M. Araújo festeja vitória, mas lamenta situação do Palmeiras.

A vitória do Flamengo sobre o Vitória, na Arena Amazônia, de pouco valeu para as pretensões dos cariocas na tabela do Campeonato Brasileiro. Entretanto, para os baianos a partida era da vida ou morte – mesma sensação vivida pelo Palmeiras. Velho conhecido do alviverde, Marcio Araújo celebrou o resultado de seu atual time em Manaus, mas também lamentou o momento vivido pelo ex-clube.
– Fico muito feliz com a vitória de hoje, pois nos serve de motivação neste fim de temporada. Em relação ao Palmeiras, eu sei que o Palmeiras lutou bastante durante todo o campeonato, tiveram alguns percalços nas últimas rodadas e o time acabou indo para o último jogo com risco de rebaixamento, por outro lado, é algo que só depende deles. Vão jogar em casa, então é só vencer que o Palmeiras não volta para a segunda divisão. E também não merece, considerando a grandeza do Palmeiras. Eles vão se superar nesse último jogo e vão conseguir a manutenção na primeira divisão – disse.
Após o discurso solidário ao Palestra, clube que defendeu por quatro anos, Márcio Araújo falou sobre a pequena discussão com o técnico Vanderlei Luxemburgo após ser substituído aos 16 minutos do segundo tempo.
– Foi um lance que eu acabei tentando jogar pelo meio, e o Luxemburgo queria que eu jogasse mais pela lateral, porque tinha muito espaço mesmo, com o João Paulo e o Everton que tiveram bastante chance pelo lado esquerdo, aí acabei me precipitando… Mas é coisa do jogo – concluiu.

Fonte: GE

Comentarios

comentário

Compartilhar




Insubstituível








Ver mais notícias