim, afeta o clube, somos o time mais quita seus débitos e arrecada, e nunca mais se ouviu falar em atraso de salários.

Um futuro pela frente

E as boas perspectiva não param por aí, vale lembrar que o Flamengo ainda busca por um estádio, seja ele a administração do Maracanã, ou a construção de um estádio próprio, o que sem dúvidas influenciaria no aumento do programa Sócio Torcedor, que ainda permanece pequeno se comparado ao tamanho do Flamengo, outro fator importante e que pode fazer o clube crescer ainda mais. Outro quesito que o Flamengo poderá se gabar no futuro é o CT, ainda em fase final de construção a cada dia recebe alguns milhões para seu investimento, ele promete ter uma estrutura de 1º mundo, e finalmente apagar de vez as péssimas memórias do passado rubro-negro.

Já se sabia que não poderíamos contar estádio e CT esse ano, ou seja, nada fora do controle, e as perspectiva para o ano que vem são muito animadoras. O projeto do Flamengo ainda tem um caminho muito longo, ele leva tempo para se concretizar, mais as provas estão aí. Com as chegadas dos novos reforços, é até difícil não sentir o cheirinho de hepta, mas ainda existe muito chão pela frente, o time ainda tem muita bola para jogar, devemos nos preparar, e torcer.

“O Flamengo arrumado, mandará no Brasil”. Não sou eu quem diz, foi só Kalil, ex-presidente do Atlético-MG, há algum tempo atrás.

Que o aroma suave de hepta sonde toda a gávea. SRN!

Twitter… Siga-me os bons!

Matheus Gonzaga. SRN!

Comentarios

comentário